rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 6 ago. 01:24

Presidente da ERSE afasta aumentos significativos da eletricidade

Presidente da ERSE afasta aumentos significativos da eletricidade

Em entrevista ao Jornal 2, da RTP, Paulo Verdelho constatou que Portugal está entre os países europeus com preços de energia mais baixos, até do que a própria Espanha.

O presidente da Entidade Reguladora do Setor Energético afasta a possibilidade do preço da eletricidade poder vir a sofrer um aumento significativo, por via do mecanismo ibérico.

Em entrevista esta sexta-feira à noite no Jornal 2, da RTP, Paulo Verdelho sublinho, aliás, que Portugal está entre os países europeus com preços de energia mais baixos, até do que a própria Espanha.

Paulo Verdelho garante que os custos do aumento da energia "não podem ser refletidos nas faturas dos consumidores”, em particular os 70% que preços fixos contratualizados.

No caso dos 30% que estão no mercado livre, o presidente da ERSE garante que nem esses sofrerão aumentos significativos, por serem os mais beneficiados pelo travão ibérico.

Sobre o despacho polémico do primeiro-ministro, dando ordem de fiscalização às faturas emitidas pela Endesa, o responsável pelo regulador energético limitou-se a responder que se trata de um despacho “que visa verificar as faturas da administração pública”.

NewsItem [
pubDate=2022-08-06 00:24:12.0
, url=https://rr.sapo.pt/noticia/economia/2022/08/06/presidente-da-erse-afasta-aumentos-significativos-da-eletricidade/294962/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=148
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_06_885784398_presidente-da-erse-afasta-aumentos-significativos-da-eletricidade
, topics=[informação, economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]