tek.sapo.pttek.sapo.pt - 25 nov. 17:49

Nem o Mundial no Qatar escapa aos esquemas de phishing. O que fazer para não morder o isco?

Nem o Mundial no Qatar escapa aos esquemas de phishing. O que fazer para não morder o isco?

Os investigadores da Kaspersky e da Check Point Software alertam para o aumento de websites de phishing relacionados com o Mundial no Qatar e que foram concebidos para roubar dados sensíveis ou dinheiro a adeptos incautos. Veja o que fazer para se proteger.

O Mundial de Futebol é sempre uma ocasião muito aguardada pelos fãs do “desporto-rei”. Apesar das polémicas em torno da edição deste ano no Qatar, estima-se que milhões de adeptos acompanhem os jogos um pouco por todo o mundo.

No entanto, o mundo do cibercrime também está atento ao Mundial e empresas de cibersegurança como a Kaspersky e a Check Point Security têm detetado um aumento no que toca a esquemas fraudulentos relacionados com o evento desportivo.

Como realça Rui Duro, Country Manager da Check Point Software em Portugal, em comunicado, é preciso ter em conta que, durante eventos deste género, os cibercriminosos vão aproveitar para elevar a fasquia nos seus esquemas para roubar dinheiro ou dados que podem depois ser vendidos na Dark Web.

Além dos esquemas de phishing, “este Campeonato do Mundo já suscitou preocupações de segurança cibernética, tendo muitos especialistas em segurança alertado o público sobre preocupações com a privacidade dos dados com a aplicação oficial”, relembra o responsável.

De esquemas de bilheteira a NFTs fraudulentos

“Os grandes eventos desportivos atraem sempre a atenção dos cibercriminosos”, afirma Olga Svistunova, especialista de segurança da Kaspersky, em comunicado. Este ano, os esquemas fraudulentos acerca do Mundial estão mais “criativos”, aproveitando-se de temas em voga. “Ao mesmo tempo, há por aí muitos dos chamados esquemas tradicionais de ofertas e bilhetes falsos para as lojas comerciais”, acrescenta a especialista.

Os investigadores da Kaspersky detectaram múltiplos de websites de phishing relacionados com o Campeonato Mundial de Futebol que foram concebidos para roubar dados sensíveis ou dinheiro às vítimas.

Clique nas imagens para mais detalhes 

Os bilhetes para jogos costumam ser um dos “iscos” frequentemente utilizados pelos cibercriminosos e o Mundial no Qatar não é uma exceção à regra. Foram descobertos vários websites de phishing onde os adeptos podem comprar supostos bilhetes. Na verdade, além de não receberem os bilhetes que compraram, as vítimas acabam por perder dinheiro e por ver os seus dados nas mãos dos cibercriminosos.

Entre os esquemas detectados incluem-se websites de phishing que prometem ofertas “generosas”, como bilhetes para o Mundial, ou que vendem supostos produtos do evento, entre T-shirts, capas para smartphone com jogadores populares ou bolas de futebol assinadas.

Destacam-se também esquemas com NFTs e com criptomoedas fraudulentas, além de fraudes com websites de phishing que oferecem viagens para o Qatar ou alojamento no país. Já a Avanan, que pertence ao grupo Check Point, detetou também múltiplas fraudes centradas em torno de apostas desportivas.

O que fazer para se proteger?

Para ajudar os adeptos a manterem a segurança, os investigadores da Kaspersky e da Check Point Software deixam um conjunto de recomendações importantes:

  • Pense duas vezes antes de clicar 

Não clicar em links suspeitos que lhe chegam através do email, SMS ou redes sociais é uma das regras fundamentais. Além disso, deve ter em conta que muitos websites fraudulentos utilizam um nome de domínio semelhante à marca ou empresa que estão a tentar imitar. É recomendável que preste atenção aos URLs, verificando se não têm letras adicionais ou erros ortográficos.

  • Não partilhe informação sensível 

Roubar credenciais de contas e outros tipos de informação sensível é um dos objetivos dos esquemas de phishing. Note que empresas e marcas legítimas não contactam utilizadores através de emails não solicitados para pedir informações pessoais, motivo pelo qual deve desconfiar de mensagens que lhe peçam para verificar ou atualizar detalhes da sua conta.

  • Proteja os seus equipamentos 

Outra das medidas que deve tomar para se manter a salvo passa por proteger os seus equipamentos com soluções de segurança adequadas. Para lá do computador não deve esquecer o smartphone, fazendo uso de soluções de segurança mobile.

NewsItem [
pubDate=2022-11-25 17:49:18.0
, url=https://tek.sapo.pt/noticias/internet/artigos/nem-o-mundial-no-qatar-escapa-aos-esquemas-de-phishing-o-que-fazer-para-nao-morder-o-isco
, host=tek.sapo.pt
, wordCount=597
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_25_875424847_nem-o-mundial-no-qatar-escapa-aos-esquemas-de-phishing-o-que-fazer-para-nao-morder-o-isco
, topics=[emails, phishing, tecnologia, fraudes online, check point, mundial 2022, qatar 2022, kaspersky]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]