jornaleconomico.ptjornaleconomico.pt - 25 nov. 14:00

Governo acusado de favorecer vencedores dos leilões de energia solar

Governo acusado de favorecer vencedores dos leilões de energia solar

Governo aprovou medidas para os projetos obterem financiamento e saírem do papel, mas vários promotores consideram medida injusta para o restante sector. Tutela fala de “circunstâncias imprevisíveis” como a Covid e a guerra.

Vários produtores de energia renovável acusam o Governo de favorecer os vencedores dos leilões de energia solar de 2019 e 2020 que atribuíram dois gigawatts de rede elétrica a dezenas de empresas.

Em causa está um decreto-lei aprovado em outubro que atualiza as tarifas obtidas no leilão ao valor da inflação. Mais, nos casos em que as centrais têm direito a tarifas, passam a usufruir de um período experimental de dois anos para vender a sua eletricidade a preços de mercado (que regista valores mais elevados do que os obtidos no leilão).

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

NewsItem [
pubDate=2022-11-25 14:00:54.0
, url=https://jornaleconomico.pt/noticias/governo-acusado-de-favorecer-vencedores-dos-leiloes-de-energia-solar-965306
, host=jornaleconomico.pt
, wordCount=104
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_25_2031868404_governo-acusado-de-favorecer-vencedores-dos-leiloes-de-energia-solar
, topics=[energia, empresas, economia, je leitor]
, sections=[economia]
, score=0.000000]