pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 5 jul. 14:00

Huawei já tem as suas próprias AirTags e já estão em funcionamento

Huawei já tem as suas próprias AirTags e já estão em funcionamento

Depois da Samsung, da OPPO, da Apple e de outras empresas, agora a Huawei também lançou na China o Huawei Tag como concorrente aos AirTags.

O mercado das etiquetas localizadoras está fértil e há cada vez mais marcas a ter o seu próprio sistema. A Tile, há uns anos, desenhou uma plataforma muito interessante, mas que dependia de sistemas de terceiros para a sua app funcionar. Outras marcas tinham o mesmo problema. Contudo, a Apple, com os AirTags, resolveu esse assunto ao colocar os seus localizadores dentro da Rede Encontrar e agigantou este mercado. A Huawei também quer o seu quinhão de utilizadores.

Depois da Samsung, da OPPO e de outras marcas, a Huawei lançou agora na China o Huawei Tag. No mercado asiático o valor anunciado foi de 99 yuan, cerca de 14 euros. Mas será que vai chegar a Portugal?

Para que serve uma Huawei Tag?

Apesar de haver alguma contestação a este tipo de dispositivos, originalmente pensados para seguir e localizar objetos, a verdade é que estão cada vez mais na moda. A Apple, com o seu sistema nativo e com milhões de iPhones prontos a detetar AirTags, deu um novo ímpeto ao mercado dos localizadores.

Como tal, a Huawei, que tem igualmente um mercado gigante, quer também ter o seu próprio localizador. Assim nasceu agora o Huawei Tag que já tinha surgido em rumores há alguns meses.

Este dispositivo vai posicionar-se no nicho de mercado onde gravitam os Apple AirTags, Samsung SmartTag e na linha Tile. Há mais, mas estes são seguramente os mais conhecidos do público. Na verdade, em comparação com os seus rivais, é um produto muito diferente - e isso também justifica o preço mais baixo - já que não possui GPS integrado e usa Bluetooth para localização.

Portanto, considerando que a marca chinesa luta com outras armas no segmento dos smartphones, inclusive com o seu próprio sistema operativo, a eficácia de tal solução fora da China ainda precisa ser demonstrada.

Características

O Huawei Tag foi apresentado como um dispositivo para monitorizar objetos e não só. Isto porque a publicidade ao produto também contempla a localização de animais de estimação.

Como pontos de destaque, para além do baixo preço e das suas diminutas dimensões, este dispositivo pesa apenas 6 gramas, com 5,6 mm de espessura.

O dispositivo tem certificação IP67 contra água e poeira e conta com uma bateria que promete autonomia até um ano.

O dispositivo suporta a tecnologia de pesquisa de proximidade, com um emissor de som de alarme até 92 decibéis e uma janela pop-up, mostrada para lembrar rapidamente o utilizador, de que deixou algum dispositivo esquecido em determinado local.

Na apresentação do produto foi ainda indicado que o Huawei Tag também suporta a pesquisa de objetos a longa distância e deteção de localização remota graças à rede “Find” da Huawei.

A etiqueta depende do smartphone Huawei ligado para obter a localização correta.

Huawei garante a privacidade

No que diz respeito a possíveis preocupações de privacidade, a Huawei Tag reporta informações de localização de forma encriptada para garantir o anonimato do utilizador. Esta característica de proteção vai na linha de vários outros sistemas similares que já estão em funcionamento no mercado.

Tal como outras soluções concorrentes, a Huawei Tag também pode ser emparelhada num porta-chaves e até traz "acessório" como venda opcional. Conforme anteriormente referimos, informações sobre preços e disponibilidade, apenas são conhecidos neste momento os preços para a China, e não foi feita qualquer menção a uma possível comercialização noutros mercados.

A Huawei Tag estará disponível para compra interna a partir de 30 de julho e terá um preço de lista de CNY 99 (cerca de 14 euros às taxas de câmbio atuais) para uma única compra e CNY 299 (cerca de 43 euros às taxas de câmbio atuais) para um pacote de 4 etiquetas.

O porta-chaves em pele custa CNY 69 (cerca de 10 euros às taxas de câmbio atuais).

Será um AirTag killer? Não será fácil, mas o que não faltam são smartphones Huawei espalhados pelo mundo.

NewsItem [
pubDate=2022-07-05 13:00:54.0
, url=https://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/huawei-ja-tem-as-suas-proprias-airtags-e-ja-estao-em-funcionamento/
, host=pplware.sapo.pt
, wordCount=635
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_07_05_436228666_huawei-ja-tem-as-suas-proprias-airtags-e-ja-estao-em-funcionamento
, topics=[huawei, tecnologia, huawei tag, airtags, o mundo é mobile, tile, mobile]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]