jornaleconomico.ptjornaleconomico.pt - 6 ago. 16:00

FdR espera relatório da Grant Thornton sobre 209 milhões pedidos

FdR espera relatório da Grant Thornton sobre 209 milhões pedidos

A disputa sobre a chamada de capital ao Fundo de Resolução feita pelo Novobanco por conta do exercício de 2021 vai acabar no Tribunal Arbitral.

O Fundo de Resolução (FdR) está a aguardar o relatório do novo agente de verificação, a Grant Thornton (que substituiu a Oliver Wyman), para recusar o pedido de 209,2 milhões de euros feito pelo Novobanco, relativo ao exercício de 2021. A questão é importante porque só a partir da receção desse relatório (e da mais do que provável, e anunciada, recusa do FdR)é que o Novobanco pode levar mais esta discórdia para o Tribunal Arbitral.

Mark Bourke – o novo CEO, mas que ainda aguarda a luz verde do supervisor para a função – revelou esta semana que a última chamada de capital de 209,2 milhões, feita pelo Novobanco ao abrigo do Mecanismo de Capital Contingente (CCA) deverá seguir para Tribunal Arbitral, somando-se a outros valores em disputa. “Provavelmente seguirão o mesmo caminho [Tribunal Arbitral]”, disse Bourke.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

NewsItem [
pubDate=2022-08-06 15:00:00.0
, url=https://jornaleconomico.pt/noticias/fdr-espera-relatorio-da-grant-thornton-sobre-209-milhoes-pedidos-924137
, host=jornaleconomico.pt
, wordCount=149
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_06_878023316_fdr-espera-relatorio-da-grant-thornton-sobre-209-milhoes-pedidos
, topics=[banca e seguros, empresas, economia, je leitor]
, sections=[economia]
, score=0.000000]