O BE consumou, este sábado, a expulsão de quatro militantes que apoiaram outros partidos em eleições recentes, bem como a suspensão, por um ano, de um membro que tentou agredir o deputado José Soeiro. A líder, Catarina Martins, confirmou que o partido votará contra o Orçamento do Estado (OE), avisando que a decisão só se alterará se o documento final tiver "o rasgo" de controlar preços e atualizar salários e pensões.