www.jn.ptjn.pt - 26 jan. 07:48

Câmara de Vila do Conde anula obra e paga 200 mil euros a empreiteiro

Câmara de Vila do Conde anula obra e paga 200 mil euros a empreiteiro

Autarca de Vila do Conde diz que empreitada adjudicada pela sua antecessora foi mal projetada e iria implicar um gasto avultado.

A Câmara de Vila do Conde vai pagar uma indemnização de 200 mil euros à MCA Construções para não avançar com a requalificação das vias municipais que ligam a EN306 à EN318 (Modivas, Malta e Canidelo). "É deitar dinheiro ao lixo", diz o movimento Nós Avançamos Unidos (NAU), lamentando que arranjar estradas "não seja prioritário". O presidente, Vítor Costa, garante que anular o concurso é "um custo ínfimo para evitar uma gestão danosa".

A empreitada foi adjudicada à MCA Construções e devia ter arrancado ainda em 2021, na presidência de Elisa Ferraz. Em fevereiro de 2022, já com Vítor Costa ao leme da autarquia, foi "reprogramada". Era o troço 4 (T4) do Masterplan da Rede Viária. Uma obra de 1,7 milhões para renovar cinco quilómetros de vias entre o cruzamento dos Nove Irmãos, na EN306, e o Alto da Sapateira (EN318), passando por Modivas, Malta e Canidelo. Agora, a Câmara resolveu não fazer a obra.

NewsItem [
pubDate=2023-01-26 07:48:00.0
, url=https://www.jn.pt/local/noticias/porto/vila-do-conde/camara-de-vila-do-conde-anula-obra-e-paga-200-mil-euros-a-empreiteiro-15722809.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=157
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_26_1106249612_camara-de-vila-do-conde-anula-obra-e-paga-200-mil-euros-a-empreiteiro
, topics=[obra, indemnização, indemniza��o, vila do conde, concelho vila do conde, local]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]