desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 15 mai. 09:45

Análise: Sporting teve encanto na hora da despedida e fechou época com goleada

Análise: Sporting teve encanto na hora da despedida e fechou época com goleada

Foi uma noite de despedidas em Alvalade, a da receção ao Santa Clara. Os leões despediram-se do escudo de campeão. Sarabia despediu-se do Sporting, ovacionado e com um golo. E os adeptos despediram-se a aplaudir a equipa, merecidamente.

Os mesmos 85 pontos da época passada. O Sporting recebeu e goleou o Santa Clara por 4-0 na 34ª e última jornada da I Liga 2021/22. Os 'leões' falharam - já se sabia - a revalidação do título, mas acabaram por terminar a temporada exatamente com a mesma pontuação que lhes valeu o título há um ano. Prova de que talvez o título não tenha fugido por demérito seu, mas por mérito do rival FC Porto. E os muitos aplausos que a equipa recebeu após o apito final por parte dos adeptos mostrarão que estes pensarão isso mesmo.

Foi uma noite de despedidas, aquela que se viveu em Alvalade. O Sporting despediu-se do escudo de campeão que ao longo de uma temporada ostentou na camisola. Pablo Sarabia, melhor marcador e melhor jogador dos 'leões' ao longo época, despediu-se do clube que o acolheu, por empréstimo do PSG, e que o terá ajudado a relançar a carreira. E outros jogadores - resta saber quais - terão também disputado o seu derradeiro jogo de leão ao peito.

A noite acabou por ser de festa (e até houve foguetes, lançados fora do estádio, no fim), com os adeptos a não pouparem aplausos à equipa. Começaram por aplaudir Sarabia, simbolicamente ao minuto 17, voltaram a aplaudi-lo quando este foi substituído, e aplaudiram depois toda a equipa, não só pelo triunfo folgado na noite, mas por uma época na qual, apesar de terem falhado aquele que era o objetivo principal, conquistaram a Supertaça, a Taça da Liga e atingiram os oitavos de final da Liga dos Campeões. Aplausos justificados, concordarão os menos exigentes.

Veja as melhores imagens do encontro O jogo: Quatro golos sem resposta no adeus a 2021/22

Os primeiros 40 minutos do encontro até nem davam a entender o resultado que o marcador viria a exibir no final. As oportunidades de golo escasseavam (uma para cada lado, pertencendo a melhor ao Santa Clara) e o momento alto tinha sido o minuto 17, quando todos os adeptos em Alvalade se levantaram para, simbolicamente, durante 60 segundos, aplaudiram Pablo Sarabia, o 'camisola 17' dos leões.

Mas aos 41 minutos o Sporting marcou. Paulo Henrique afastou de cabeça um cruzamento de Pedro Gonçalves na esquerda, a bola sobrou para Bruno Tabata e este rematou de primeira para o fundo da baliza açoriana. O brasileiro termina a época em alta, com um golo em cada uma das últimas três jornadas da I Liga.

Se as oportunidades de golo escassearam na primeira parte, na segunda foram muitas, quase todas para o lado dos anfitriões. Pedro Gonçalves (o melhor marcador da época passada voltou a ficar em branco) desperdiçou a primeira, mas Pedro Porro aproveitou a segunda para, a passe de Nuno Santos, fazer o 2-0.

Pouco depois, o homem da noite, Pablo Sarabia, fez o 3-0, assistido por Pedro Gonçalves, antes de ser substituído e deixar o relvado visivelmente emocionado, debaixo de nova ovação. O Santa Clara estava definitivamente rendido à superioridade dos agora vice-campeões nacionais, que chegaram ao 4-0 no melhor golo da noite, assinado por Marcus Edwards, num excelente remate. O Sporting despedia-se, então, com nota positiva da temporada.

O momento: homenagem merecida à classe de Sarabia

Num jogo com quatro golos, o melhor momento não foi nenhum desses golos. O momento do jogo aconteceu ao minuto 17, quando Alvalade prestou tributo a Pablo Sarabia. O espanhol mostrou, ao longo de toda a época, a classe que lhe é reconhecida, apresentando uma qualidade que não se vê com muita frequência nos relvados da I Liga. Termina a temporada com 22 golos e oito assistências. Sarabia fez bem em vir para o Sporting e o Sporting fez bem em recebê-lo, ainda que sempre consciente de que dificilmente teria capacidade para o manter em Alvalade.

O melhor: Alas do Sporting a alta rotação

Pablo Sarabia foi o homem da noite. Voltou a mostrar classe, foi o alvo das maiores ovações e ainda marcou um golo. Mas para a goleada do Sporting contribuíram, e muito, os seus dois alas: Nuno Santos na esquerda e Pedro Porro na direita.

Os dois estiveram sempre extremamente disponíveis para o jogo, com muitas arrancadas pelos respetivos flancos e mostrando sempre enorme intensidade. Curiosamente, foram eles a construir o segundo golo, que embalou em definitivo o Sporting para uma vitória segura: Nuno Santos assistiu, Pedro Porro marcou.

O pior: Morita esteve discreto naquela que deverá ser, provavelmente, a sua próxima 'casa'

A expetativa era grande por parte dos adeptos do Sporting para verem aquele que deverá ser mais um dos reforços da equipa de Alvalade para a próxima época. Mas, titular no meio campo do Santa Clara, o internacional japonês esteve longe do que mostrou ao longo da temporada. Tentou ser ele a levar a bola para a frente no conjunto açoriano, mas perdeu quase sempre a bola com muita facilidade.

As reações

- Rúben Amorim já pensa na próxima época: "Prometo o mesmo de sempre, lutar por todos os objetivos"

- "Trataram-me como uma família e vou muito agradecido", diz Sarabia

- Mário Silva admite saída do Santa Clara e lamenta recuo da direção na renovação

O resumo
NewsItem [
pubDate=2022-05-15 08:45:00.0
, url=https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/analise-sporting-teve-encanto-na-hora-das-despedidas-e-fechou-epoca-com-goleada
, host=desporto.sapo.pt
, wordCount=847
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_05_15_1559555756_analise-sporting-teve-encanto-na-hora-da-despedida-e-fechou-epoca-com-goleada
, topics=[/futebol/primeira-liga/, desporto, futebol, primeira-liga]
, sections=[desporto]
, score=0.000000]