www.publico.ptpublico.pt - 25 jan. 20:08

Rui Costa regressa aos triunfos no Trofeo Calvià

Rui Costa regressa aos triunfos no Trofeo Calvià

Ciclista português impôs-se em Espanha com a camisola da nova equipa, a Intermarché-Circus-Wanty.

Rui Costa apostou para ganhar e coroou com uma vitória, no Trofeo Calvià, o início de uma temporada velocipédica para a qual partiu com uma motivação “muito grande” em representação dos belgas da Intermarché-Circus-Wanty.

“Joguei para ganhar, não foi para ser segundo. Senão, não me teria colocado na frente a puxar como um louco para que chegássemos os três [fugitivos]. O importante era ganhar”, resumiu o ciclista português de 36 anos, em declarações aos jornalistas no final da prova.

Rui Costa conquistou nesta quarta-feira o Trofeo Calvià, na sua estreia com as cores da Intermarché-Circus-Wanty, voltando a erguer os braços dois anos e meio depois da sua última vitória. O português, que cumpriu os 150,1 km com início e final na localidade maiorquina de Palmanova, em 3h57m30s, bateu ao sprint os seus companheiros de fuga, o belga Louis Vervaeke (Soudal Quick-Step), segundo com o mesmo tempo, e o irlandês Ben Healy (EF Education), terceiro a um segundo.

First race, first win ??

Rui Costa: "I could not dream of a better debut with Intermarché-Circus-Wanty. It's my first victory since 2020. Maybe it's the team magic..."#ChallengeMallorca #TrofeoCalvia?? pic.twitter.com/JQcS04vjRQ

— Intermarché-Circus-Wanty (@IntermarcheCW) January 25, 2023

Vervaeke seguia isolado nos quilómetros finais, mas Costa trabalhou, juntamente com Healy, para alcançar o belga, que “ia forte”, mas “também não colaborou muito”. “Tive a ajuda do rapaz que fez terceiro, e entre os dois pudemos apanhá-lo no final. Foi difícil, com o grupo atrás a pressionar, mas pudemos chegar”, recordou.

Os três entraram isolados no último quilómetro e “sobreviveram” à aproximação do grupo de perseguidores, no qual estava o antigo bicampeão mundial Julian Alaphilippe (Soudal Quick-Step), que foi nono, a 9s.

O português, que esta época trocou a UAE Emirates pela Intermarché-Circus-Wanty, somou no Trofeo Calvià a primeira vitória desde que se sagrou campeão nacional de fundo, em 2020, e a 28.ª como profissional.

NewsItem [
pubDate=2023-01-25 20:08:12.0
, url=https://www.publico.pt/2023/01/25/desporto/noticia/rui-costa-regressa-triunfos-trofeo-calvia-2036430
, host=www.publico.pt
, wordCount=304
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_25_161744817_rui-costa-regressa-aos-triunfos-no-trofeo-calvia
, topics=[ciclismo]
, sections=[desporto]
, score=0.000000]