jornaleconomico.ptjornaleconomico.pt - 5 ago. 19:32

Representante da China Three Gorges abandona Conselho Geral e de Supervisão da EDP

Representante da China Three Gorges abandona Conselho Geral e de Supervisão da EDP

A EDP - Energias de Portugal não avançou com o motivo para a administradora representante do seu maior acionista abandonar o cargo.

A EDP anunciou ao mercado que “na presente data”, a representante da China Three Gorges Brasil Energia no Conselho Geral e de Supervisão (equivalente ao Conselho de Administração no modelo monista), a “senhora Li Li, apresentou a sua renúncia ao cargo”.

A EDP – Energias de Portugal não avançou com o motivo para a administradora representante do seu maior acionista abandonar o cargo.

O Conselho Geral e de Supervisão (porque a EDP tem o Modelo Dualista de governance) é composto por 16 membros, na sua maioria independentes, sendo que o mandato atual (2021-2023) tem uma duração de três anos.

A China Three Gorges Corporation tem 21,08% da EDP, que por sua vez tem os direitos de voto limitados a 25%.

NewsItem [
pubDate=2022-08-05 18:32:55.0
, url=https://jornaleconomico.pt/noticias/representante-da-china-three-gorges-abandona-conselho-geral-e-de-supervisao-da-edp-924253
, host=jornaleconomico.pt
, wordCount=117
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_08_05_1179033961_representante-da-china-three-gorges-abandona-conselho-geral-e-de-supervisao-da-edp
, topics=[empresas, economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]