observador.ptObservador - 15 mai. 00:05

In varietate concordia: há esperança para a Europa

In varietate concordia: há esperança para a Europa

A minha geração não conhece, nem quer, outra realidade. Mais ou menos federalistas, queremos uma Europa próspera e livre. Queremos inovação, desenvolvimento, um mundo interligado e aberto.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

No dia 9 de maio de 1950, Robert Schuman apresentou uma proposta com a base das ideias fundadoras do que hoje conhecemos como União Europeia. Este documento veio a ser conhecido como a Declaração Schuman.

Desde a constituição da Comunidade Europeia do Carvão e do Queremos uma União Europeia forte. Mantê-la saudável, combater os desafios que enfrenta, e lutar por este projeto é uma missão que está nas mãos de todos: dos eleitores, interessando-se e contribuindo; e dos eleitos, ouvindo e agindo.

NewsItem [
pubDate=2022-05-14 23:05:24.0
, url=https://observador.pt/opiniao/in-varietate-concordia-ha-esperanca-para-a-europa/
, host=observador.pt
, wordCount=93
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_05_14_552929905_in-varietate-concordia-ha-esperanca-para-a-europa
, topics=[opinião, união europeia]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]