observador.ptobservador.pt - 24 nov. 14:00

Depois dos jogos, adeptos japoneses ficam para trás para recolher lixo dos estádios

Depois dos jogos, adeptos japoneses ficam para trás para recolher lixo dos estádios

Não abandonam um local sem que este fique arrumado. Um bom costume japonês, ensinado desde cedo. E no Mundial, não importa de quem é o lixo ou que equipas disputaram o jogo. O lixo é sempre recolhido.

Acompanhe aqui o nosso liveblog do Mundial.

Depois de oficialmente declarada a vitória do Japão contra a Alemanha (2-1), os apoiantes da equipa vencedora não foram logo festejar. Fazendo jus ao rótulo de povo asseado — já o fenómeno do minimalismo de Maria Kondo, mestre japonesa da arte de arrumação, havia dado sinais disso —, os adeptos ficaram no estádio Internacional Khalifa, no Qatar, recolhendo o lixo deixado nas bancadas por todos os que assistiram à surpreendente partida dos oitavos de final do campeonato do mundo, que, na quarta-feira, 23 de novembro, deu três pontos ao Japão.

Japan's fans are truly the best.????????

They beat Germany in a famous win, but before celebrating stuck around at the Khalifa International Stadium to help clean up.???? pic.twitter.com/sZhNExEDqi

— Ben Jacobs (@JacobsBen) November 23, 2022

Várias imagens e relatos nas redes sociais dão conta da limpeza levada a cabo pelos adeptos japoneses, que carregavam sacos de plástico azuis. E se para uns é surpreendente, para os nipónicos trata-se de um comportamento normal. Tanto assim é que o fenómeno foi observado já em várias ocasiões, incluindo no Mundial de 2018, depois de a equipa ter perdido os oitavos de final contra a Bélgica. Nem a derrota os demove.

O que vocês acham especial não é nada incomum para nós“, disse à Al Jazeera Danno, um adepto japonês, que está no Qatar a assistir aos jogos do Mundial. “Quando deixamos uma sala, fazemos questão que fique arrumada. É o costume”, acrescentou. Um hábito que faz parte da “educação” e das “aprendizagens” de todos os dias: “Não conseguimos sair um sítio sem deixá-lo arrumado.”

Tras el "batacazo" ante Alemania, hinchas japoneses se quedaron a limpiar el estadio https://t.co/2JLP7R4gg0

Imágenes: Andrés Ponce pic.twitter.com/F21Ycp0mQa

— TN – Todo Noticias (@todonoticias) November 23, 2022

Japanese fans cleaning the stadium after they’ve just shocked the world.

I love the people and i definitely have a soft spot for Japan. pic.twitter.com/sVGnI2UUxc

— Joey H.rbog (@joeyharbog_) November 23, 2022

A recolha de lixo no estádio não é exclusiva das partidas do Japão. Tanto assim é que imagens mostram japoneses a limparem o estádio Al Bayt, no domingo, 20 de novembro, depois do jogo de abertura entre o Qatar e o Equador. “A limpeza e arrumação são como uma religião para nós e no Japão valorizamos isto”, disse Saysuka, outra adepta do Japão, ao mesmo jornal, antes de soar o apito para o jogo contra a Alemanha.

You dont to be a #Muslim to clean your trash behind you

Look a at this amazing behavior from #Japanese fans they are cleaning the studiom behind them even it’s not there match, not the country and not even their own trash

Wow
Salute #Japan ???? ???????? #qatar #qat #QatarWorldCup pic.twitter.com/sUd1Tmj1Yf

— محمد الجفيري (@maljefairi) November 21, 2022

“Olhem para este maravilhoso comportamento dos fãs japoneses que estão a limpar o estádio, apesar de o jogo não ter sido com eles, do seu país e de o lixo nem ser deles”, escreveu um utilizador numa publicação do Twitter, acompanhada por um vídeo.

No domingo, 27 de novembro, às 10h30, os Samurais Azuis jogam contra a Costa Rica.

NewsItem [
pubDate=2022-11-24 14:00:02.0
, url=https://observador.pt/2022/11/24/depois-do-jogos-adeptos-japoneses-ficam-para-tras-para-recolher-lixo-dos-estadios/
, host=observador.pt
, wordCount=504
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_11_24_432295116_depois-do-jogos-adeptos-japoneses-ficam-para-tras-para-recolher-lixo-dos-estadios
, topics=[mundial 2022]
, sections=[]
, score=0.000000]