www.publico.ptpublico.pt - 24 jun. 11:58

Luzes exteriores: o que escolher para este Verão

Luzes exteriores: o que escolher para este Verão

Não basta um foco de luz e já está, os especialistas defendem que se deve aproveitar ao máximo o espaço ao ar livre — seja uma varanda de apartamento ou um quintal amplo com piscina e caramanchão.

Nenhum espaço ao ar livre — mesmo com móveis de qualidade, um belo jardim ou uma churrasqueira com forno de pão — está pronto para um evento nocturno sem iluminação. “Quando entramos num óptimo restaurante ou num casamento de Verão e nos perguntamos por que parece mágico, a razão é uma só, a iluminação”, afirma Hillary Stamm, fundadora da HMS Interiors, na Califórnia.

E não basta um foco de luz e já está, os especialistas defendem que se deve aproveitar ao máximo o espaço ao ar livre — seja uma varanda de apartamento ou um quintal amplo com piscina e caramanchão —, e colocar várias fontes de luz. Hillary Stamm propõe “duas a três fontes de luz, como luzes externas, velas ou candeeiros de parede”.

Jason Jorgensen, proprietário da Third Spring Landscape Design, em Seattle, sugere que se pense a iluminação por zonas. Por exemplo, se o objectivo é ler num deck coberto, a pessoa pode optar por um candeeiro de mesa LED. Mas, por outro lado, “se for para jantar ao ar livre, a iluminação baixa e aconchegante funciona bem”, por exemplo, velas e grinaldas de luzes.

E nada como aproveitar a tecnologia mais recente. Colocar luzes em temporizadores compatíveis com Wi-fi, por exemplo, economizará energia, propõe a designer de jardins Stephanie Bartron, de Los Angeles. Os especialistas incentivam os proprietários a usar a luz apenas quando necessária, em áreas específicas, de maneira a minimizar a poluição luminosa.

Algumas recomendações:

Luzes de mesa

Hillary Stamm sugere velas que podem ser postas em lanternas de vidro, de corda ou de bambu, bem como colocadas em castiçais (se a noite estiver amena e sem vento). A decoradora sugere que sejam organizadas em grupos ou em camadas (se as velas forem de tamanhos diferentes), de maneira a comporem o visual da mesa. Podem ainda ser acrescentadas velas que funcionam a pilhas.

Foto Lanterna de exterior para ser usada com uma vela Target

Jason Jorgensen gosta de usar candeeiros de mesa recarregáveis, como o Poldina Pro ou o Balad. Ambos existem em diversas cores e se o primeiro só pode ficar em cima de uma superfície (seja mesa principal ou de apoio), o segundo também pode ser pendurado num suporte que se compra à parte, fazendo com que a luz venha de cima e dando mais espaço na mesa para os pratos, travessas e saladeiras.

O candeeiro Poldina Pro tem uma lâmpada LED e a bateria dura até nove horas DR Candeeiro Balad que existem em várias cores e tamanhos DR Fotogaleria DR Luzes de festa

As luzes de corda ou em grinalda são baratas e resistentes às intempéries, tornando-se uma óptima opção mesmo em locais ventosos, assim estejam bem colocadas. Use arame e braçadeiras para pendurá-las. “Eu não as suspenderia num espaço sem um cabo de apoio”, recomenda Jason Jorgensen. As luzes de grinalda também podem ser postas ao longo de uma cerca, da protecção de uma varanda, bem como presas na fachada da casa.

Hillary Stamm gosta de pendurar mais do que um conjunto de luzes. Já Stephanie Bartron propõe que se usem luzes coloridas cuja luminosidade possa ser controlada através de uma aplicação no smartphone, a sua proposta é a Atomi. “Adoro poder ajustar a cor, o balanço de branco e o brilho”, explica. “Há também uma opção que permite agendar o horário em que as luzes estão ligadas e um simples botão de ligar/desligar.”

Foto As chamadas luzes de cordel que precisam de estar ligadas a uma tomada Pottery Barn Pontos de luz

Muitas vezes, no exterior, existem tomadas ou são deixados pontos de luz, por isso, os candeeiros de mesa ou de pé, bem como os de parede, devem ser comprados na perspectiva de que têm de durar e sobreviver às intempéries — seja a chuva, o vento ou a salinidade do mar. Quando se trata de luzes mais permanentes, Hillary Stam aconselha a comprar o melhor candeeiro. É mais caro, mas durará mais tempo.

Exclusivo PÚBLICO/The Washington Post
Tradução e adaptação: Bárbara Wong

NewsItem [
pubDate=2022-06-24 10:58:27.0
, url=https://www.publico.pt/2022/06/24/impar/noticia/luzes-exteriores-escolher-verao-2011168
, host=www.publico.pt
, wordCount=656
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_06_24_1311188110_luzes-exteriores-o-que-escolher-para-este-verao
, topics=[casa]
, sections=[]
, score=0.000000]