Opinião

observador.ptJosé Luís Presa - 23 mai 00:48

O ensino profissional deve ser a primeira escolha

Os jovens e as famílias, porque não têm informação e desconhecem as diferentes opções proporcionadas pelas escolas profissionais, precisam de muito apoio em termos de orientação vocacional.

observador.ptHenrique Burnay - 23 mai 00:17

As eleições deviam ser uma maçada

China, Estados Unidos, Rússia, energia, clima, banca, defesa, plataformas digitais e empregos do futuro. Pela discussão que aí vai não se nota, mas as europeias são sobre tudo isto e muito mais.

observador.ptAlexandre Homem Cristo - 23 mai 00:07

O brilho de quem defende ideias em que acredita

O combate ao populismo faz-se como nas campanhas de Sande (Aliança), Arroja (Iniciativa Liberal) e Tavares (Livre), que foram um farol de decência no meio da demagogia que nivela os cidadãos por baixo

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 23:47

Os preceitos do pai do Chico

No dia seguinte à atribuição do Prémio Camões a Chico Buarque, o seu editor no Brasil escreveu para o blog da Companhia das Letras esta crónica que aqui republicamos.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 23:14

Mais do que uma casa, uma causa

A destruição da casa da Rua Pinto Bessa inscreve-se numa nova perspectiva desvalorizadora da cultura histórica local.

www.jornaldenegocios.ptAntónio Lúcio Baptista - 22 mai 19:14

Estado e bullying sobre as empresas

Se estamos insatisfeitos e temos vontade de mudar temos de dar os dois passos até à urna de voto e escolher se queremos continuar com os mesmos ou se queremos pensar liberal.

sol.sapo.ptPedro Ochôa - 22 mai 19:12

Os populistas

Chega a ser constrangedor assistir-se a todo este pânico que se instalou nas cabeças pensantes do politicamente correcto, a propósito da eventual entrada em força no Parlamento Europeu dos partidos que, um pouco por toda a Europa, se têm revoltado contra as políticas em curso de destruição das Nações europeias.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 19:07

Para onde vão as empresas?

É fundamental que seja encontrado o equilíbrio certo entre empresas simples e complexas, num momento em que a internacionalização se faz pela participação em cadeias de valor crescentemente globais.

www.jornaldenegocios.ptPedro Bleck da Silva - 22 mai 18:49

Mutualidades, economia social e eleições europeias (II)

O mercado interno europeu só foi concebido e preparado para ser um espaço de circulação de entidades que têm exclusiva ou predominantemente o objetivo de prossecução de interesses económicos.

visao.sapo.ptMargarida Rebelo Pinto - 22 mai 16:41

A construção do amor

Apaixonada por Chico Buarque desde os seis anos, Margarida Rebelo Pinto resume que o músico, compositor e autor "tem todas as ideias, sentimentos e palavras dentro dele".

sol.sapo.ptCarlos Encarnação - 22 mai 16:38

Não pagamos!

Um emigrante português fez fortuna e veio investir na sua terra. Fez mais, multiplicou os seus meios e reproduziu a sua intervenção no mundo dos negócios em empresas por si criadas dedicadas a atividades diversas.

24.sapo.ptPatrícia Reis - 22 mai 13:44

Se não for votar não se queixe, é tudo culpa sua

Para o exercício eficaz da política seria de esperar que a sociedade estivesse interessada, desenvolvesse reflexão e pensamento. Parece que pouco importa e é realmente grave....

visao.sapo.ptRicardo Gonçalves - 22 mai 10:32

Refirme, Não se Reforme!

Um dia quererá reformar-se? Talvez! Mas será esse o “fim de um livro” que tem vindo a escrever ou, tão somente, o início de mais um capítulo?

ionline.sapo.ptClemente Pedro Nunes - 22 mai 09:59

A política da habitação: uma contradição suicida

Se tiver uma casa alugada há muitos anos com um contrato vitalício e por um valor degradado, tem de pagar o imposto Mortágua. Mas se tiver alugado para um bar de alterne, estará isento.

ionline.sapo.ptCarlos Carreiras - 22 mai 09:55

Conferências do Estoril: dar poder à humanidade

As Conferências do Estoril definem-se como uma janela do mundo para o mundo. Em coerência com essa visão, nada melhor do que trazer até Portugal um homem que todas as semanas entra em nossa casa para ler o mundo como só ele sabe: Fareed Zakaria.

ionline.sapo.ptVítor Rainho - 22 mai 09:50

Um julgamento popular a uma mãe destroçada

O mundo é mesmo cruel, mas não consigo entender como é possível chegar tão longe. A lei natural da vida é os filhos enterrarem os pais, não o contrário.

visao.sapo.ptKiko Martins - 22 mai 09:13

A pensar nos almoços de domingo

Uma feijoada que junta dois dos nossos maiores patrimónios gastronómicos. A crónica de Kiko Martins na VISÃO

observador.ptTiago Dores - 22 mai 07:34

Eleger ou não eleger, escolhereis a abstenção

Uma vez que a posição de Portugal no panorama europeu é sempre de mão estendida seria óptimo que os nossos representantes fossem os políticos com mais resistência ao nível dos membros superiores.

observador.ptMaria João Marques - 22 mai 07:26

Menos é mais

Pelo que, caríssimos, está na altura de reconhecer que vivemos num mundo com excesso de embalagem, e irmos a correr para um grupo de ‘Viciados em Excesso de Embalagem Anónimos’.

observador.ptAndré Abrantes Amaral - 22 mai 07:23

Porque vou votar na Inciativa Liberal

A dívida impede o investimento e dificulta a inovação. Sem tecnologia a Europa perdeu o futuro para os EUA e a China. A dívida está a matar a UE e o liberalismo é a única forma de dar a volta por cima

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 07:19

O valor da biodiversidade

Biodiversidade pode referir-se a qualquer nível de variabilidade existente entre seres vivos, incluindo a diversidade genética dentro da mesma espécie, em espécies diferentes e ecossistemas.

observador.ptMiguel Pinheiro - 22 mai 07:17

O que seria de nós sem a Europa? Não queiram saber

O último debate com os candidatos a eurodeputados parecia uma entrevista de emprego para cangalheiro da UE. Nenhum sabe (ou quer) explicar que, sem a Europa, seríamos muito mais pobres e menos livres.

www.publico.ptnsousa@publico.pt - 22 mai 07:00

Bruno Lage e o valor de uma conquista

É o homem do momento. Desde Janeiro que Bruno Lage teve de acostumar-se a andar nas bocas do mundo, primeiro pelo simples facto de, da noite para o dia, ter assumido o comando técnico do Benfica, depois pela simples razão de, da

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 22 mai 06:30

O populismo na era de Hortense Martins

O ruidoso silêncio do PS, ampliado pelo alheamento cúmplice de todos os partidos, sobre a história da deputada Hortense Martins é mais uma prova cabal de que as os aparelhos continuam sem se preocupar com a defesa da decência no exercício de funções

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 05:33

Sai uma comenda para a presidente do IGCP?

A pergunta a fazer é simples: deve o Estado português especular com a sua dívida pública, ou seja, fazer uma aposta arriscada em dívida de prazos mais curtos, ou deve antes proteger-se de imprevisíveis, mas possíveis, subidas de taxas de juro?

www.publico.ptpublico@publico.pt - 22 mai 02:54

O país em que o populismo não dá votos

O problema não está nas atitudes. Está nas condições. Se estas mudarem, as atitudes lá estarão, prontas para serem exploradas pelos populismos. E, então, pode ser que dêem votos.

rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 22 mai 01:00

​Boas notícias

Não se confirma que o Futebol Clube de Arouca tenha pedido a insolvência e Jeremy Mathieu fica mais um ano ao serviço do futebol português.

www.publico.ptteresa.de.sousa@publico.pt - 22 mai 01:00

Um conforto ainda (um pouco) desconfortável

Para o Governo, a maior dificuldade nos próximos meses é manter-se à volta dos 39 por cento – o que, nos tempos actuais, de profunda incerteza europeia e mundial, não é tarefa fácil.

observador.ptDiogo Noivo - 22 mai 00:40

Rebeldes, separatistas e equívocos

Para precaver reincidências, importa chamar as coisas pelos nomes. No referente à ETA, as palavras “rebeldes” e “separatistas” são equívocos que devem ser evitados, pois foi uma organização terrorista

observador.ptBernardo Blanco - 22 mai 00:31

Em que partido vota um liberal ?

Votei num partido que afirma sem medos que "todo o indivíduo tem direito a dirigir a sua própria vida”, em termos económicos e sociais. O Estado deve estar fora do bolso e do quarto dos portugueses.

observador.ptMaria João Avillez - 22 mai 00:30

O dr. António Sousa Homem & família

Nessa noite, ao apagar a luz, com um cansaço jubiloso, feito de uma curiosidade que galopava à minha frente, surpresa sem nome e raríssimo deleite, olhei distraidamente para o relógio: era madrugada.

observador.ptRicardo Mendes Ribeiro - 22 mai 00:04

Dois liberalismos

Temos dois partidos nestas eleições que se dizem liberais e no entanto são muito diferentes: o Iniciativa Liberal e o Aliança. O que distingue estes liberalismos são os limites que colocam à liberdade

www.computerworld.com.ptComputerworld - 21 mai 22:32

Cibersegurança: a importância de uma visibilidade total

Não é possível impedir as ameaças que não conseguimos ver. Com o grande volume de ameaças e alertas de segurança que uma empresa comum recebe, é quase impossível ultrapassar o ruído de forma a encontrar as ameaças que são realmente importantes.

www.jornaldenegocios.ptPatrícia Abreu - 21 mai 21:02

Uber com problemas de navegação em bolsa

A estreia da Uber em bolsa foi a maior oferta pública inicial (IPO) a nível mundial em vários anos. Desde o IPO da chinesa Alibaba que não havia uma operação desta dimensão.

www.jornaldenegocios.ptFrancisco Mendes da Silva - 21 mai 20:36

O Marquesismo

No fundo, o Marquesismo é uma estratégia para vencer eleições que parte do princípio de que o grau de distração ou desinteresse dos eleitores é tal que justifica e absolve igual dose de desonestidade.

observador.ptAna Catarina Mendes - 21 mai 20:11

Só o socialismo democrático pode vencer a extrema-direita

Só a agenda do socialismo democrático, de regulação do capitalismo e da globalização, de compatibilização entre crescimento económico e justiça social permitirá vencer a batalha com a extrema-direita

www.jornaldenegocios.ptJoão Silva Lopes - 21 mai 19:35

Processo venezuelização em curso

Nestas eleições europeias é também isso que está em causa: se queremos um país mais próximo da Europa ou cada vez mais parecido com a Venezuela.

www.jornaldenegocios.ptEdson Athayde - 21 mai 19:10

Meu tempo é quando

A beleza de About Time reside na tese apresentada por Tim: o nosso maior dom é o de viver a nossa própria vida; não há milagre maior do que abrir os olhos e perceber que estamos aqui; que não interessa consertar pequenos ou grandes dissabores, as imperfeições são o sal da vida.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 18:45

Uma empresa de tabaco pode ser sustentável?

Trazer soluções para a redução da nocividade dos produtos de tabaco é o maior contributo que uma empresa líder na produção e comercialização de produtos de tabaco pode dar para a sustentabilidade.

www.jornaldenegocios.ptPedro Fontes Falcão - 21 mai 18:45

A tolerância e bem-estar que o futebol nos dá

Ao menos, o futebol, muitas vezes criticado pela violência e falta de verdade desportiva, tem esta vantagem de nos deixar ser livres e nos expressarmos à vontade. Obrigado, futebol!

www.jornaldenegocios.ptIsabel Stilwell - 21 mai 18:08

Socorro, o meu chefe é hiperativo

É verdade que, por vezes, o hiperativo é brilhante, mas o seu sucesso junto dos superiores resulta mais provavelmente de toda a sua agitação ser interpretada como produtiva, quando avaliada ao longe, bem entendido.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 17:27

Com tradição na Paisagem

Formações académicas criativas, que suscitem a reflexão, e fomentem a capacidade de conceber modelos orgânicos da paisagem em constante mudança, como as Humanidades, a Arquitectura Paisagista e outras formações eminentemente de concepção, têm de ser

sol.sapo.ptJosé Cabrita Saraiva - 21 mai 17:20

As Obsessões de Um Historiador Belga

No fundo, Pirenne limitava-se a ser fiel às suas obsessões. E isso permitia que o seu livro fosse ao mesmo tempo - e sem contradição - «magistral» e dececionante.

observador.ptDiana Soller - 21 mai 16:54

A Europa precisa dos Europeus

Passamos cinco anos zangados com a Europa porque ela é distante dos cidadãos, mas no dia em que podemos fazer alguma coisa para mudar isso, ficamos comodamente em casa. Desta vez com riscos acrescidos

www.jornaldenegocios.ptJorge Fonseca de Almeida - 21 mai 15:30

China: as vantagens de ter a sua própria moeda

Desvalorizando a sua moeda e impondo tarifas aos produtos americanos a China consegue evitar o choque nas suas exportações e conter as importações que faz dos Estados Unidos.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 15:04

Um vídeo-árbitro dos incêndios rurais?

Estas mudanças levam o seu tempo e exigem de todos uma mobilização e um compromisso sem precedentes. Portugal convoca-nos a todos, sem exceção! Não existe Portugal B!

ionline.sapo.ptLuís Menezes Leitão - 21 mai 10:25

A febre legislativa de fim de mandato

Não se compreende que reformas estruturais possam ser aprovadas no fim da legislatura, quando a legitimidade do Parlamento e do Governo está enfraquecida.

ionline.sapo.ptAntónio Cluny - 21 mai 10:23

A Eurojust na Assembleia da República Portuguesa

É hoje mais importante que muitas das questões do sistema de justiça europeu, abordadas a nível da Eurojust, possam ser analisadas também pelos representantes do povo português, numa perspetiva política e não meramente técnica.

observador.ptMaria Castello Branco - 21 mai 09:43

Another brick in the wall?

Como todos os que desfrutaram da liberdade de circulação e do Erasmus bem sabem, a Europa é o pluralismo de nações, mas ela está demasiado centralizada e burocrática para que a diversidade seja ouvida

visao.sapo.ptJoão Gago da Câmara - 21 mai 08:24

Ao longe a liberdade

As nossas mães choravam. Estávamos longe e sem dinheiro. Tivemos fome e pedimos para nos deixarem ficar no Seminário de Angra do Heroísmo onde nos serviram arroz com ovos - abençoada refeição – e lá ficámos a pernoitar

eco.sapo.ptPedro Braz Teixeira - 21 mai 07:21

Uma boa revisão dos benefícios fiscais?

Há dois erros em curso: não ouvir a sociedade civil e basear a revisão dos benefícios fiscais num documento oficial com demasiados erros.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 21 mai 06:30

Que chachada!

Se ainda não viu o último episódio do Game of Thrones esta seria uma boa altura para deixar de ler esta crónica. Até interponho mais esta frase como barreira de segurança.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 06:21

Sobre Mega Ferreira no CCB

Com Mega Ferreira, o centro cultural reencontrou o seu caminho, abriu o espectro das escolhas artísticas, revelou inúmeros talentos, apoiou a sustentabilidade do sector e apresentou uma programação internacional de qualidade.

www.publico.ptjmtavares@outlook.com - 21 mai 06:08

O discurso de Bruno Lage e a exigência do futebol

Este deprimente “futebol” já não está à altura dos desejos de Bruno Lage. Pelo contrário. Se a sua “exigência” contaminasse a sociedade portuguesa, as consequências seriam calamitosas.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 04:56

Imigração maciça na Europa? Um Plano Marshall europeu para África!

Só mediante aplicação escrupulosa das condições que acabamos de alinhavar se pode esperar algum sucesso. Caso assim não suceda, qualquer plano está condenado ao fracasso, servindo as avultadas somas de dinheiro apenas para enriquecer ainda mais a ha

www.publico.ptpublico@publico.pt - 21 mai 03:20

Primeiro vieram atrás das Humanidades...

Como querer sociedades livres se não forem concedidas às pessoas as ferramentas certas para que possam desenvolver a capacidade de pensarem por si próprias?

observador.ptCristina Fonseca - 21 mai 00:50

Robots – os nossos melhores assistentes

As máquinas não farão o nosso trabalho no curto prazo e até lá muitas outras profissões serão criadas. Portugal estará em vantagem se desenvolver estas tecnologias e equilibrar a riqueza resultante.

observador.ptJosé Diogo Quintela - 21 mai 00:30

Portugal, um país à prova de fake news

Porra Vasily! Então, mas o que é que andas a fazer, pá? Portugal não necessita dos nossos trolls, nem das nossas fake news. Os partidos tradicionais encarregam-se de escangalhar a imagem da democracia

observador.ptRicardo Pinheiro Alves - 21 mai 00:26

Populismo e eleições europeias

O crescimento do populismo xenófobo é alimentado pelo aumento do populismo igualitário, conduzindo a uma progressiva radicalização da vida pública como se observa actualmente nos países desenvolvidos.

observador.ptLaurinda Alves - 21 mai 00:10

Os novos gladiadores

Tal como na Roma antiga se juntavam multidões para incitar ver morrer gladiadores, também os espetadores do Jeremy Kyle Show gostavam de ter sangue todas as manhãs e de ver inocentes lançados às feras

observador.ptGeorge Glass - 21 mai 00:04

Rússia: a minar a democracia daqui à Venezuela

No início do ano passado vimos meios de comunicação social patrocinados pelo Estado russo lançar uma campanha de desinformação sobre as Lajes que afetou diretamente a indústria do turismo dos Açores.

www.jornaldenegocios.ptPatrícia Abreu - 20 mai 22:51

Um milhão basta para ser milionário?

Nos EUA, um estudo citado pelo Business Insider mostra que, para os americanos, para se ser considerado rico deve ter-se, pelo menos, 2,3 milhões de dólares.

www.publico.ptana.sa.lopes@publico.pt - 20 mai 22:16

Rio à espera da crucificação?

Ainda faltam alguns dias para as eleições mas algum desespero visível na campanha do PSD coincide com o desespero que a sondagem desta segunda-feira revela.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 20 mai 21:18

Um pouco mais de poucochinho

Se o PS contrariar a tendência será um feito, pois parecia grande a erosão política e social dos últimos tempos, apesar das contas públicas em ordem e de algum crescimento económico.

www.jornaldenegocios.ptJoão Costa Pinto - 20 mai 20:04

A economia e o euro - (I)

Temos de reconhecer que embora o enquadramento europeu não favoreça movimentos de modernização das economias mais frágeis, muitos dos bloqueamentos com que nos debatemos são explicados sobretudo por causas internas.

www.jornaldenegocios.ptJorge Marrão - 20 mai 19:21

O Estado corruptor

A história fará o seu julgamento, porque os atores atuais têm outros assuntos com que nos entreter. Até lá vamos aproveitar a vitória do Benfica (declaração de interesses: sou benfiquista).

www.jornaldenegocios.ptJoaquim Aguiar - 20 mai 19:01

Mundo novo

Neste mundo novo, se a União Europeia não existisse, teria de ser criada, sem o apoio dos americanos e com a hostilidade activa dos russos. É disto que se deve falar quando hoje falamos da Europa.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 20 mai 13:56

Os Margaret Thatcher de calças

Quando a vida e a realidade dos factos já mostrou à evidência os resultados desastrosos das PPP na saúde em diversos países, vêm os arautos do neoliberalismo falar em testar a ideologia perante a realidade?

ionline.sapo.ptAlfredo Barroso - 20 mai 11:15

Ser ou não ser o diabo, eis a questão!

É óbvio que nenhum dos dois eurodeputados veteranos aceitará ser a encarnação do diabo. Para eles, o diabo autêntico só pode ser encarnado pelas malvadas “esquerdas encostadas”. E daí a grande contradição que atormenta a direita portuguesa.

www.jornaldenegocios.ptUlisses Pereira - 20 mai 11:01

Os fundos não indicam o caminho

A entrada de um grande numa ação tem um efeito positivo na entrada, mas no momento do anúncio esse efeito já ocorreu.

visao.sapo.ptManuel Delgado - 20 mai 10:48

Criar valor para os doentes

Falta de informação, excesso de exames, erros disgnósticos, terapêuticas redundantes ou inadequadas, falta de meios de acompanhamento, atrasos, etc.