visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 25 nov. 15:39

Visão | Agência Europeia do Medicamento aprova fármaco que previne bronquiolites

Visão | Agência Europeia do Medicamento aprova fármaco que previne bronquiolites

Até agora só existia um medicamento que era usado na prevenção de doença provocada por vírus sincicial respiratório em bebés muito prematuros (nascidos com idade gestacional inferior a 28-32 semanas) ou com doenças crónicas. O novo fármaco promete proteger todas as crianças

A bronquiolite é uma inflamação aguda dos bronquíolos que afeta bebés e crianças até aos 2 anos de idade, sobretudo no outono e inverno. Segundo o último relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) notou-se que se mantém “a tendência crescente no número de internamentos por infeção por VSR”, fazendo com que as urgências hospitalares de pediatria tenham mais afluência do que o habitual, uma vez que o vírus começou a circular um mês mais cedo.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu permissão para que na União Europeia se comercialize o fármaco Beyfortus – utilizado para a prevenção da doença do trato respiratório causada pelo vírus sincicial respiratório (VSR), que causa a maior parte das bronquiolites.

O nirsevimab, a substância ativa do novo medicamento, é um anticorpo monoclonal antiviral (um tipo de proteína) que foi criado para se ligar à proteína F de que o VSR necessita para infetar o organismo. Quando o nirsevimab se liga a esta proteína, o vírus torna-se incapaz de entrar nas células do corpo. Isso ajuda a prevenir a infeções por RSV.

Este novo medicamento é uma boa notícia porque, pelo menos em Portugal, segundo a Direção-Geral da Saúde, até agora só existia um medicamento “que é usado na prevenção de doença provocada por vírus sincicial respiratório em bebés muito prematuros (nascidos com idade gestacional inferior a 28-32 semanas) ou com doenças crónicas”.

“O VSR é um vírus respiratório comum que geralmente causa sintomas leves semelhantes aos da constipação. A maioria das pessoas recupera depois de uma a duas semanas, mas o VSR pode ser grave, especialmente em bebés”, lê-se na nota da Agência. “É a causa mais comum de infeções do trato respiratório inferior, como bronquiolite (inflamação das pequenas vias aéreas dos pulmões) e pneumonia (infecção dos pulmões) que podem levar à hospitalização ou até à morte de recém-nascidos e lactentes”.

Em 2015, segundo a EMA, o VSR causou cerca de 33 milhões de infeções do trato respiratório inferior em crianças menores de cinco anos em todo o mundo. Apesar da diminuição do número de infeções por VSR durante a pandemia, em 2020 e 2021, espera-se “um ressurgimento de infeções após a flexibilização das medidas de mitigação da Covid-19”.

NewsItem [
pubDate=2022-11-25 15:39:32.0
, url=https://visao.sapo.pt/visaosaude/2022-11-25-agencia-europeia-do-medicamento-aprova-farmaco-que-previne-bronquiolites/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=366
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_25_1711577660_visao-agencia-europeia-do-medicamento-aprova-farmaco-que-previne-bronquiolites
, topics=[atualidade, saúde, visão saúde]
, sections=[sociedade, actualidade]
, score=0.000000]