observador.ptobservador.pt - 24 jun. 01:09

Procuradora-geral da Ucrânia: entre 200 e 300 crimes por dia cometidos pelas tropas russas

Procuradora-geral da Ucrânia: entre 200 e 300 crimes por dia cometidos pelas tropas russas

Procuradora-geral diz que duas pessoas foram identificadas como suspeitas de genocídio. Além disso, foram registados 12 casos de ecocídio cometidos durante a invasão à Ucrânia.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A procuradora-geral da Ucrânia, Iryna Venediktova, garantiu, esta quinta-feira, que todos os dias são cometidos entre 200 e 300 crimes pelas tropas russas.

A maioria das acusações, segundo a mesma responsável, estão relacionadas com crimes de guerra, agressões e genocídio – há mesmo duas pessoas identificadas como suspeitas deste último crime.

Iryna Venediktova, segundo o Ukrinform, assumiu as dificuldades na investigação de tantos casos como um problema que dificulta o trabalho da justiça. “Muitas vezes não temos acesso aos territórios ou às pessoas. Contudo, isto não significa que não devemos começar uma investigação, iremos sempre faz��-lo”, garantiu.

Além disso, foram registados 12 casos de ecocídio cometidos durante a invasão à Ucrânia, como a “chegada dos invasores à central nuclear de Chernobyl e outras centrais nucleares”, detalhou a procuradora-geral ucraniana.

NewsItem [
pubDate=2022-06-24 00:09:30.0
, url=https://observador.pt/2022/06/24/procuradora-geral-da-ucrania-entre-200-e-300-crimes-por-dia-cometidos-pelas-tropas-russas/
, host=observador.pt
, wordCount=141
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_06_24_151299524_procuradora-geral-da-ucrania-entre-200-e-300-crimes-por-dia-cometidos-pelas-tropas-russas
, topics=[rússia, justiça, guerra na ucrânia, mundo, guerra, crime, ucrânia]
, sections=[sociedade, actualidade]
, score=0.000000]