observador.ptobservador.pt - 23 set. 23:19

Prova dos 25 km de águas abertas deixa programa dos Mundiais de natação

Prova dos 25 km de águas abertas deixa programa dos Mundiais de natação

A FINA diz que "não conseguiu ignorar o baixo número de participantes neste evento nos dois últimos Mundiais, bem como os custos que isso acarreta para os comités organizadores locais".

A prova de 25 km de águas abertas vai deixar o programa dos Mundiais de natação, já na edição de 2023, em Fukuoka, no Japão, anunciou esta sexta-feira a Federação Internacional de Natação (FINA).

A FINA assume que “a decisão não fácil”, mas que “não conseguiu ignorar o baixo número de participantes neste evento nos dois últimos Mundiais, bem como os custos que isso acarreta para os comités organizadores locais”.

Nos Mundiais de Budapeste, 40 nadadores (25 homens e 15 mulheres) disputaram as provas de 25km.

A natação de águas abertas continua a progredir e a FINA vai continuar a explorar novas oportunidades para a prova de 25 km. De facto, a FINA está a trabalhar atualmente num novo conceito para as provas longas em águas abertas”, refere o organismo.

NewsItem [
pubDate=2022-09-23 22:19:43.0
, url=https://observador.pt/2022/09/23/prova-dos-25-km-de-aguas-abertas-deixa-programa-dos-mundiais-de-natacao/
, host=observador.pt
, wordCount=128
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_09_23_2099084606_prova-dos-25-km-de-aguas-abertas-deixa-programa-dos-mundiais-de-natacao
, topics=[natação]
, sections=[]
, score=0.000000]