www.publico.ptpublico.pt - 25 jan. 21:39

Vendas da Sonae MC subiram 11,5% para perto de seis mil milhões em 2022

Vendas da Sonae MC subiram 11,5% para perto de seis mil milhões em 2022

No último trimestre, “as vendas online registaram um crescimento de dois dígitos”. Negócios de retalho alimentar da dona do Continente “registaram um crescimento relevante no último ano”.

As vendas da MC, do universo Sonae, dona do Continente, facturou 5978 milhões de euros em 2022, um aumento de 11,5%, em comparação com o ano anterior, anunciou esta quarta-feira a empresa, salvaguardando que se trata de vendas preliminares.

“O volume de negócios da MC atingiu 5978 milhões de euros em 2022, crescendo 11,5% no total e 9,6% na base comparável de lojas”, refere o comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No quarto trimestre, as vendas cresceram 13,9% face ao período homólogo, para 1684 milhões de euros, a "reflectir o regresso das vendas de Natal para “padrões pré-pandémicos”, refere a empresa. Também no último trimestre, “as vendas online registaram um crescimento de dois dígitos, mais do que duplicando no total do ano face aos níveis pré-pandémicos (+3,4% face ao ano passado)”, lê-se no comunicado.

A empresa do universo Sonae (proprietária do PÚBLICO), destaca que “os negócios de retalho alimentar registaram um crescimento relevante no último ano, tanto nos formatos de maior dimensão (+8,3%), como nos de proximidade (+11,2%), levando a ganhos de quota de mercado”. Acrescentando que no período, a empresa “abriu 17 lojas próprias de base alimentar (dois grandes supermercados em zonas urbanas e 15 lojas de proximidade)”.

Nos novos negócios, nomeadamente nas áreas de parafarmácia, beleza e restauração, as vendas aumentaram 19%.

No conjunto dos negócios, a MC abriu 65 lojas próprias (25 mil metros quadrados), e remodelou 33 lojas, atingindo 1401 lojas (incluindo franquias) em Portugal e em Espanha.

O exercício foi marcado pelo forte aumento da inflação, que “teve um impacto directo nas opções de consumo, levando à queda dos volumes de retalho alimentar, apesar dos elevados níveis de inflação alimentar (+13% em 2022) terem possibilitado a expansão de vendas do mercado", destaca a empresa.

Citado no comunicado, Luís Moutinho, presidente executivo da MC, admite que as expectativas para o corrente ano são de que “a inflação se mantenha em níveis elevados (embora em desaceleração)”, o que indica que “os desafios operacionais ainda não terminaram".

NewsItem [
pubDate=2023-01-25 21:39:23.0
, url=https://www.publico.pt/2023/01/25/economia/noticia/vendas-sonae-mc-subiram-115-perto-seis-mil-milhoes-2022-2036442
, host=www.publico.pt
, wordCount=326
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_25_641929036_vendas-da-sonae-mc-subiram-11-5-para-perto-de-seis-mil-milhoes-em-2022
, topics=[sonae]
, sections=[economia]
, score=0.000000]