www.pcguia.ptpcguia.pt - 25 nov. 11:36

Governo do Reino Unido não quer câmaras de videovigilância fabricadas na China

Governo do Reino Unido não quer câmaras de videovigilância fabricadas na China

O governo do Reino Unido ordenou a remoção de câmaras de videovigilância de “locais sensíveis”.

O governo do Reino Unido ordenou aos vários ministérios que parassem de instalar e de usar câmaras de videovigilância fabricadas por empresas chinesas em locais sensíveis, para prevenir possíveis problemas de segurança e roubo de dados. Esta decisão vem no seguimento de uma avaliação dos “actuais e futuros riscos de segurança associados com a instalação de sistemas de vigilância em instalações estatais.”

A avaliação foi feita pelo Government Security Group e concluiu que “são precisos controlos adicionais, devido ao aumento das capacidades e conectividade” dos equipamentos de vigilância feitos na China, que estão em uso no Reino Unido.

Segundo uma declaração ao parlamento do ministro Oliver Dowden:

“Os vários departamentos estatais foram instruídos para deixarem de instalar, em áreas sensíveis, equipamentos fabricados por empresas que estejam sujeitas à Lei Nacional de Inteligência da República Popular da China. Como a segurança destes locais é um assunto da mais alta importância, estamos já a tomar algumas medidas para impedir problemas futuros.”

Esta directiva, aplica-se às câmaras que são fabricadas por empresas que estão sujeitas às leis de segurança da China. A mesma directiva também instrui os vários departamentos a desligar estes dispositivos das redes informáticas mais importantes e até a removê-las de todo.

Algumas das principais empresas de fabrico de câmaras da China, como a Hikvision e a Dahua têm participações estatais. Em declarações à Reuters, a Hikvision negou quaisquer problemas e disse que quer falar com o governo do Reino Unido, para perceber o que está por trás desta decisão.

Segundo um porta-voz da empresa:

“A Hikvision não consegue transmitir dados para terceiros a partir dos dispositivos que estão instalados, não gere quaisquer bases de dados dos clientes nem tão pouco disponibiliza serviços de cloud no Reino Unido.”

Câmaras fabricadas pela Hikvision estavam a ser usadas no Ministério da Saúde e Serviços Sociais do Reino Unido, quando foram divulgadas imagens que mostravam o ministro Matt Hancock a beijar uma assistente.

NewsItem [
pubDate=2022-11-25 11:36:09.0
, url=https://www.pcguia.pt/2022/11/governo-do-reino-unido-nao-quer-camaras-de-videovigilancia-fabricadas-na-china/
, host=www.pcguia.pt
, wordCount=312
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_25_670864991_governo-do-reino-unido-nao-quer-camaras-de-videovigilancia-fabricadas-na-china
, topics=[tecnologia, notícias, china, reino unido, videovigilância, segurança]
, sections=[sociedade, ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]