visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 25 nov. 14:12

Visão | Não será possível construir uma imagem positiva da Guiné-Bissau sem a diáspora

Visão | Não será possível construir uma imagem positiva da Guiné-Bissau sem a diáspora

A secretária de Estado das Comunidades da Guiné-Bissau, Salomé Santos Allouche, defendeu hoje que não será possível construir uma imagem positiva do país sem o envolvimento da diáspora

“Não será possível construir uma imagem positiva do país excluindo a nossa diáspora, não será viável e muito menos inclusivo o desenvolvimento económico da Guiné-Bissau sem a participação do capital humano e financeiro da nossa diáspora”, afirmou Salomé Santos Allouche.

A secretária de Estado das Comunidades falava na sessão de abertura da conferência internacional da diáspora guineense, dedicada ao tema “Guiáspora — A diáspora bissau-guineense enquanto ator de desenvolvimento”, que decorre até sábado, numa unidade hoteleira em Bissau.

Segundo Allouche, o Governo tem tido uma diplomacia mais interventiva e conseguido “abrir representações diplomáticas e assinado importantes acordos de cooperação, que vão mudar a condição dos cidadãos no estrangeiro”, nomeadamente através da prestação de um serviço público mais qualificado.

“Este é um exemplo dos esforços que tem sido empreendido pelo Governo para normalizar a situação da diáspora, criando facilidades na mobilidade, acesso à documentação e sobretudo na preservação da entidade cultural e dignidade de que tanto nos orgulhamos”, disse.

Em relação à conferência, Salomé Santos Allouche salientou que deve servir para uma reflexão sobre como se pode rentabilizar a contribuição da diáspora para o desenvolvimento socioeconómico do país.

“Estamos aqui para ver essas oportunidades e juntos estreitar esses laços em todas essas dimensões, incluindo o intercâmbio académico, investimentos, canais financeiros mais fáceis e aproveitando o capital humano que existe”, afirmou o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) na Guiné-Bissau, Tjark Egenhoff.

O objetivo da conferência, organizada pelo Governo guineense e a União Europeia, em conjunto com o PNUD, é analisar o papel da diáspora guineense no desenvolvimento sustentável da Guiné-Bissau.

MSE // LFS

NewsItem [
pubDate=2022-11-25 14:12:03.0
, url=https://visao.sapo.pt/atualidade/mundo/2022-11-25-nao-sera-possivel-construir-uma-imagem-positiva-da-guine-bissau-sem-a-diaspora/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=259
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_25_2067185771_visao-nao-sera-possivel-construir-uma-imagem-positiva-da-guine-bissau-sem-a-diaspora
, topics=[mundo, guiné-bissau]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]