eco.sapo.pteco.sapo.pt - 26 jan. 07:08

Glovo está a avaliar ser parceiro da fábrica de unicórnios

Glovo está a avaliar ser parceiro da fábrica de unicórnios

A parceria da Glovo com a Unicorn Factory Lisboa poderá passar pela prestação de mentoria a empreendedores, mas a plataforma não fecha a porta a eventual financiamento das scaleups ligadas ao projeto.

“A Glovo está a considerar ser parceiro da fábrica de unicórnios”, adianta Joaquín Vázquez, general manager da Glovo Portugal, em entrevista ao ECO. Mentoria e, “eventualmente, financiamento” às scaleups são algumas das opções que a plataforma de entregas ao domicílio está a estudar, após ser desafiada por Carlos Moedas a juntar-se ao projeto instalado no Hub Criativo do Beato.

A primeira reunião com a Unicorn Factory Lisboa já aconteceu na semana passada, no mesmo dia em que Carlos Moedas, presidente da Câmara de Lisboa, desafiou a empresa espanhola a juntar-se ao projeto que tem com ambição ajudar cerca de 20 startups por ano a dar o salto rumo ao estatuto unicórnio.

“Estou muito entusiasmado (com esse desafio) tanto que já a seguir vou ter uma reunião na fábrica de unicórnios”, adiantou o responsável da plataforma de entregas que, só este ano, conta investir 50 milhões no mercado nacional.

“Sabemos o quão difícil é construir uma companhia desde a fase seed até mil milhões, que é o que é um unicórnio”, comenta Joaquín Vázquez. “Penso que, sobretudo, o que a Glovo pode oferecer é contactos e conhecimento. Estamos deste lado do mundo das startups desde o momento do levantamento do investimento, até nos transformarmos numa scaleup e sermos adquiridos, por isso, penso que temos uma rede de contactos muito boa”, diz.

A Unicorn Factory Lisboa conta já com mais de 30 parceiros empresariais e mais de 20 investidores que contribuíram para arrancar com os dois primeiros programas, o Scaling Up Program e o Soft Landing Program. O primeiro teve mais de 30 candidaturas de scaleups, cujos vencedores deverão ser conhecidos no final de janeiro.

“O que tentaremos fazer é colaborar com a nossa rede, com os nossos contactos e com a nossa experiência. Temos muitos founders na empresa e gestores de grandes negócios que podem ajudar“, continua, admitindo que plataforma poderá até participar como investidora. “Com mentoria e, eventualmente, financiamento. Pode ser. Não estou a fechar a porta.”

De acordo com a plataforma Crunchbase, a Glovo já angariou mais de mil milhões de euros de financiamento junto de vários investidores através de 11 rondas de investimento. No seu plano de crescimento, contabiliza até à data a aquisição de uma dezena de empresas, onde se inclui os portugueses Mercadão (2021) e Kitch (2022).

NewsItem [
pubDate=2023-01-26 07:08:47.0
, url=https://eco.sapo.pt/2023/01/26/glovo-a-considerar-ser-parceiro-da-fabrica-de-unicornios/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=378
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_26_999209448_glovo-esta-a-avaliar-ser-parceiro-da-fabrica-de-unicornios
, topics=[empreendedorismo]
, sections=[]
, score=0.000000]