desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 25 jan. 23:38

Sporting-Fonte Bastardo: João Coelho lamenta "entrada em falso", Nuno Abrantes destaca "marco histórico para o clube" açoriano

Sporting-Fonte Bastardo: João Coelho lamenta "entrada em falso", Nuno Abrantes destaca "marco histórico para o clube" açoriano

O Fonte do Bastardo carimbou hoje o passaporte para a meia-final da Taça Challenge de voleibol....

Declarações após o jogo Sporting – Fonte do Bastardo (2-3) da segunda mão dos quartos de final da Taça Challenge de voleibol disputado hoje no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

João Coelho (Treinador do Sporting): “Voltámos e entrar em falso. Perdemos o primeiro set e ficámos sem qualquer margem para forçar o erro do adversário, que é uma equipa madura e que sabe jogar muito bem para encontrar a melhor solução.

Fomos um pouco atrás do prejuízo, mas já tarde. No quarto set pagámos caro a consistência do adversário e a nossa alternância no marcador.

Tivemos muitas dificuldades em sermos fluidos em algumas zonas do campo. Até estivemos bem no bloco, mas foi insuficiente. O adversário foi superior nas duas mãos, temos de admitir que estamos por baixo e que temos de trabalhar muito. Não chega só achar que estar num clube destes nos garante um favoritismo. Não é assim. É necessário prová-lo dentro do campo”.

Nuno Abrantes (Treinador do Fonte do Bastardo): “Foi um jogo diferente daquele que estávamos habituados a jogar. Sabíamos que por muito que quiséssemos vencer dois sets não podíamos pensar no imediato, mas no longo prazo. Preparámos a equipa para uma maratona, porque se pensássemos que iria ser fácil estaríamos enganados.

Não fizemos um jogo brilhante, sentiu-se alguma fadiga de parte a parte, mas acabámos por ser mais felizes e ir buscar forças onde estavam a falta para evitar o ‘golden set’.

Estamos muito felizes. Fizemos bem o nosso trabalho. É um marco histórico para o clube. Vamos continuar a trabalhar e a ganhar um jogo de cada vez”.

O Fonte do Bastardo carimbou hoje o passaporte para a meia-final da Taça Challenge de voleibol ao vencer o Sporting, em Alvalade, por 3-2, em jogo da segunda mão dos quartos de final da prova.

Depois de ter vencido nos Açores, por 3-0, ao Fonte do Bastardo ‘bastava’ conquistar dois parciais para seguir em frente na Taça Challenge. Ao invés, o Sporting teria de vencer por 3-0 ou 3-1 e obrigar o encontro a ser decidido num ‘golden set’.

NewsItem [
pubDate=2023-01-25 23:38:17.0
, url=https://desporto.sapo.pt/modalidades/voleibol/artigos/sporting-fonte-bastardo-joao-coelho-lamenta-entrada-em-falso-nuno-abrantes-destaca-marco-historico-para-o-clube-acoriano
, host=desporto.sapo.pt
, wordCount=335
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_25_1401736645_sporting-fonte-bastardo-joao-coelho-lamenta-entrada-em-falso-nuno-abrantes-destaca-marco-historico-para-o-clube-acoriano
, topics=[voleibol, /modalidades/voleibol/, desporto, modalidades]
, sections=[desporto]
, score=0.000000]