www.dn.ptdn.pt - 6 ago. 23:34

FC Porto sem contemplações verga ousadia do Marítimo a abrir I Liga

FC Porto sem contemplações verga ousadia do Marítimo a abrir I Liga

Campeão nacional estreia-se na nova temporada com uma vitória por 5-1

O campeão nacional FC Porto revelou este sábado uma impiedosa pressão alta para castigar diversas saídas de bola infrutíferas do Marítimo junto à sua área, estreando-se com uma goleada, por 5-1, na edição 2022/23 da I Liga de futebol.

No Estádio do Dragão, no Porto, os 'azuis e brancos' começaram a luta por um inaudito 'bi' na 'era' Sérgio Conceição com golos do iraniano Mehdi Taremi, aos 12 e 42 minutos, do brasileiro Evanilson, aos 40, e dos espanhóis Iván Marcano, aos 68, e Toni Martínez, aos 76, numa partida fechada com o único tento madeirense, de Cláudio Winck, aos 88.

Jorge Nuno Pinto da Costa alcançou a marca histórica dos 2000 encontros em todas as provas desde que foi empossado pela primeira vez como 33.º presidente da história dos 'dragões', em 23 de abril de 1982, contando agora 1358 vitórias, 361 empates e 281 derrotas, que levaram à conquista de 67 títulos - sete internacionais e 60 a nível interno.

O FC Porto juntou-se ao quarteto de líderes do campeonato formado por Benfica, Estoril Praia e Vizela, uma semana depois da 23.ª conquista da Supertaça Cândido de Oliveira, enquanto o Marítimo segue com Arouca, Famalicão e Rio Ave no fundo da classificação.

Marko Grujic e Evanilson tinham treinado condicionados ao longo da semana, mas foram titulares no FC Porto, que repetiu o 'onze' da decisão do primeiro troféu da época, com exceção da baliza, onde Diogo Costa substituiu Marchesín, que rumou ao Celta de Vigo.

Sérgio Conceição voltou a colmatar a ausência de Otávio com um meio-campo disposto em losango, onde Danny Loader surgia no vértice mais ofensivo, mas até viu o FC Porto sofrer com o atrevimento madrugador do Marítimo, que também começou sem reforços.

Um 'tiro' de Xadas a resvalar na trave, aos três minutos, e uma 'mancha' em esforço de Diogo Costa ante Joel Tagueu, corrigindo um atraso defeituoso de Marcano, aos nove, expressaram a audácia dos pupilos de Vasco Seabra, que facilitaram fatalmente aos 12.

Cláudio Winck deixou-se surpreender por Zaidu e o esférico sobrou para Evanilson, que lançou Mehdi Taremi na direita para um remate eficaz à saída do guarda-redes Miguel Silva, eternizado como o 5.555.º golo dos 'dragões' no início da 89.ª presença na I Liga.

Taremi, aos 18, e Loader, aos 20, ameaçaram novos festejos, que quase aconteciam no minuto seguinte, não fosse o videoárbitro anular um tento de Evanilson por fora de jogo, antes de Diogo Costa suplantar novo duelo com Tagueu, aos 32, após centro de Xadas.

Essa defesa segurou em definitivo o FC Porto, que alargou a vantagem em dose dupla a caminho do intervalo, desde logo aos 40 minutos, quando Matheus Uribe descobriu a longa distância João Mário, que cruzou na direita para a emenda na área de Evanilson.

Dois minutos depois, o Marítimo voltou a pagar caro um erro na saída de bola, desta vez por Stefano Beltrame, e sofreu face à notória frieza dos 'dragões', com Mehdi Taremi a 'bisar' na recarga a uma primeira tentativa de Danny Loader defendida por Miguel Silva.

A segunda etapa decorreu em bases similares, tendo Evanilson atirado ao lado, aos 47 minutos, e Taremi testado Miguel Silva, aos 53, investidas replicadas pelos insulares aos 66, com o 'tiro' de Miguel Sousa a sair perto do poste esquerdo baliza de Diogo Costa.

Ao atrevimento do conjunto de Vasco Seabra, que estreou Jesús Ramírez, Lucho Vega e Pablo Moreno na meia hora final, os campeões nacionais elevaram a diferença com um cabeceamento de Marcano, nascido num remate bloqueado de Galeno, aos 68 minutos

Toni Martínez 'saltou' do banco para também corresponder de cabeça a nova assistência de João Mário na direita e, oito minutos depois, tendo cabido a Winck, já com o reforço portista Gabriel Veron em campo, fixar o 5-1 com algum oportunismo à mistura, aos 88.

Se o Marítimo perdeu pela quarta temporada consecutiva na abertura do campeonato, o FC Porto triunfou pela terceira vez e mantém uma série invicta de 33 receções na prova, iniciada justamente desde a derrota face aos madeirenses (2-3), em outubro de 2020.

NewsItem [
pubDate=2022-08-06 22:34:00.0
, url=https://www.dn.pt/desporto/fc-porto-inicia-defesa-do-titulo-com-goleada-sobre-o-maritimo-15076138.html
, host=www.dn.pt
, wordCount=664
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_06_1180013355_fc-porto-sem-contemplacoes-verga-ousadia-do-maritimo-a-abrir-i-liga
, topics=[primeira liga, fc porto, marítimo, desporto]
, sections=[desporto]
, score=0.000000]