www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 15 mai. 12:00

Metade dos pais com filhos veem contas subir mais depressa que rendimentos

Metade dos pais com filhos veem contas subir mais depressa que rendimentos

Estudo da Intrum mostra que famílias estão a ser pressionadas pelo aumento de preços.

A inflação está a colocar pressão nas famílias com filhos que veem os seus gastos crescerem mais do que os rendimentos. A conclusão é de um estudo da Intrum que assinala o Dia Internacional da Família.

Segundo o inquérito, "54% dos pais portugueses revelam que as suas contas estão a aumentar mais  rápido que os seus rendimentos", lê-se no Intrum European Consumer Payment Report que analisou a forma como as famílias estão a fazer esforços para se prepararem para um futuro financeiro mais forte.

O documento mostra também que 65% dos pais inquiridos afirmou que a preocupação com o aumento das despesas está a ter um efeito negativo no seu bem-estar geral – uma percentagem superior do que a verificada nos agregados familiares sem filhos (59%).

"Os pais inquiridos (54%) revelaram que as suas contas estão a aumentar mais rapidamente do que os seus rendimentos e 35% afirma ainda que precisam de pedir condições de pagamento mais alargadas, para manter o equilíbrio financeiro e honrar os seus compromissos. Nos casais sem filhos este valor fica-se pelos 25%", refere a Intrum.

Para contornar as dificuldades traziadas pelo agravamento dos preços, em particular da energia, muitas famílias estarão a recorrer a estratégias usadas durante o confinamento.

"Quase um terço dos pais que estudámos viram a pandemia como uma oportunidade de começar a melhorar as suas finanças para resistir a futuros choques financeiros, como estamos a experienciar neste momento com as consequências da Guerra na Ucrânia", afirma o Diretor-Geral da Intrum Portugal, Luís Salvaterra, citado no comunicado.

A inflação em Portugal foi de 7,2% em Abril de 2022, o valor mais alto dos últimos 29 anos.

NewsItem [
pubDate=2022-05-15 11:00:23.0
, url=https://www.jornaldenegocios.pt/economia/conjuntura/detalhe/metade-dos-pais-com-filhos-vem-contas-subir-mais-depressa-que-rendimentos
, host=www.jornaldenegocios.pt
, wordCount=267
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_05_15_1644484318_metade-dos-pais-com-filhos-veem-contas-subir-mais-depressa-que-rendimentos
, topics=[conjuntura]
, sections=[economia]
, score=0.000000]