Opinião

www.jornaldenegocios.ptAndré Veríssimo - 19 set 23:00

Habitação: resolver sem estragar

Comprar casa no centro de Lisboa dificilmente voltará a ser acessível para a classe média. Haverá excepções induzidas por políticas públicas, mas aquela será a regra.

www.jornaldenegocios.ptCamilo Lourenço - 19 set 21:30

Chapelada para Teixeira dos Santos

O programa de ajustamento terminou há quatro anos. O que nos levou a ele (incapacidade de obter financiamento externo) devia ser objeto de consenso. Não é. O PS, que chamou a troika, passou a legislatura anterior a berrar contra ela.

www.jornaldenegocios.ptPatrícia Abreu - 19 set 21:05

Consumidores vão pagar a guerra comercial

A guerra comercial é um tema que continua a agitar os mercados. Teme-se que a intensificação das tarifas por parte dos EUA a países como a China ou a União Europeia penalize a economia e o sentimento dos investidores mundiais.

www.jornaldenegocios.ptCarla Ventura - 19 set 20:45

Voluntariado, uma prática de cidadania

Há pouco mais de um ano, a CASES juntou aos poderes de autoridade no setor cooperativo a missão de desenvolver ações de promoção, coordenação e qualificação do voluntariado.

www.jornaldenegocios.ptIsabel Stilwell - 19 set 20:20

Melhor vitelo do que criança

Do fundo das nossas ideias feitas, são mães a tempo inteiro porque não têm talento para mais nada, não têm hipótese de prosseguir uma carreira, falta-lhes ambição ou não passam de umas pobres vítimas oprimidas.

www.jornaldenegocios.ptFrancisco Mendes da Silva - 19 set 20:04

Os impostos como fantoche dos políticos

Antigamente os liberais e os marxistas distinguiam-se porque os primeiros queriam um Estado fiscal e os segundos queriam um Estado proprietário.

www.jornaldenegocios.ptEdson Athayde - 19 set 19:14

Um novo animal na floresta

Ele troca promoções profissionais por um horário de trabalho que dê jeito nas suas missões familiares. Dispensa um aumento para ver a filha a atuar num teatrinho. Faz questão de ir às reuniões escolares. Preocupa-se com o peso das mochilas.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 19 set 17:40

Cônjuge

Vou tentar concentrar-me na tarefa que me foi pedida de tentar salvar deste mar de uso indevido, desatenção, desprezo ou esquecimento algumas palavras da língua portuguesa.

24.sapo.ptSamuel Úria - 19 set 16:19

Eurosépticos

A União Europeia funda-se nos valores do respeito pela dignidade humana, da liberdade, da democracia, da igualdade, do Estado de direito e do respeito pelos direitos do Homem, ...

visao.sapo.ptIsabel Moreira - 19 set 15:44

Liberdade de expressão – um debate longo

No exercício da minha cidadania, uso a minha liberdade de expressão em contraposição à liberdade de expressão dos xenófobos e quejandos, exercendo individual e coletivamente pressão para os denunciar

www.dinheirovivo.ptLuís Bravo - 19 set 15:44

Opinião. E depois do Adeus?

Tem prevalecido nos mercados uma política monetária bastante amigável, mas isso não irá durar eternamente.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 19 set 15:27

A República não pode desistir dos ciganos

É espantoso o silêncio quase generalizado da opinião pública perante uma discriminação grave, ainda mais quando justificada por razões 'culturais' ou 'étnicas'.

ionline.sapo.ptJoana Mortágua - 19 set 11:21

Distrair não dá, doutor Tiago

Para o ministro da Educação, até podia ser mais útil fechar agora as contas e avançar já para o balançoda legislatura, sem enfrentar mais exigências durante um ano. Mas só se andássemos distraídos

ionline.sapo.ptMaria Helena Magalhães - 19 set 11:19

“Pés para que vos quero…”

Livre-pensadora, Frida Kahlo viveu de forma excruciante. São dela as palavras: “Pés para que vos quero se tenho asas para voar”

ionline.sapo.ptMário Bacelar Begonha - 19 set 11:18

Desporto. Canábis. Que fazer?

Só há um antidoto para anular os efeitos perversos do consumo de droga: uma educação digna de fazer jus, ao vocábulo, ou seja, que coloque o homem ao serviço da comunidade

ionline.sapo.ptCarlos Zorrinho - 19 set 11:16

Amar pelos dois

O mandato de Jean-Claude Juncker teve momentos muito infelizes, mas não foi por ele que a União Europeia não conseguiu ser mais expedita na resposta às questões-chave que preocupam os seus cidadãos

ionline.sapo.ptEduardo Oliveira e Silva - 19 set 11:14

O dedo de Marcelo

Em muitas matérias e decisões é evidente a influência do Presidente da República. A manutenção de Joana Marques Vidal é um exemplo óbvio

ionline.sapo.ptCarlos Carreiras - 19 set 11:13

O ministro bibelot

Três anos depois de ter tomado posse da pasta das infraestruturas, Pedro Marques deu a triste sensação de nem conhecer os instrumentos financeiros europeus à disposição do seu ministério

24.sapo.ptPatrícia Reis - 19 set 10:22

As calças de ganga do Primeiro-Ministro

O Primeiro Ministro não deixa de ser sério por não ir de fato. Há aí muita gente que veste fato e gravata (que) cuja seriedade é altamente questionável. ...

www.sabado.ptFlash - 19 set 09:00

Eduardo Lourenço

O pensamento de Lourenço organiza-se em torno de duas ideias. A primeira não é verdadeira e a segunda não é original.

www.sabado.ptFlash - 19 set 09:00

Podia ser mais fácil

Entre 9 de Julho e 10 de Agosto consultámos 377 processos, sendo necessário um pedido escrito para cada um. Há também um limite diário de consultas e não se pode usar computador, nem fotografar; tudo tem de ser escrito à mão. - Opinião , Sábado.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 19 set 07:48

A água encontra sempre o seu caminho

O sistema que propomos é muito bom. E é uma reforma honesta do sistema eleitoral, a única que é possível realizar.

observador.ptMaria João Marques - 19 set 07:44

Nunca se lembram de baixar impostos

Num país onde abusadores sexuais de crianças têm penas suspensas, há pessoas detidas por venderem bilhetes para o concerto dos U2 pelo preço que outros aceitam livremente comprar. É de loucos.

observador.ptLuís Aguiar-Conraria - 19 set 07:36

A identidade da esquerda

A identidade da esquerda passa pela luta de classes. A esquerda não pode esquecer que um estivador negro tem muito mais em comum com um estivador branco do que com um milionário negro.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 19 set 07:34

Política de mar queimado

A política proposta para o nosso mar é um Tratado de Tordesilhas de pernas para o ar.

observador.ptMiguel Pinheiro - 19 set 07:31

Marcelo, o optimista irritante

Quando sai à rua todos os dias para anunciar que os portugueses são "os melhores do mundo" em tudo, o Presidente diminui-se e coloca-se ao mesmo nível do mais primário guru de auto-ajuda. É pena.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 19 set 07:15

No Norte têm tudo

Os nortenhos são honestos, sinceros, directos, bem humorados e generosos. Não se importam de ser desconcertantes. Dizem o que lhes vai na alma e incitam-nos a fazer como eles, a sermos livres.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 19 set 07:08

“Aposta” no Ensino Superior

Se há algo a afirmar sobre as queixas de reitores sobre o OE2019 é que são brandas face à real situação de desinvestimento.

rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 19 set 06:55

​Mais proveito que brilho

Pelo que se viu os portistas são candidatos a superar com sucesso a fase de grupos agora iniciada.

rr.sapo.ptOpinião de José Miguel Sardica - 19 set 06:52

O “brunismo” que ainda espreita

Em Portugal, fatores (ou pobrezas) sociológicos vários fazem com que o futebol seja um “estado” dentro do Estado

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 19 set 06:50

Duas incoerências não fazem uma coerência

se votar contra o artigo 7 no caso húngaro fosse combater o fascismo, como se explica que tenham votado também contra o artigo 7 todos os partidos fascizantes no Parlamento Europeu?

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 19 set 06:46

Os <i>jeans</i> de Costa e a taxa de Rio - a mesma luta

A “imediaticidade e rapidez jornalística”, na expressão de José Pacheco Pereira, influenciada pelos casos do dia das redes sociais nem sempre ajuda a distinguir o essencial do acessório, o fundamental do supérfluo. Mas a verdade é que a vida não est

www.publico.ptmiguelromao@fd.ulisboa.pt - 19 set 06:35

A indignação instantânea e os seus aliados

Continuamos a alimentar o gosto pela desilusão, até que ela se nos imponha, anulando qualquer possibilidade de verdadeira insubmissão quando esta for mais necessária, como para defender as democracias.

www.sabado.ptFlash - 19 set 06:32

Lehman Brothers: 10 anos depois ninguém aprendeu a lição

Num ano em que o imobiliário em Lisboa valoriza a uma taxa de dois dígitos, os bancos emprestaram cerca de cinco mil milhões de euros num semestre e os proprietários de alojamento local facturam como nunca, quem quer ouvir falar no Lehman Brothers?

www.publico.pts.castilho@netcabo.pt - 19 set 06:31

Três notícias convenientes

Será possível que uma sociedade, que confia os seus filhos aos professores durante 12 anos, aceite vê-los serem humilhados de modo tão soez?

observador.ptRui Ramos - 19 set 00:34

Uma crise que esconde outra

Não foi o colapso do Lehman Brothers em 2008, mas o colapso das fronteiras em 2015 que provocou a verdadeira crise contemporânea.

observador.ptAndré Abrantes Amaral - 19 set 00:06

Merci, Mr. Macron

É o desempregrado que tem pensar em primeiro lugar o que pretende fazer da sua vida. Vivê-la por si ou à conta de outrem? O que Macron disse não é simpático, pode não garantir votos, mas é sério.

www.jornaldenegocios.ptCelso Filipe - 18 set 23:00

Começar de novo

A visita de António Costa a Angola iniciou o processo de degelo nas relações bilaterais. E não voltou tudo ao que era antes, porque antes existiam coisas que agora não se devem repetir.

sol.sapo.ptAfonso de Melo - 18 set 22:26

Fantomas, o Coxo Rei dos Ringues

Alemão era alto e loiro. Mas tinha um problema que eram dois: não sabia lutar e tinha uma perna mais fina do que a outra

www.jornaldenegocios.ptJorge Fonseca de Almeida - 18 set 22:22

Guerra comercial e confrontos militares

A história ensina-nos que as guerras comerciais desembocam não poucas vezes em conflitos armados de grande dimensão.

www.jornaldenegocios.ptCamilo Lourenço - 18 set 21:30

Políticos ricos seriam melhores políticos? 

Há um lado positivo no episódio Robles que não foi referido nas análises: o facto de Robles, himself, se ter deixado tentar pelas virtudes do mercado (como a especulação).

www.jornaldenegocios.ptCristina Casalinho - 18 set 20:56

Dez anos depois da falência do Lehman Bros

As crises são um fenómeno natural, resultando na maioria dos casos de situações de fuga para frente, de excesso de confiança ou desespero, de grande inovação desenfreada.

sol.sapo.ptFilipe Pinhal - 18 set 20:22

Uma triste evocação

Em Espanha também houve crise mas não houve medo. O interesse nacional sobrepôs-se a vaidades pessoais

sol.sapo.ptLuís Paulino Pereira - 18 set 20:19

Sede simples como as pombas

D. Manuel Clemente é uma personalidade que reúne duas importantes vertentes humanas: um saber profundo aliado a uma enorme simplicidade

www.jornaldenegocios.ptRamon O’Callaghan - 18 set 19:33

Estará a exuberância irracional de volta?    

O termo exuberância irracional é hoje em dia utilizado para descrever um estado de fervor especulativo. E, com as bolsas a registarem níveis recorde em alta, a pergunta é: não estaremos outra vez num território irracionalmente exuberante?

www.jornaldenegocios.ptRaquel Godinho - 18 set 18:21

Investidores estão cansados de ameaças?

A guerra comercial entre Estados Unidos e China tem sido uma das principais justificações para as variações dos mercados financeiros, nos últimos meses.

www.jornaldenegocios.ptKoichi Hamada - 18 set 14:00

Educação pró-crescimento para o Japão

O governo de Abe atribui actualmente uma alta prioridade ao ensino pré-primário – uma abordagem sustentada pela investigação levada a cabo pelo Nobel da Economia James Heckman, que concluiu que o investimento na educação pré-primária traz grandes retornos.

24.sapo.ptMargarida Cruz - 18 set 12:15

Carta para N.

Olá N.,Estamos em Setembro e devia escrever sobre este mês especial em, que por todo o mundo, se sensibiliza a sociedade para o Cancro Pediátrico e os seus ...

24.sapo.ptManuel Cardoso - 18 set 11:18

Primeiro Dia De Aulas, 2038

Bellum avançou para o portão e entrou na escola. Uma contínua repreendia uma AI do 8.º ano. “Já no ano passado lhe disse que esses calções mostram demasiada ...

ionline.sapo.ptMário Cordeiro - 18 set 10:01

Desperdício

Depois de tempos de contenção, algumas pessoas parecem ter esquecido que passámos por uma crise, em parte causada por um consumo acima das possibilidades e, por outro lado, por se contraírem empréstimos impossíveis de pagar (sem subestimar a incapacidade e a indigência criminosa de alguns gestores, financeiros, banqueiros e políticos).

www.jornaldenegocios.ptFernando Sobral - 18 set 09:30

Macau a caminho de mudanças

Dentro de um ano será conhecido o nome do próximo Chefe executivo de Macau. Na altura se verá se, 20 anos depois, haverá uma continuidade na escolha ou se existirá algum sinal de ruptura.

www.jornaldenegocios.ptAvelino de Jesus - 18 set 09:15

As lições da grande crise financeira de 2008 - Parte I

Dez anos volvidos, quase todos fazem hoje os seus balanços da grande crise financeira de 2008. Desses balanços podemos retirar que as análises dos ciclos económicos, dominantes nos media e nas universidades, evoluíram muito nestes 10 anos.

www.sabado.ptFlash - 18 set 09:00

Mudar de clima

Ao acolher a organização de uma conferência de negacionistas da influência humana nas alterações climáticas, a Universidade do Porto abriu um precedente cujas consequências reputacionais poderá não controlar. - Opinião , Sábado.

observador.ptFred Canto e Castro - 18 set 08:08

Estás a viver para quem?

Escolhemos o nosso carro, profissão, e até as nossas relações, não com base no que nos deixaria ultimamente preenchidos, mas sim naquilo que nos dará maior aprovação. E vale a pena?

www.dinheirovivo.ptAna Rita Guerra - 18 set 07:48

Apple assada, cozida e frita

A opinião dos especialistas que escarnecem da Apple e bocejam perante qualquer produto da maçã não faz mossa à estratégia de Tim Cook

www.publico.ptpublico@publico.pt - 18 set 07:38

Combater a serpente, sem esquecer os ovos

A UE tem sido protagonista de (ou conivente com) clamorosos desrespeitos pela democracia e mesmo de claras violações de direitos fundamentais.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 18 set 07:36

Pão para almoçar

Uma das frases que já ninguém diz é 'não tenho pão para almoçar'. Antigamente não só não se almoçava sem pão como o pão era o almoço, empurrado por um pedaço de toucinho, chouriço, queijo ou peixe frito.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 18 set 07:30

Uma questão de terminologia

Quando oiço os relatos, ou leio os comentários, ou vejo as transmissões televisivas, verifico que é comum o uso de uma terminologia do futebol que, sendo perceptível para quem assiste (ou lê, ou ouve), se bas

observador.ptPaulo de Almeida Sande - 18 set 07:21

Nevermore: a União Europeia vive

A União Europeia deu um forte sinal político através de duas das suas instituições mais importantes contra a ideia de que o continente pode voltar a conhecer governos não democráticos, iliberais.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 18 set 07:07

Pedrógão e o Governo que falha ontem, hoje e amanhã

É inexplicável que, numa matéria tão sensível, o Governo não tenha aplicado todo o seu empenho, toda a sua boa-vontade, toda a sua diligência nas operações de reconstrução e de reabilitação.

rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 18 set 06:55

Nova época, nova Champions

Na jornada desta terça-feira a entrada em acção do Futebol Clube do Porto. O adversário portista é o Shalke 04.

rr.sapo.ptOpinião de Cristina Sá Carvalho - 18 set 06:51

​Crime e castigo, e redenção

Viver bem os desafios atuais e futuros da Igreja é viver com desgosto todos estes imensos males e é também oferecer o seu préstimo para emendar o erro.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 18 set 06:41

Migrações e demografia

Não se deve reduzir a promoção do regresso a algumas medidas de natureza fiscal. É necessário um conjunto de iniciativas tendo em vista um verdadeiro apoio ao regresso.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 18 set 06:34

Inconstitucionalidade do sistema eleitoral?

Nuno Garoupa não se fica pela crítica – justa – do sistema atual. Vai mais longe e defende a sua inconstitucionalidade. Aqui, porém, já não o posso acompanhar.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 18 set 06:29

O melhor Pai é ambos os Pais

A realidade portuguesa é avassaladora: em mais de 90% dos casos a residência das crianças é atribuída à mãe.

www.publico.ptdavid.pontes@publico.pt - 18 set 06:08

"Marquês", o seguro de Joana Marques Vidal

Quando a discussão em torno da recondução da procuradora-geral se polariza politicamente, deixa de haver espaço para uma análise serena do seu mandato e da virtude de o renovar.

observador.ptJosé Pinto - 18 set 00:53

Rui Rio: o PSD sobreviverá

Dos 18 presidentes do PSD a maioria teve mandatos curtos e era previsível que a liderança de Rio não tivesse vida fácil, mas desvalorizar as críticas não pode deixar de ser visto como sinal de soberba

observador.ptLaurinda Alves - 18 set 00:08

Boas maneiras de combater os medos das crianças

Entre o livro e o Teatro LU.CA, a Associação Princesa Azul e a teatralização das histórias feita nas escolas, muito pode ser feito, posta em perspetiva e renovado nas crianças, educadores e famílias.

observador.ptVicente Ferreira da Silva - 18 set 00:07

Senciência e direitos

Em vez de perderem tempo a equipararem os animais aos homens, seria muito mais útil equacionar medidas de educação para a responsabilidade acrescida que os homens possuem relativamente aos animais.

www.jornaldenegocios.ptManuel Esteves - 17 set 23:00

Sobe, sobe, salário sobe

Para muitos portugueses, aquela que é a mais importante fonte de rendimentos pouco subiu: o salário.

www.jornaldenegocios.ptFernando Faria de Oliveira - 17 set 22:12

Lehman Brothers: a grande recessão e a transformação da banca

Os bancos nacionais estão, de facto, muito mais capitalizados, mais sólidos, mais eficientes, ao mesmo tempo que têm desenvolvido modelos de negócio ajustados às novas realidades, e a sua governação tem sido mais reforçada.

www.jornaldenegocios.ptDaniel Metcalfe - 17 set 21:50

Luanda antes e agora

Angola parece agora menos um lugar de projectos de vaidade, como os muitos arranha-céus semi-acabados testemunham, e está mais perto do que realmente é. Para começar, todos parecem muito mais descontraídos.

www.jornaldenegocios.ptCamilo Lourenço - 17 set 21:30

Angola é um problema mal resolvido

Portugal tem uma relação mal resolvida com Angola. Isso nota-se de cada vez que, deste lado, se faz alguma coisa que não agrada a Luanda.

www.jornaldenegocios.ptPaula Franco - 17 set 21:03

Ser contabilista nos dias de hoje

Comemora-se na sexta-feira, 21 de setembro, o Dia Nacional do Contabilista. Esta data assume especial relevância por ser a primeira vez que se celebra o Dia de São Mateus, o padroeiro dos contabilistas.

www.jornaldenegocios.ptRaquel Godinho - 17 set 20:40

Investidores perderam o interesse no ouro?

Depois de dois anos de ganhos consecutivos, o ouro enfrenta um período mais complicado. Desde o arranque de 2018, desvaloriza 8%, penalizado pela subida da moeda norte-americana e pelo avanço da taxa de juro das obrigações dos Estados Unidos.

www.jornaldenegocios.ptAdolfo Mesquita Nunes - 17 set 20:05

A mentira de alguma esquerda sobre o SNS

Sempre que se fala no SNS, alguma esquerda costuma lembrar que o CDS votou contra o projeto de lei socialista que o consagrou.

www.jornaldenegocios.ptFernando Sobral - 17 set 19:46

À espera de Godot. Ou do poder.

Na obra cimeira do teatro do absurdo de Samuel Beckett, À Espera de Godot, espera-se uma personagem que nunca aparece, Godot, mas à qual dois vagabundos se referem repetidamente. Vladimir e Estragon estão junto a uma árvore à espera.

www.publico.ptjpacheco@ie.uminho.pt - 17 set 17:54

Que conhecimento é mais valioso?

Os programas, extensos e incumpríveis, são agora peça de museu do currículo nacional, servindo, mesmo assim como matriz de base para a elaboração dos manuais.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 17 set 17:43

Por uma existência condigna na Venezuela

Os direitos humanos não podem nunca ser reféns de conceções ideológicas, nem instrumentalizados para fins políticos. A Venezuela vive uma crise de direitos humanos.

24.sapo.ptÂngelo Fernandes - 17 set 15:37

Os homens também são vítimas de violência sexual

A violência sexual é um problema que está profundamente enraizado na sociedade. Sabemos que esta forma de violência afeta principalmente as mulheres e raparigas, mas também sabemos que 1 ...

sol.sapo.ptWayne Swan - 17 set 15:02

A competição fiscal ameaça a democracia

Felizmente, uma ação política rápida e coordenada, conduzida pelo G20, evitou com sucesso o início de uma recessão global mais profunda e prolongada. Nos dez anos desde 2008, os reguladores recuperaram algum terreno

www.jornaldenegocios.ptElina Ribakova - 17 set 14:00

O imperativo da integração

Os desastres naturais, a guerra e violência e a insegurança económica são parte da vida e têm feito o ser humano avançar desde tempos imemoriais. Por isso nós sabemos que a integração funciona, pois é isso que tem definido aquilo que somos hoje.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 17 set 11:56

O ambiente também regressa às aulas?

O arranque do novo ciclo escolar traz com ele escolhas e rotinas. Neste novo quotidiano, separar as embalagens usadas e garantir que elas seguem para reciclagem é um gesto que não podia ser mais simples, mas que representa um salto gigante na educaç

ionline.sapo.ptTiago Mota Saraiva - 17 set 10:48

Da necessidade de uma frente antifascista

A extrema-direita cavalga mitos criados pela agenda neoliberal tais como “a crise dos refugiados”,a insegurança ou a Europa como território de civilização superior.

www.jornaldenegocios.ptJoão Traça - 17 set 10:30

Ingrediente secreto

O reforço da cooperação empresarial entre os dois países vai continuar a existir.

24.sapo.ptFrancisco Sena Santos - 17 set 09:59

A lente ousada de Mapplethorpe mostra-se no Porto

Sobejam pretextos para visitar a cidade do Porto. A exposição Robert Mapplethorpe, a partir de quinta-feira e até janeiro, em Serralves, é mais um magnífico motivo. Mapplethorpe, divo ...