www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 5 jul. 12:30

Investimento das famílias na zona euro atinge 10,2% no 1.º trimestre, máximo desde 2009

Investimento das famílias na zona euro atinge 10,2% no 1.º trimestre, máximo desde 2009

Já a taxa de poupança das famílias fixou-se nos 15,0%, abaixo da de 21,6% homóloga.

A taxa de investimento das famílias na zona euro atingiu, no primeiro trimestre, os 10,2%, o valor mais alto registado desde o mesmo período de 2009, segundo dados divulgados pelo Eurostat esta terça-feira.

Segundo o serviço estatístico europeu, a taxa de investimento das famílias entre janeiro e março compara-se com a de 9,3% do período homólogo de 2021 e os 9,8% do trimestre anterior.

Já a taxa de poupança das famílias fixou-se nos 15,0%, abaixo da de 21,6% homóloga, mas superior à de 14,1% do trimestre precedente.

Por outro lado, a margem de lucro das empresas não financeiras da zona euro, que o Eurostat divulga no mesmo boletim, recuou para os 39,2%, face aos 41,4% homólogos e aos 40,8% registados entre outubro e dezembro de 2021.

Já a taxa de investimento das empresas foi de 24,2%, estável na variação homóloga, mas acima dos 23,8% do último trimestre de 2021.

NewsItem [
pubDate=2022-07-05 11:30:00.0
, url=https://www.dinheirovivo.pt/economia/investimento-das-familias-na-zona-euro-atinge-102-no-1-trimestre-maximo-desde-2009-14993897.html
, host=www.dinheirovivo.pt
, wordCount=145
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_07_05_964574904_investimento-das-familias-na-zona-euro-atinge-10-2-no-1-trimestre-maximo-desde-2009
, topics=[economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]