visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 26 jan. 08:00

Visão | Comer menos ou fazer jejum intermitente: O que é mais eficaz para emagrecer?

Visão | Comer menos ou fazer jejum intermitente: O que é mais eficaz para emagrecer?

Ingerir menos calorias e porções mais pequenas de alimentos pode ser mais vantajoso para perder peso do que espaçar muito o tempo entre as refeições, revela novo estudo da Associação Americana do Coração

Em 2019, ao longo de seis meses, 547 pessoas – todas com mais de 18 anos e o Índice de Massa Corporal médio de 30,8, já considerado obeso – fizeram parte de um estudo que analisou alguns hábitos de vida. Através de uma aplicação criada para o efeito, Daily24, reuniram os dados sobre os horários de dormir, comer e acordar para cada dia, em tempo real. Assim, os investigadores conseguiram medir o tempo desde a primeira refeição até à última de cada dia (média de 11,5 horas); o intervalo de tempo desde o despertar até à primeira refeição (média de 1,6 horas); o intervalo da última refeição até ir para a cama (média 4 horas), para uma noite de sono calculada em 7,5 horas.

O estudo recém publicado no Journal of the American Heart Association, concluiu que o horário das refeições, todos esses intervalos monitorizados, não foi associado à alteração de peso. Já o total diário de refeições grandes (mais de mil calorias) e refeições médias (entre 500 e mil calorias) foi associado ao aumento de peso, enquanto menos refeições e com porções mais pequenas (abaixo de 500 calorias) tiveram ligação à diminuição do peso.

A frequência e a quantidade de comida ingerida no total de refeições diárias foram um fator determinante mais forte quanto à variação de peso ao longo de 6,3 anos, do que o tempo que separa a primeira e a última refeição.

Apesar de os “padrões alimentares com restrição de tempo”, conhecidos como jejum intermitente, sejam populares, estudos específicos ainda não determinaram se limitar a janela total de tempo das refeições, durante o dia, ajuda a controlar o peso.

Os participantes no estudo com um Índice de Massa Corporal mais alto no momento da inscrição eram propensos a serem adultos negros, mais velhos, com diabetes tipo 2 ou pressão arterial alta, com menor nível de escolaridade, a praticarem pouco exercício físico, a comerem menos frutas e legumes, a ter um intervalo mais longo desde a última refeição até ir dormir e uma duração menor da primeira à última refeição, em comparação com os outros adultos (caucasianos e asiáticos) que apresentaram menor Índice de Massa Corporal.

Por ser um estudo de observação comportamental, os autores não conseguiram concluir causa e efeito, considerando que há limitações, uma vez que não avaliaram as complexas interações de tempo e frequência de alimentação.

Mais de metade da população portuguesa tem peso a mais. Soam os alarmes do excesso de peso e da obesidade quando 57,5% dos portugueses se põem em cima da balança, de acordo com o Relatório da Obesidade da Região Europeia da Organização Mundial da Saúde de 2022. O excesso de peso dos homens (63,1%) supera o das mulheres (52%) e dos 57,5%, 20,8% vivem com obesidade (20,3% homens e 21,2% mulheres). Entre as crianças também há quilos a mais: cerca de uma em cada três crianças tem excesso de peso ou obesidade e mais de 10% delas têm mesmo obesidade.

Um cenário que se repete em outros continentes. Nos Estados Unidos da América, 40% dos adultos são obesos, segundo as estatísticas de 2022 da Associação Americana do Coração, organização que recomenda a redução da quantidade de calorias ingeridas, escolher alimentos saudáveis e aumentar a prática de atividade física para diminuir o risco de doença cardiovascular.

Por todas essas razões, manter o peso ideal ou mesmo perder alguns gramas torna-se mais importante do que emagrecer só para conseguir uma bela silhueta.

Para saber mais
NewsItem [
pubDate=2023-01-26 08:00:00.0
, url=https://visao.sapo.pt/visaosaude/2023-01-26-comer-menos-ou-fazer-jejum-intermitente-o-que-e-mais-eficaz-para-emagrecer/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=676
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_26_1733099897_visao-comer-menos-ou-fazer-jejum-intermitente-o-que-e-mais-eficaz-para-emagrecer
, topics=[jejum intermitente, perder peso, american heart association, atualidade, calorias, emagrecer, visão saúde]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]