Opinião

visao.sapo.ptCarmo Machado - 16 jan 08:25

Bom aluno e/ou boa pessoa?

Aproveito as muitas obras literárias que somos obrigados a ministrar ao longo dos três anos do secundário para apostar tudo o que posso nas competências sociais e emocionais dos meus alunos. Quando quase tudo está perdido, que se salvem as almas...

ionline.sapo.ptCarlos Zorrinho - 16 jan 09:23

Uma BELLA notícia

Num tempo em que as relações entre a União Europeia e o Brasil vivem momentos turbulentos, a notícia de que entrou em vigor o contrato para a construção de um cabo de fibra ótica que vai atravessar o oceano Atlântico e que ligará a União Europeia e a América Latina, através de uma ligação entre o Brasil e Portugal, merece ser saudada e sublinhada

visao.sapo.ptJosé Brissos-Lino - 16 jan 08:05

Não é o rei que vai nu, somos todos nós…

Um dos históricos pomos de discórdia entre católicos e protestantes é a velha questão da idolatria, ou culto das imagens de Maria e dos santos. Mas nem uns nem outros se parecem incomodar hoje com a nova idolatria no espaço mediático.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 16 jan 06:50

Universidades públicas para ricos

Querer reduzir as propinas da licenciatura, dizendo às universidades para se financiarem com as propinas do mestrado, é pior do que um presente envenenado.

ionline.sapo.ptCarlos Carreiras - 16 jan 09:21

A realidade sufoca as narrativas socialistas

Diz-nos agora o ministro Pedro Marques, curiosamente cada vez mais parecido com o seu antecessor socialista Mário Lino (o que também não espanta, foram colegas de governo), que de um dia para o outro há dinheiro para todas as obras que durante três anos não viram um cêntimo

observador.ptMaria João Marques - 16 jan 07:22

A educação e a bondade são politicamente corretas

Os rapazes têm vindo a ficar para trás nas notas no ensino, mas esta sub performance tem mais a ver com normas da sociedade sobre masculinidade que com autonomia, hormonas ou estrutura cerebral.

www.publico.ptmanuelalegre36@gmail.com - 16 jan 07:55

SNS: Uma causa nacional

O SNS não pode continuar a ser drenado pelo sector privado, até não ser mais do que um serviço residual ou, como escreveu Arnaut.

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 16 jan 09:00

Psique social portuguesa

Se tentássemos criar um país em laboratório, como Portugal, não daria certo.

rr.sapo.ptOpinião de Francisco Sarsfield Cabral - 16 jan 06:27

O pragmático PSD

De tanto pragmatismo, o PSD arrisca-se a ser sobretudo uma agência de empregos.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 16 jan 06:50

Os desejados

Aplicar o método da Marie Kondo aos meus livros foi a melhor coisa que eu podia ter feito pela saúde da minha biblioteca.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 16 jan 06:36

Muros, nunca deram bom resultado

Não sei se Trump começou aqui a perder a reeleição em 2020. Mas sei que o Muro não será solução para a imigração e que, certamente, não fará a “America Great Again”.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 15 jan 22:00

Estranha forma de assumir controlo

Qualquer solução para o 'Brexit' só pode vir de dentro do Reino Unido. Esta é uma ressaca de que só os britânicos podem acordar sozinhos.

observador.ptMiguel Pinheiro - 16 jan 00:34

Em Portugal a direita vale menos do que na Venezuela?

Se o PSD é um partido de esquerda, então a direita em Portugal está reduzida ao CDS. Ou seja, vale 7%. Ou menos. Como nem na Venezuela a direita é tão tristemente exígua, alguém anda enganado.

observador.ptHenrique Burnay - 16 jan 00:07

Europa: o pior está para vir?

O problema é que a Europa está sempre em crise à espera “da solução”. Entretanto, ao contrário dos países, não corre o risco de falir, mas sim de se desintegrar, de chegar ao fim.

observador.ptJoão José Brandão Ferreira - 16 jan 00:13

O Ben Está de Volta…

Agora é a liberalização da cultura da cannabis, com a desculpa que tem efeitos medicinais. Mas então porque não se faz o mesmo com os opiáceos, usados para retirar a dor em doentes terminais?

observador.ptTiago Dores - 16 jan 00:06

O Rato rebolou a rir do repto a Rui Rio

Eu acho estupendo. Propinas gratuitas, livros gratuitos, transportes gratuitos, tudo gratuito para toda a gente. Por este caminho o mais provável é acabarmos a trabalhar gratuitamente para o Estado.

observador.ptAndré Abrantes Amaral - 16 jan 00:26

A direita deve unir-se num só partido

Perante a bipolarização escamoteada da política portuguesa uma coligação pré-eleitoral, de preferência uma fusão do PSD, CDS e Aliança num só partido de direita não só se torna necessária como natural

observador.ptMaria João Avillez - 16 jan 00:03

A importância da regra do jogo

Eis Montenegro, com uma velocidade igual á infelicidade: que o faz correr agora? Mas o que ele disse foi inversamente proporcional ao estrépito com que galopou para a sela do PSD (que não a do país).

www.publico.ptpublico@publico.pt - 16 jan 01:02

“May the Brexit be with you”

Dizem que foi um statement. A mim parece-me um colossal erro de percepção histórico-política.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 15 jan 23:53

Resistência lusa

No ano passado, por razões diversas, apenas um piloto luso terminou o Dakar: Fausto Mota. Este ano, felizmente e pese a terceira baixa, com o abandono de António Maio, que estava a fazer uma grande corrida, ainda continuamos com a gran

www.jornaldenegocios.ptEdson Athayde - 15 jan 20:20

Ano passado eu morri, mas este ano eu não morro

Como a própria Elis disse numa canção: Viver é melhor do que sonhar. E esta é a conclusão a que chegamos depois de hora e quinze de ação. Há mais coisas boas do que más por aí.

www.jornaldenegocios.ptFrancisco Mendes da Silva - 15 jan 20:40

A crise da direita não existe. Mas é perigosa

Instalou-se por aí uma conversa sobre a crise da direita. Para já, é só uma etiqueta jornalística, mas se a direita mordesse o isco essa crise viria inevitavelmente.

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 15 jan 22:00

God Save UK

O Reino Unido entra numa das suas épocas mais sombrias.

visao.sapo.ptOctávio Lousada Oliveira - 15 jan 18:27

Não invoquem Sá Carneiro em vão

É enorme a desconsideração pela memória e pelo legado de Sá Carneiro quando, oportunisticamente, se lhe decalcam as palavras a despropósito ou se lhe adivinham ações em auto-defesa

www.jornaldenegocios.ptPatrícia Abreu - 15 jan 19:09

Lucros dos bancos acusam a volatilidade

Até agora, os resultados apresentados não estão a ser nada animadores, com Citigroup e JPMorgan a falharem as estimativas dos analistas.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 15 jan 19:08

Médicos, católicos e mentirosos

Associação de Médicos Católicos diz que a legalização da cannabis “irá seguramente levar a um aumento do número de pessoas que consomem esta droga”. Isto não podia estar mais longe da verdade.

www.jornaldenegocios.ptPedro Fontes Falcão - 15 jan 19:29

É bom trabalhar em casa?

Na prática, o incentivo ao teletrabalho é positivo, mas não é nenhuma panaceia e tem de ser bem gerido para as situações certas e com as pessoas certas...

www.jornaldenegocios.ptRicardo Rosa - 15 jan 20:00

Que futuro e que desafios para os centros comerciais?

Os centros comerciais enfrentam inúmeros desafios nos próximos anos. Os avanços da tecnologia e as novas tendências de consumo estão a gerar um contexto muito mais flexível, em que as grandes mudanças ocorrem com maior frequência.

visao.sapo.ptInês Margarida Martins - 15 jan 19:13

A invasão dos Chunky Sneakers

São uma das tendências incontornáveis dos últimos meses e parece que vieram para ficar. Os ténis com solas grossas regressam, inspirados pelos anos 90 e início do novo milénio, em cor total ou multicoloridos.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 15 jan 16:47

PSD – Clarificar é clarificar!

A busca pela simplicidade das coisas torna natural que se compare o repto de Luís Montenegro a Rui Rio ao de António Costa a António José Seguro.

rr.sapo.ptOpinião de Graça Franco - 15 jan 16:13

Rui Rio e a lógica do ninho

Claro que não é a ótica da descentralização que preside à marcação do local onde terá lugar o Conselho Nacional extraordinário do PSD, na próxima quinta-feira. É a estrita lógica do ninho.

observador.ptManuel Villaverde Cabral - 15 jan 12:24

Propinas: para que te quero?

Segundo a OCDE um licenciado ganha, em média, 69% acima de um diplomado do ensino secundário e fica menos tempo desempregado. Será justo que os impostos de pobres e ricos paguem o custo das propinas?

ionline.sapo.ptLuís Menezes Leitão - 15 jan 09:08

A História repete-se

Por muitos erros que esteja a cometer um líder partidário - e Rui Rio, infelizmente, tem cometido bastantes -, não é manifestamente correcto colocar a todo o tempo a liderança em causa, apenas porque aparece alguém com pretensões à mesma

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 15 jan 07:07

Às costas

É melhor começarmos já a afeiçoarmo-nos àquela dorzinha nas costas, para conhecê-la melhor e arranjar maneira de não a zangar - como fingir que ela se irá embora.

observador.ptRui Ramos - 15 jan 07:19

A crise do PSD é a crise de todo o regime

Rio não se distingue dos seus rivais no PSD por quaisquer ideias, mas por uma estratégia – ou melhor, por uma manha. Esta é clara: hostilização àquilo que ele trata como “direita”, e aproximação ao PS

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 15 jan 09:00

A liberdade de expressão do Mário

Em nome da tolerância, temos o direito - e, em alguns casos, o dever - de não tolerar os intolerantes. Impedir a banalização do ódio não é sinónimo de ameaça à liberdade de expressão. É apenas ser civilizado - Opinião , Sábado.

www.dinheirovivo.ptAna Rita Guerra - 15 jan 07:43

O estranho caso do gadget banido

A CTA rescindiu o prémio ao Osé dizendo que tinha o direito de desqualificar candidaturas consideradas “imorais, obscenas, indecentes, profanas”

rr.sapo.ptOpinião de Francisco Sarsfield Cabral - 15 jan 07:31

​Novidades na campanha eleitoral

Dantes, as inaugurações faziam parte das campanhas eleitorais. Agora, a campanha eleitoral em que o governo já entrou prefere anunciar grandes investimentos e medidas – para o futuro.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 15 jan 06:54

O governo dos “comboios-fantasma”

Numa altura em que tanto nos afadigamos com as fake news, a orgia de anúncios de investimentos futuros, virtuais e eventuais é absolutamente deplorável sob o ponto de vista dos princípios democráticos e da sã comunicação política.

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 15 jan 06:41

PSD, a “clarificação” impossível

Para o país político, é uma tragédia que um partido essencial para os equilíbrios institucionais esteja condenado a birras e egos de adolescentes.

observador.ptLaurinda Alves - 15 jan 00:09

Ana desleal

Os meios não justificam os fins e nesta reportagem os meios são infames e no fim não há provas de nada. Nada nos é apresentado que confira com aquilo que nos foi anunciado. E isso é grave. E é desleal

rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 15 jan 07:10

Vamos à taça

O grande jogo da noite está programado para Guimarães onde o Benfica vai tentar confirmar a sua entrada em novos tempos.

observador.ptJoão Pires da Cruz - 15 jan 00:42

Das propinas e da ausência delas

Faz todo o sentido acabar com as propinas e acabar com a situação em que a educação superior é educação para os filhos dos ricos. Que são dois problemas de gestão e, como tal, possíveis de resolver.

observador.ptAntónio Maria Cabral - 15 jan 00:04

Se calhar mais valia ter ido…

Por que motivo um jogador de futebol (Pepe) que receberá milhões de euros afinal “só” vai pagar metade de IRS? A resposta é nos dada pela Lei de Orçamento de Estado de 2019...

observador.ptMariana Melo Egídio - 15 jan 00:01

A ignorância da lei não aproveita a ninguém

Há um forte desfasamento entre a produção de actos legislativos e o conhecimento por parte daqueles que os terão de cumprir. Só de 15 de Setembro de 2017 a 18 de Julho de 2018 foram publicadas 44 leis

observador.ptAndré Azevedo Alves - 15 jan 00:03

A fraude da eliminação das propinas

Aos 18 anos os jovens poderiam votar, mas estariam ao mesmo tempo sujeitos à frequência compulsiva de um “ciclo geral universitário” para receberem a adequada doutrinação socialista.

www.jornaldenegocios.ptJoaquim Aguiar - 14 jan 21:00

Maioria estável e coerente

Trump exerce o seu poder instável e incoerente na escala mundial, o que significa que se está no caminho estratégico que conduz ao desastre.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 21:45

“Made in” Portugal

Não sei o que ainda virá nas próximas etapas, mas desta esperava-se que fosse terrível e tal não aconteceu. Uma jornada que não trouxe grandes novidades, salvo que não será desta que Séb

www.jornaldenegocios.ptJoão Costa Pinto - 14 jan 20:40

2019 - Ano de transição? Para onde? - (I)

A guerra comercial iniciada por Trump está a fragmentar a arquitectura institucional multilateral que - desde a II Grande Guerra - enquadrou e favoreceu a globalização, com consequências imprevisíveis.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 18:02

As 50 sombras de um Portugal atrasado

“Estes versos podem chocar e é melhor tirar para não causar embaraços aos professores”. Mentes pequeninas. Nada deve ser truncado

visao.sapo.ptPaulo Moreira - 14 jan 16:23

Saúde em 2019: entre a demagogia e o caos

Quanto mais discurso “anti-privado”, agora agudizado em ano de eleições, maior é a influência dos grandes grupos privados no mercado nacional. A que se deve este paradoxo?

rr.sapo.ptOpinião de José Luís Ramos Pinheiro - 14 jan 20:54

Uma reportagem infeliz

Sem confiança, ficam em causa as relações dos médicos, dos advogados, dos padres, dos imãs, dos rabis, dos jornalistas e de muitos outros profissionais com os respetivos interlocutores. Sejam eles quais forem.

24.sapo.ptMarcos Sá - 14 jan 15:46

Guerra aos plásticos na União Europeia

Finalmente a União Europeia (UE) chegou a acordo para proibir a maioria dos plásticos de utilização única. A nova nova legislação europeia, após aprovação do Parlamento Europeu, proibirá dezenas ...

24.sapo.ptFrancisco Sena Santos - 14 jan 09:36

Noite de pesadelo britânico

Muitos britânicos vivem sucessivos dias de incerteza e ansiedade, e não admira se logo à noite passarem por pesadelos. É a véspera da votação sobre o Brexit no parlamento ...

www.jornaldenegocios.ptUlisses Pereira - 14 jan 10:27

Um olho no céu, outro no inferno

Só uma quebra consistente da zona de resistência entre os 5.000 e os 5.050 pontos me fará ficar de novo otimista.

ionline.sapo.ptTiago Mota Saraiva - 14 jan 09:38

Netos do cavaquismo, filhos do socratismo

De Pedro Marques a Montenegro, os netos do cavaquismo e filhos do socratismo perfilam-se para conquistar as lideranças de PS e PSD. Aspiram a mandar no Estado e a poder decidir sem qualquer racional técnico, ideológico ou científico

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 14 jan 11:52

A Mentira – a amante que (quase) ninguém dispensa

Todos os dias pintavam aquela parede. Pai e irmão construíam uma mentira diária. Há mentiras que são boas, que são provas de amor. - Opinião , Sábado.

ionline.sapo.ptAlexandra Duarte - 14 jan 09:41

A intimidade na relação sexual

Segundo a Organização Mundial de Saúde, em Portugal a média para o início da atividade sexual é de apenas 14 anos. O excesso de informação, associado à falta de maturidade, pode ser um catalisador deste comportamento

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 08:32

A precariedade e o futuro da investigação em Portugal

Existe razão de ambos os lados e é preciso bom senso, equilíbrio e ausência de radicalismos, para encontrar soluções justas para os bolseiros e úteis para as instituições, sem pôr em causa os princípios essenciais defendidos por grande parte da acad

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 14 jan 09:00

Uma lição dura para os professores

É improvável que Costa dê aos professores o que eles reivindicam. Este revés é parte da fatura duradoura da crise, que ainda pesa sobre o Estado.

observador.ptAlexandre Homem Cristo - 14 jan 07:35

Creches gratuitas: debater políticas que funcionam

Em vez de propinas e gratuitidade do ensino superior, discutir o acesso gratuito às creches é que deveria ser uma prioridade. E existem experiências internacionais de soluções que realmente funcionam.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 07:45

O lento cozinhar do franco suíço

O Banco Nacional Suíço enfrenta dois riscos. Primeiro, continuar a acumular um volume enorme de divisas e sofrer perdas enormes sempre que deixar o franco suíço apreciar-se. Segundo, sofrer perdas se esses activos, denominados em moeda estrangeira,

observador.ptJosé Pinto - 14 jan 07:41

Montenegro e a loucura Kamikaze

A saída borda fora de Santana foi má conselheira para Montenegro. Transmitiu-lhe a sensação de ser o líder único da oposição interna. Um erro de que não tardará a aperceber-se.

observador.ptLuís Rosa - 14 jan 07:36

Deixem Rui Rio trabalhar!

O país agradece que Rui Rio chegue às legislativas para se juntar a Santana e a Ferreira Leite como os grandes promotores das maiorias absolutas do PS. O futuro do centro direita depende disso.

observador.ptLuís Rosa - 14 jan 07:36

Deixem Rui Rio trabalhar!

O país agradece que Rui Rio chegue às legislativas para se juntar a Santana e a Ferreira Leite como os grandes promotores das maiorias absolutas do PS. O futuro do centro direita depende disso.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 06:43

Liberdade de expressão para banalizar ou não falar do racismo?

Inacreditavelmente, a propósito de saber se a facho-esfera merece espaço na disputa democrática, paira no ar um requintado iluminismo absolutista sobre o conceito de liberdade de expressão que atravessa todo o espectro político.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 06:23

Missão improvável: um PSD à beira da auto-destruição

Felizmente que ainda conheço neste PSD moribundo gente que está mais preocupada com o país do que com a sua condição pessoa. Não fossem alguns exemplos que por aí vamos conhecendo e nos habituámos a respeitar a nível local, longe destas lutas mediát

rr.sapo.ptOpinião de Francisco Sarsfield Cabral - 14 jan 06:35

Propinas e justiça social

Seria justa alguma redução gradual das propinas em função das posses dos alunos e um aumento dos apoios sociais aos carenciados, incluindo o financiamento de residências.

rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 14 jan 06:32

Afinal, o campeonato não acabou

O inverno começa a fazer mossa em algumas equipas e nota-se em algumas que o seu ritmo não é equivalente ao de tempos passados.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 14 jan 06:30

Da sociedade dependente para a sociedade competitiva

A política tem de abandonar as misturas consensualistas, que não escolhem nem decidem, para voltar a reabilitar as clivagens e polarizações que distinguem o possível do impossível.

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 14 jan 06:18

A Casa Eficiente e o Pinhal de Leiria: o mesmo mal

É mais fácil fazer anúncios sonantes do que executar e acompanhar políticas e Portugal é pródigo em produzir boas ideias que acabam destruídas por erros de concepção, pelo voluntarismo ou, pior ainda, pelo desleixo e ineficiência dos serviços do Est

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 14 jan 06:12

Demolhá-lo

A vantagem de comprar um bacalhau inteiro é poder comer todas as partes do bacalhau: como bom português que sou gosto de todas.

observador.ptHenrique Pinto de Mesquita - 14 jan 00:28

Guerra das Estrelas: Cristina contra-ataca

Não volte a pensar, caro leitor, que é apenas de uma mera mensagem pessoal de força. É diplomacia outra vez. É a mensagem conducente do assentar da poeira. É a conclusão da visita às três capelinhas.

observador.ptJosé Augusto Filho - 14 jan 00:20

O ditador, os tiranetes e a ópera bufa autoritária

A posse de Maduro foi uma encenação do que restou de mais farsesco, autoritário e mofado no cenário político mundial. Numa peça de humor sem graça, o PT foi representado pela presidente do partido.

observador.ptJoão Carlos Espada - 14 jan 00:22

O equívoco da abolição das propinas na universidade

A abolição das propinas implicaria a redução da esfera de receitas autónomas das universidades, que ficariam mais dependentes do Orçamento do Estado, logo na quase total dependência do poder político.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 13 jan 22:34

Torre de Babel

O excelente desempenho dos portugueses na competição de motos na etapa que deu início à segunda metade deste Dakar 2019 – pese embora mais uma queda e abandono, agora de Mário Patrão, que tinha acabado

www.jornaldenegocios.ptPatrícia Abreu - 13 jan 18:15

Starbucks, a próxima a pagar a fatura chinesa?

A Apple anunciou recentemente que não conseguirá cumprir os seus objetivos iniciais de vendas para o último trimestre de 2018. Tudo, diz a dona do iPhone, por causa da China.

observador.ptTelmo Faria - 13 jan 18:08

A discussão do tempo perdido

Há um ano Rio ganhou o PSD - mas não o País. E o problema no PSD é que sem País não há PSD. Se a percepção de se perder o País existir o PSD não vale nada. Esta associação é de uma obsessão objectiva.