Apesar de os juros estarem a subir há sete meses consecutivos e estarem já acima dos 2%, o seu impacto acaba por estar mais concentrado nas famílias com financiamentos mais recentes, que por força do mercado acabaram por adquirir casa a preços mais elevados aproveitando a boleia do baixo custo do crédito.