pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 5 ago. 22:00

Stray: o jogo para humanos que é um sucesso entre os gatos

Stray: o jogo para humanos que é um sucesso entre os gatos

Foi pelo ecrã dos jogadores de Stray, que os seus gatos ficaram rendidos ao videojogo, e os vídeos estão a circular pela Internet.

Se os miúdos e graúdos já foram conquistados pela tecnologia, não se sabia que esse interesse também tinha chegado ao mundo animal. Foi pelo ecrã dos jogadores de Stray, que os seus gatos ficaram rendidos ao videojogo.

Afinal, os criadores tiveram a ajuda dos seus felinos no seu desenvolvimento.

No final do mês de junho, falamos-lhe do Stray, um jogo desenvolvido pelos franceses BlueTwelve Studios que esteve em desenvolvimento durante mais de dois anos. Conforme explicamos, em Stray, “os jogadores têm de controlar um gato nas ruas de uma grande cidade numa perspetiva de terceira pessoa”.

Num local cheio de armadilhas e perigos, o gato vadio tem de recorrer a todas as suas habilidades para “desvendar um mistério antigo”, por forma a “conseguir fugir duma cidade futurista, habitada por robots”. Este conceito está a conquistar os jogadores, mas não só.

Gatos de olhos colados ao ecrã

Segundo o The Guardian, quando um videojogo coloca o utilizador a jogar na perspetiva de um animal, este é, regra geral, um desenho animado e raramente se comporta como um verdadeiro animal. Por ser diferente daquilo que é habitual no mundo dos videojogos, os críticos e os próprios utilizadores têm tecido críticas muito positivas ao Stray.

No entanto, caso não seja isso suficiente, os gatos dos jogadores também já aprovaram o videojogo. Segundo o The Guardian, têm sido publicadas fotografias e vídeos que dão conta de felinos (acredita-se) “fascinados com o movimento surpreendentemente realista do gato virtual e das suas onomatopeias”.

Trabalhar durante tanto tempo num jogo, perde-se realmente a perspetiva, pelo que ver as pessoas a publicar as suas reações, e mais importante ainda as reações dos gatos, depois de jogar o jogo esta semana tem sido uma experiência muito gratificante e surreal para toda a equipa.

Partilhou Swann Martin-Rage, produtor na empresa que desenvolveu o jogo BlueTwelve Studio, sediada em Montpellier, França.

Playing #Stray @CatsWatchStray 🐱 pic.twitter.com/7dvIwzxfAe

— Jhonny Ventiades (@JhonnyVentiades) July 25, 2022

(Talvez não) Surpreendentemente, para desenvolver o jogo, a equipa inspirou-se nos seus próprios gatos.

Ele foi encontrado nas ruas de Montpellier e está aqui desde o início do projeto. Ele esteve sempre debaixo dos nossos olhos e tem sido uma fonte constante de inspiração e apoio à sua maneira particular. Embora o protagonista não seja uma cópia a papel químico, Murtaugh parece contente com o resultado.

Explicou Martin-Rage, apresentando a principal inspiração para o visual do herói do jogo, o gato Murtaugh. Além disso, a equipa conta com duas “adições muito ativas”: o gato Jun, que pertence a Clara, a artista da equipa, e o Oscar, o felino do membro Miko.

Esperamos que os gatos gostem de Stray tanto como os seus donos. Vi algumas mensagens em que as pessoas diziam que depois de terminarem o jogo, só queriam abraçar os seus gatos, e realmente essa é a melhor reação que poderíamos ter esperado.

Concluiu Swann.

NewsItem [
pubDate=2022-08-05 21:00:12.0
, url=https://pplware.sapo.pt/internet/stray-o-jogo-para-humanos-que-e-um-sucesso-entre-os-gatos/
, host=pplware.sapo.pt
, wordCount=465
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_05_1347379453_stray-o-jogo-para-humanos-que-e-um-sucesso-entre-os-gatos
, topics=[tecnologia, stray, videojogo, gatos, internet]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]