jornaleconomico.ptjornaleconomico.pt - 23 jun. 10:44

Juros da dívida caem a dois, a cinco e a dez anos

Juros da dívida caem a dois, a cinco e a dez anos

Neste prazo, os juros terminaram em terreno negativo nas sessões de 08, 11 e 15 de janeiro de 2020 e atingiram o atual mínimo de sempre, de -0,059%, em 15 de dezembro de 2020.

Às 08:30 em Lisboa, os juros a dez anos recuavam, para 2,588%, contra 2,665% na quarta-feira e 3,100% em 14 de junho, um máximo desde agosto de 2017.

No mesmo sentido, os juros a dois anos recuavam, para 1,247%, contra 1,286% na quarta-feira e 1,610% em 14 de junho, um máximo desde abril de 2014, e o mínimo de sempre, de -0,814%, em 29 de novembro de 2021.

Os juros a cinco anos também desciam, para 1,916%, contra 2,004% na quarta-feira e 2,475% em 14 de junho, um máximo desde abril de 2017, depois de terem recuado para o atual mínimo de sempre, de -0,506%, em 15 de dezembro de 2020.

Os juros da Grécia subiam a dois e 10 anos e desciam a cinco anos.

NewsItem [
pubDate=2022-06-23 09:44:20.0
, url=https://jornaleconomico.pt/noticias/juros-da-divida-caem-a-dois-a-cinco-e-a-dez-anos-908299
, host=jornaleconomico.pt
, wordCount=123
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_06_23_658214996_juros-da-divida-caem-a-dois-a-cinco-e-a-dez-anos
, topics=[economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]