observador.ptobservador.pt - 25 jan. 22:14

"Não é justo chegar à final e ter menos descanso do que o adversário. Se querem mudar, comecem por aí". O recado de Sérgio Conceição

"Não é justo chegar à final e ter menos descanso do que o adversário. Se querem mudar, comecem por aí". O recado de Sérgio Conceição

O treinador do FC Porto mostrou-se satisfeito com a "sólida" exibição da equipa contra o Ac. Viseu mas sublinhou o facto de o Sporting surgir na final da Taça da Liga com mais 24 horas de descanso.

Em 2009/10, ainda no Algarve, foi o Benfica. Em 2012/13, já em Coimbra, foi o Sp. Braga. Em 2018/19, em Braga, foi o Sporting. E em 2020/21, também na Pedreira, foram novamente os minhotos. O FC Porto já perdeu quatro finais da Taça da Liga e nunca conquistou o troféu — no próximo sábado, agora em Leiria e novamente contra o Sporting, vai à procura da inédita vitória na competição.

A equipa que quer pegar na Folha em branco e torná-la uma página de história (a crónica do FC Porto-Académico de Viseu)

Os dragões derrotaram o Académico de Viseu e Jorge Costa esta quarta-feira, já depois de os leões terem afastado o Arouca na primeira meia-final, e vão marcar presença na terceira final nos últimos cinco anos — e também a terceira final de Sérgio Conceição, que nunca esconde o desagrado com o facto de o FC Porto nunca ter conquistado o troféu.

O FC Porto é assim a terceira equipa com mais finais da Taça da Liga — o Benfica é recordista, com oito, e o Sporting tem sete — e vai realizar o 6.º jogo na prova contra os leões. O registo é largamente desfavorável aos dragões, que entre duas derrotas e três empates nunca venceram o Clássico na competição. Já após o apito final, na zona de entrevistas rápidas, Sérgio Conceição mostrou-se satisfeito com a exibição da equipa num dia em que poupou Taremi e Galeno e apostou em Gabriel Veron e Danny Loader.

O FC Porto vai disputar a final da Taça da Liga pela 5.ª vez: ainda procura o 1.º título na prova

⚠A última final da Taça da Liga disputada pelo FC Porto foi em 2020, frente ao SC Braga pic.twitter.com/7fJasgpjM9

— Playmaker (@playmaker_PT) January 25, 2023

“Entrámos bem no jogo, de forma muito forte. O que é bem demonstrativo do respeito que tivemos pelo Académico de Viseu e pelo que têm feito. Foi um jogo entre equipas de patamares diferentes mas ambas competentes. Nos primeiros 15 minutos tivemos algumas ocasiões para marcar mais golos mas não conseguimos. Numa ou outra perda de bola, o Académico saiu com perigo e ganhou alguma confiança. Sabíamos que o 1-0 era perigoso e tínhamos de continuar a fazer o que fizemos nos primeiros 20 minutos”, começou por dizer o treinador dos dragões.

Mais à frente, Conceição explicou a opção por um ataque móvel e sem uma referência ofensiva fixa. “Tem a ver com a estratégia para o jogo. O Loader tinha feito bons jogos, em Chaves marcou dois golos, e o Veron também. Pensando neste jogo quisemos dar mais mobilidade, não colocar tantas referências na frente. Hoje era o jogo mais importante porque era o próximo e tenho confiança total nos jogadores que entraram de início. Estão de parabéns e fizemos um bom jogo, sólido”, acrescentou, deixando desde logo uma breve antecipação da final de sábado.

6.º jogo entre FC Porto e Sporting na Taça da Liga – os dragões nunca ganharam: somam 2 derrotas e 3 empates (com 2 derrotas no desempate por grandes penalidades) pic.twitter.com/CVl3IJAZzv

— Playmaker (@playmaker_PT) January 25, 2023

“Agora é descansar e bem. Temos menos 24 horas de descanso do que o adversário. Acho que se a Taça da Liga quer mudar alguma coisa pode começar por aí. Não é justo chegarmos a sábado e termos menos descanso do que o adversário. Mas é o que temos. Vamos olhar para o jogo de sábado, que é uma final e as finais jogam-se para ganhar. Vamos preparar-nos da melhor forma, dentro do possível”, terminou Sérgio Conceição.

João Mário, que fez mais uma assistência e foi eleito Homem do Jogo, reconheceu que está a atravessar um bom momento, já que marca ou assiste há quatro partidas consecutivas. “Tem corrido bem, tem corrido bem. E os jogos também têm corrido bem à equipa, temos vencido, que é o mais importante. E agora passámos à final e estamos mais perto do título, que é o que queremos. Claro que é para ganhar ao Sporting, é o nosso objetivo. Esta equipa vive de títulos e este é um título que ainda não temos. Vamos fazer tudo para o conquistar”, atirou o jovem lateral na flash interview.

Registos atuais do FC Porto:
➡16 jogos sem perder
➡4 vitórias consecutivas
➡8 vitórias nos 9 últimos jogos pic.twitter.com/59IDEqm5eq

— Playmaker (@playmaker_PT) January 25, 2023

NewsItem [
pubDate=2023-01-25 22:14:29.0
, url=https://observador.pt/2023/01/25/nao-e-justo-chegar-a-final-e-ter-menos-descanso-do-que-o-adversario-se-querem-mudar-comecem-por-ai-o-recado-de-sergio-conceicao/
, host=observador.pt
, wordCount=708
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2023_01_25_1003635777_-nao-e-justo-chegar-a-final-e-ter-menos-descanso-do-que-o-adversario-se-querem-mudar-comecem-por-ai-o-recado-de-sergio-conceicao
, topics=[fc porto, allianz cup—taça da liga, desporto, futebol]
, sections=[desporto]
, score=0.000000]