www.jornaldenegocios.ptPaulo Carmona - 18 set 20:25

Causas e preocupações

Causas e preocupações

Somos ultrapassados todos os anos por países antes mais pobres e hoje mais ricos e com melhores salários. Porquê? Não somos piores… O nosso modelo económico é que talvez não preste.

A FRASE...

"Eleições legislativas 2019: PS promete tablets gratuitos." 

Expresso, 14 de setembro de 2019

A ANÁLISE...

Chegou a festa. Todos os programas têm a doce fantasia de não se preocupar muito com números ou consequências. É das poucas alturas em que nos podemos convencer de que vamos ser felizes, ganhar mais, respirar melhor e salvar o planeta. Como se faz ou quem paga? Pergunta tola. Quanto ao investimento público ou mais despesa pública no SNS, agora é que é, vão ver…

E depois, temos partidos a assumirem a luta por causas críticas para a humanidade. Como se um deputado eleito em Portugal pudesse fazer alguma coisa pelas baleias que cruzam oceanos, esses espetaculares mamíferos… Ou salvar o clima do planeta, onde Portugal já é um grande exemplo, somos dos países menos poluidores, com apenas 0,88% das emissões globais de carbono, e o terceiro país que mais usa energia renovável, segundo o Eurostat. O grande esforço para salvar o planeta está nos países mais pobres, na Ásia, e em África, na Índia, na China, etc. Nós estamos no bom caminho, e iremos continuar. É só não estragar. Eleger deputados com base nessa preocupação legítima tem pouco efeito aqui em Portugal.

E o combate à discriminação? Podemos sempre melhorar, e estamos a melhorar com as gerações mais novas, mas já somos o país com a menor violência com base na discriminação e no racismo, segundo a FRA, Agência dos Direitos Fundamentais da UE. E nos costumes, questões de género, familiar, etc., já somos o 3.º país com maior liberdade moral no mundo, acreditando na Fundação para o Progresso da Liberdade.

Objetivamente já somos "campeões" em todos esses indicadores. Há pouco motivo doméstico para todas essas preocupações, ou para fazer disso uma base ou causa eleitoral. O que deveria preocupar todos nós é a pobreza e os salários medíocres, estagnados. E como somos ultrapassados todos os anos por países antes mais pobres e hoje mais ricos e com melhores salários. Porquê? Não somos piores… O nosso modelo económico é que talvez não preste.

Melhor produtividade para melhores salários. Essa é a causa por que lutar!

Este artigo de opinião integra A Mão Visível - Observações sobre as consequências diretas e indiretas das políticas para todos os setores da sociedade e dos efeitos a médio e longo prazo por oposição às realizadas sobre os efeitos imediatos e dirigidas apenas para certos grupos da sociedade.

maovisivel@gmail.com

1
1