observador.ptobservador.pt - 6 ago. 00:43

"Como é que vim aqui parar? É tudo mentira." A história da norte-americana detida na Rússia com Brittney Griner

"Como é que vim aqui parar? É tudo mentira." A história da norte-americana detida na Rússia com Brittney Griner

Sarah Krivanek encontra-se na mesma prisão da basquetebolista Brittney Griner, na Rússia. A professora norte-americana foi detida em dezembro enquanto tentava deixar Moscovo.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Quando Yekaterina Kalugina, ativista russa defensora dos direitos humanos, se dirigiu a uma prisão perto de Moscovo para falar com a basquetebolista Brittney Griner não esperava encontrar-se com outra norte-americana detida na Rússia.

Basquetebolista Brittney Griner condenada a nove anos de prisão por tráfico de droga com intenção criminal

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.

NewsItem [
pubDate=2022-08-05 23:43:41.0
, url=https://observador.pt/2022/08/06/como-e-que-vim-aqui-parar-e-tudo-mentira-a-historia-da-norte-americana-detida-na-russia-com-brittney-griner/
, host=observador.pt
, wordCount=102
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_05_334979411_-como-e-que-vim-aqui-parar-e-tudo-mentira-a-historia-da-norte-americana-detida-na-russia-com-brittney-griner
, topics=[rússia, guerra na ucrânia, estados unidos da américa, ucrânia]
, sections=[]
, score=0.000000]