Opinião

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 17:21

Sobre as previsões da covid-19 em Portugal

Que modelos matemáticos estamos a seguir? Confiamos neles para nos darem a melhor opção na estratégia a seguir para diminuir o impacto da epidemia. Mas os modelos não são consensuais, a sua robustez depende não só dos dados mas também da abordagem.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 17:03

O amor das coisas mortais

A última vez que saí da cidade onde vivo, para atravessar o país em direcção ao sul, ainda havia trânsito nas estradas, crianças nas escola e o habitual formigueiro de gente nas ruas. De Amarante a Far

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 16:00

Até onde pode ir o clã Bolsonaro?

Três filhotes Bolsonaro, que estimulam a loucura do pai, são mais perigosos do que parecem. Para quem não conhece a realidade brasileira, vale a pena traçar um breve retrato dos três príncipes shakespeareanos desejosos de poder, provenientes de uma

www.jornaldenegocios.ptJosé Rousseau - 30 mar 16:00

Um atraso de vida, este corona vírus!

Eis que sentimos: que a vida ou o tempo, parecem ter parado ou ficado suspensos. Tudo aquilo que antes era importantíssimo ou urgente, deixou, como que por artes mágicas, de o ser. - Opinião , Jornal de Negócios.

expresso.ptLuís Aguiar-Conraria - 30 mar 15:56

O grande teste à governação socialista

Temos o problema das desigualdades sociais no imediato, com uma bomba prestes a explodir, se não garantirmos o rendimento a quem o perdeu, mas temos também uma escola que, em vez de diminuir as desigualdades, as vai aumentar

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 15:00

Escola para todos

Os desafios para as próximas semanas são identificar e equipar com computador e internet todos os que estão carenciados e formar professores (e pais de alunos do 1.º ciclo) que se confessem com reduzida capacidade informáticas. Em tempos de emergênc

www.jornaldenegocios.ptMarlene Gaspar - 30 mar 15:00

Reinvenção das marcas na era Covid

O mundo mudou de um dia para o outro. Mudou a nossa forma de viver, de conviver, de trabalhar, de comunicar. - Opinião , Jornal de Negócios.

expresso.ptNuno Sousa - 30 mar 14:45

Organizem-se!

Não quero criar ruído, alimentar querelas regionais, ou assumir protagonismos bacocos. Estou, todavia, seguro de que neste momento são precisos líderes esclarecidos e bem informados, capazes de coordenar esforços e agir onde são necessários.

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 30 mar 14:17

Pax Cínica

O problema reside no hábito da maioria dos decisores políticos, jornalistas e académicos observarem o processo de globalização através de um prisma que tem 10 a 15 anos. - Opinião , Sábado.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 14:00

Excelente, Portugal!

Num momento em que a covid-19 desafia todos os países e o vírus não se mostra sensível a nacionalidade, cor da pele ou estatuto social, é fundamental que a solidariedade, enquanto valor humano essencial, se mostre real e efetiva.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 13:01

No relógio da pandemia, é a hora da Europa

A indecisão do Conselho Europeu de 27 de março é uma traição aos cidadãos da União. Sim, aos cidadãos da União, porque – convém lembrá-lo à exaustão – a pandemia não olha a nacionalidades nem se atemoriza com fronteiras.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 13:00

Covid-19: o desamor ao Hospital Cruz Vermelha Portuguesa

Como é aceitável que um presidente, que não tem funções executivas, imponha ordens ao corpo clínico de médicos e enfermeiros que são os únicos que ainda asseguram a sobrevivência do hospital?

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 12:00

Na tormenta – Novos e velhos em procura do futuro

Não há velhice, há velhices. As pessoas mais velhas têm uma vasta experiência de gestão de riscos, os centenários são prova disso. Mas não estavam preparadas para a categorização que lhes molda a vida quando não podem prover à satisfação das necessi

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 09:50

Dia 9: O país pode parar, mas a culpa das mães nunca!

Uma mãe/avó e uma filha/mãe falam de educação infantil. De birras e mal-entendidos, de raivas e perplexidade, mas também dos momentos bons. Para avós e mães, separadas pela quarentena, e não só.

www.publico.ptluis.santos@publico.pt - 30 mar 11:03

Mãe, espera por mim

Escrevi a pensar na minha mãe, porque o medo é grande e está à nossa porta, dentro da nossa casa. Mas é em nome de todos os nossos velhos.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 11:00

O que devem as escolas fazer?

Em vez de estarem preocupadas com a avaliação de um final de ano letivo presencialmente inexistente, as escolas e as suas direções deveriam exigir à tutela que a avaliação final deste ano letivo seja a do segundo período (nas escolas que funcionam e

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 10:36

Dieta vegan: Um dia de receitas durante a #vegantena

Em quarentena, cozinhamos mais, seja porque tem mesmo de ser, seja porque o stress nos faz querer petiscar a toda a hora. Já que há tempo, que tal fazer um dia vegan? Sabor nada comprometido, garantimos.

www.jornaldenegocios.ptUlisses Pereira - 30 mar 10:25

Sol de Março

Historicamente, a esmagadora percentagem das maiores subidas dos mercados acontecem em “bear markets”. - Opinião , Jornal de Negócios.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 08:56

Ideias para explicar o coronavírus às crianças

A informação dada às crianças deve ser baseada em factos e transmitida numa linguagem simples e adequada à idade, evitando estigmatizar os que primeiro viveram a doença ou os que estão doentes.

ionline.sapo.ptCristóvão Norte - 30 mar 10:16

Não venham agora ao Algarve, por favor!

Itália foi um mau exemplo de deslocação massiva de pessoas e dos seus efeitos, fosse por ignorância ou por refúgio. Está certo o ministro da Administração Interna.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 10:00

É tempo de agir!

Estas duas semanas vão ser determinantes em vários aspetos e importa começar já a planear qual será a estratégia a adotar para a fase de recuperação, pois o impacto desta pandemia será seguramente tremendo em termos económicos. E não é preciso uma p

ionline.sapo.ptJosé Cabrita Saraiva - 30 mar 09:47

O cenário otimista do Banco de Portugal

Parece quase inevitável que muitas empresas não consigam aguentar ou que, para resistir, lancem pessoas para o desemprego. O investimento deverá cair a pique – quem vai querer apostar num tempo de grandes incertezas, arriscando-se a perder tudo?

eco.sapo.ptJoaquim Miranda Sarmento - 30 mar 08:38

A Europa e a crise do covid-19

Esta crise nada tem a ver com a de 2008 ou a de 2010-2012, a resposta só pode ser europeia e os líderes europeus têm de ter em conta que a União Europeia foi construída para assegurar a paz.

rr.sapo.ptOpinião de Francisco Sarsfield Cabral - 30 mar 07:15

Crédito barato e dinheiro dado

A ideia de um plano Marshall, hoje, é uma utopia. E o dinheiro dado ou emprestado barato pelos Estados a pessoas e empresas acaba em dívida pública. É com ela que se terá de viver durante décadas.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 07:10

Recessão em 2020: Uma crise inesperada

A Ordem dos Economistas (OE) divulga os resultados do seu primeiro barómetro trimestral de 2020. Nesta particularmente difícil conjuntura atual, como não poderia deixar de ser, o tema afeto ao barómetro centra-se no impacto económico da atual pandem

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 06:30

Contra a virulência, inteligência

A única esperança de retornarmos a uma vida normal é usarmos eficazmente a inteligência humana contra a virulência deste parasita. Para isso, precisamos de dados, que possamos tornar em informação e em conhecimento para derrotar este inimigo invisív

www.publico.ptmanuel.carvalho@publico.pt - 30 mar 06:20

O estado de emergência não dispensa a força da lei

Caso o Governo julgue ser necessário apertar a malha da liberdade de circulação dos cidadãos, têm ao seu dispor uma solução: legislar, submeter a legislação aos procedimentos constitucionais e aplicá-la

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 06:15

Choque de tesouraria: salvar o emprego e a economia

As medidas já anunciadas pelo Governo são ainda insuficientes e de acesso restrito. Só uma actuação decidida dos poderes públicos pode impedir uma recessão de proporções trágicas.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 06:00

Vulnerabilidades: pensar um país frágil

Falemos de economia política. Falemos da política como deliberação coletiva. Soframos e decidamos. Portugal é uma periferia, mas uma periferia persistente.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 05:50

Covid-19, tocata e fuga

Haverá sempre queixas e a culpa será sempre do Estado. Tudo isto já se imagina, mas em nada poderá afetar a marcha do trabalho.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 30 mar 05:38

Um dos “voos” mais difíceis e complexos das nossas vidas

Testemunho de Gonçalo de Brito Relêgo, comandante de linha área. “Não está a ser fácil para ninguém lidar com a tempestade que estamos a enfrentar. Sabemos que se trata de um dos ‘voos’ mais difíceis e complexos das nossas vidas, mas estou convicto

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 30 mar 05:30

Dentro e fora

Quando voltei para casa lembrei-me do prazer imenso de voltar para casa. Não custa nada ficar em casa quando se saiu.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 21:10

Um “requiem” para Penderecki

Emergindo nos anos 1960 como uma das figuras mais heterodoxas da cena internacional, Penderecki criou novas formas de escrita musical, lado a lado com uma componente expressiva e com uma dimensão espiritual de que nunca abdicou.

eco.sapo.ptNuno Luis Sapateiro - 29 mar 21:01

Covid-19: O day after para o setor segurador

Nuno Luis Sapateiro, associado coordenador nas áreas de Bancário e Financeiro e Mercado de Capitais da PLMJ, considera que esta crise faz parte da mudança de paradigma no mundo e, claro, nos seguros.

www.jornaldenegocios.ptGonçalo Sampaio - 29 mar 20:50

Inovar, patentear e comercializar uma vacina em tempo de coronavírus

Havendo invenção de uma cura da COVID-19, não serão os interesses, mais ou menos obscuros de um Presidente norte-americano, que impedirão os portugueses de ter acesso atempado à mesma. Disso, estamos a salvo. - Opinião , Jornal de Negócios.

www.jornaldenegocios.ptAntónio Moita - 29 mar 20:05

Mais vale feito que perfeito

Pela minha parte prefiro elogiar o esforço de todos e aquilo que parece ser uma genuína preocupação dos líderes políticos, incluindo governantes e oposição, em tentar encontrar as melhores soluções. Serão perfeitas? Talvez não.

www.publico.ptquental.nuno@gmail.com - 29 mar 20:00

Oportunidade única para vencer a crise climática

Se a covid-19 apareceu de rompante, já a crise climática é conhecida pelo menos desde os anos 80 e reúne um consenso científico e político possivelmente sem precedentes. Não há desculpas para a inacção – nem mesmo a covid-19.

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 29 mar 19:50

Reviravolta em Tancos?

A realidade, por vezes, consegue ser mais surpreendente do que a ficção.

www.jornaldenegocios.ptMiguel Mendes Pereira - 29 mar 19:15

Auxílios à aviação: não haverá almoços grátis (I)

A radiografia prévia da TAP denota alguns problemas: prejuízos acima dos € 100 milhões nos últimos dois anos e um endividamento muito significativo. O que torna problemático o recurso a quaisquer medidas implicando acréscimo de endividamento.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 19:00

Corona “versus”

Bem sei que o tempo é de combate e depois haverá tempo para pensar o futuro. Mas quando isto passar estarão os Estados e as empresas dedicados e preparados para estudar e implementar regras rígidas que minimizem o surgimento de epidemias virais futu

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 18:00

A grande ameaça da covid-19

O esforço coletivo, a ação conjunta enquanto comunidade, o especial cuidado com a franja populacional mais idosa, a imperiosa cautela face àquilo que é a capacidade dos nossos Serviços de Saúde são os alicerces fundamentais para vencer esta pandemia.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 17:22

A Ti, Senhor

O ser humano tornou-se a medida de todas as coisas. E Tu, conhecedor da Tua criação, deves ter esboçado um esgar de sorriso por saberes que a ciência e a Tua existência não são incompatíveis.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 17:00

O aplauso que todos queremos

Nestes dias de agora, mais do que nunca, percebemos, e coletivamente, o valor da vida e o medo de a perdermos de uma forma tão desconcertante. O aplauso que todos queremos é não perder ninguém por razões estúpidas, egoístas ou inconscientes.

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 29 mar 17:00

A primavera da Praga

Entramos na primavera entre dois cenários mundiais sobre a covid-19 (a doença) e o respetivo SARS-CoV-2 (o vírus). O melhor e o pior possível. Que ninguém se assuste. Que ninguém se tranquilize - Opinião , Sábado.

eco.sapo.ptMiguel Frasquilho - 29 mar 16:22

Hora de ligar as rotativas do BCE sem limites

É tempo de imprimir moeda e distribuí-la pelos países. Consequências negativas? Não as vejo. Positivas? Manter as empresas e as pessoas ligadas à corrente.

www.publico.ptpaulomarques@esenf.pt - 29 mar 16:00

A enfermagem como profissão de risco

Aguardemos pelo após pandemia, para ver se as palmas e os elogios não passaram da poeira dos dias e tudo continuará como antes.

24.sapo.ptMarco Neves - 29 mar 14:56

História do galo e da farmácia

Na semana passada, comecei a volta a casa pelas letras do alfabeto. Esta semana começamos no F e terminamos no J — e saímos de casa durante uns minutos....

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 14:00

O vírus do humor e o altar das notícias

Estou convencido que os próprios serviços noticiosos das principais cadeias de televisão de todo o mundo não vão ficar intocados por esta crise que a todos vai abalar e cujos efeitos são múltiplos. Numa democracia adulta, os cidadãos procurarão cada

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 29 mar 13:00

Porque é que não há “adultos na sala”?

A prudência, a firmeza e a resiliência não se aprendem nos videojogos, nem no Instagram e, quando são precisas, não estão lá, ou há berraria e radicalização, ou há querer passar pelo meio das pingas da chuva, de forma timorata e egoísta - Opinião , Sábado.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 13:00

Pior do que não ter recursos públicos, é ter e não usar

Em Portugal, a cultura científica é ainda escassa. Que isso seja uma realidade que precisa de ser combatida, estamos de acordo. Que o próprio Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior sofra de falta de ação pelas mesmas razões, é mau. Pior

eco.sapo.ptDiogo Queiroz de Andrade - 29 mar 12:22

A ciência e a tecnologia ao serviço da propaganda

A China cooptou a Organização Mundial de Saúde como sua agência de comunicação global e está a usar todas as ferramentas que tem para manipular o discurso público.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 12:00

Reflexão sobre a covid-19

A única forma se estimar o real número de infetados em Portugal vai ser infelizmente, e indiretamente, através do número de óbitos por covid-19. E a curva do número de óbitos por covid-19 em Portugal, em comparação com Itália e Espanha, não é mesmo

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 11:56

Se não são psicopatas, são o quê?

Nunca na minha vida vi, no sítio onde vivo há 15 anos, tanta gente a caminhar na rua. Nunca. E não quero ofender ninguém, mas vi muita gente cujo perímetro abdominal não denuncia a prática regular de caminhada ou outra actividade física qualquer.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 10:23

Dieta vegan: Desafio superado!

Quarta semana: Energia em níveis elevados, tive menos dores do que seria suposto. Talvez um dos efeitos apontados da dieta vegan por alguns desportistas: rápida recuperação.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 08:17

O pangolim e nós

Um olhar atento sobre a origem do novo coronavírus revela que este pode ser consequência directa de uma relação insensata com a natureza. Talvez não seja só coincidência que o animal que transmitiu o vírus aos humanos, o pangolim, se encontre em per

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 08:16

O tempo suspenso

Porque o presente se vai devorando a si mesmo na fúria dos acontecimentos, no espanto, é o futuro que entra em crise.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 08:00

“Subestimei o poder deste vírus”

Testemunho de Márcia Rola, notária em Vila Nova de Gaia e residente em Ovar, onde foi decretado o estado de calamidade a 17 de Março. “Os notários continuam a assegurar a realização dos actos urgentes.”

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 07:59

O que sobra e o que resta…

Algumas das coisas que começarem a ser feitas agora ficarão para sempre. A solidariedade europeia, por exemplo. O que de bom ou de mau se fizer agora, ficará para depois. A dimensão do Estado, também.

www.publico.ptvbelanciano@publico.pt - 29 mar 07:56

E se fossem as crianças o grupo de risco?

A primeira percepção é importante. Os grupos de risco são os mais velhos e os que têm doenças crónicas. Foi a informação que nos passaram. Desde então têm surgido inúm

www.publico.ptacorreia@publico.pt - 29 mar 06:23

A Europa ou é solidária ou não é nada

A UE tem de ser capaz de escolher entre a solidariedade entre Estados-membros e a desunião provocada por um umbiguismo trágico.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 06:00

Apoiar com critério

A regra de ouro é juntar esforços: como Portugal tem facilitado o repatriamento de nacionais terceiros aos seus países de origem, também os nossos cidadãos beneficiarão de operações geridas por parceiros europeus para regressarem ao território nacio

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 05:50

O outro (terrível) vírus do coronavírus

Os testes iniciais da Europa e da América foram positivos ao vírus da inconsciência, da irresponsabilidade, da estupidez e da cegueira que ataca o coração da democracia.

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 29 mar 05:49

Já que está aí

Uma grande obra de arte ela basta-se a si própria

www.publico.ptopiniao@publico.pt - 29 mar 05:29

Nascer de novo

É o ser humano que, ao desumanizar-se, corrompe a natureza. As dimensões da questão ética são globais.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 05:20

Pandemia – Todos estes mortos por um tempo novo

Todos estes mortos que nos batem às janelas da alma impõem que reflitamos sobre a nossa condição humana, devendo ser mais íntegros, mais solidários e que ultrapassemos o império do dinheiro, das desigualdades e da hipocrisia.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 29 mar 05:10

Ninguém se salva sozinho

É exatamente o multilateralismo consertado do Ocidente que mais falta faz ao mundo, mas é ao nacionalismo desmesurado e ao populismo que a União Europeia abre as portas com esta divisão.

www.publico.ptsvp@raasociados.pt - 29 mar 05:00

As medidas excecionais de proteção dos créditos das famílias

Porque o que está em causa é um adiamento, resulta que as prestações abrangidas por esta moratória serão estendidas por seis meses, pelo que os juros vencidos serão capitalizados e serão incluídos no montante em dívida que não foi pago, em virtude d

sol.sapo.ptRicardo António Alves - 28 mar 22:43

Albert Uderzo (1927-2020)

A vinheta inicial de A Odisseia de Astérix (1981) – um dos melhores álbuns de Uderzo a solo –, mostra a luta pela sobrevivência travada pelos habitantes silvestres da floresta gaulesa.

sol.sapo.ptDina Vieira - 28 mar 22:18

O mundo vai mudar de vida

A 1 de março com a confirmação do primeiro caso de infeção por covid-19 em Portugal, o pesadelo começou. Já não estava lá longe na China, que por conforto psicológico considerávamos um fenómeno local.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 28 mar 18:56

Nós é que somos o vírus

A nossa felicidade não pode ser indissociável da manutenção do equilíbrio da natureza, porque para o planeta nós é que estávamos a ser o vírus.

www.publico.ptpublico@publico.pt - 28 mar 18:45

“Here we go”. Where?

À medida que os indicadores de letalidade do novo coronavírus iam crescendo exponencialmente à escala global nas últimas semanas, impondo fortes restrições à circulação de bens, pessoas

24.sapo.ptDiogo Faro - 28 mar 17:47

Cem anos de solidão em tempos de cólera

As horas passam tão pastosamente por estes dias que quase as sentimos passar por nós. Mas ao mesmo tempo, já é noite e como é que passou a correr, ...

www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 28 mar 13:00

O médico e os monstros

O que espanta, isso sim, é a forma suave, quase compreensiva, como o mundo olha para o comportamento de um regime que não merece a mais vaga confiança. Por mais luvas ou máscaras de protecção que agora despeje sobre a Europa - Opinião , Sábado.