eco.sapo.pteco.sapo.pt - 15 jan. 15:45

Estado belga torna-se 2º maior acionista do grupo Ageas

Estado belga torna-se 2º maior acionista do grupo Ageas

O governo federal da Bélgica adquiriu participação no capital social da Ageas, tornando-se 2º maior acionista individual do grupo segurador internacional.

A Société Fédérale de Participations et d’Investissement de Belgique (SFPI), entidade gestora de participações e investimentos da Bélgica, adquiriu uma participação de 6,3% no capital da Ageas. Saudando a decisão do governo federal belga, como geralmente faz quando os investidores se interessam e manifestam desta forma a sua confiança na atividade, administração e estratégia do grupo, a Ageas divulgou uma nota breve sobre o investimento estatal belga, prometendo para momento oportuno um comunicado mais detalhado sobre o facto, em conformidade com os requisitos regulamentares.

A SFPI gere participações e investimentos das autoridades belgas totalizando montante próximo de 2 mil milhões de euros no final de 2020. Após investimento na Ageas, a parcela do setor financeiro passa a pesar mais de 25% da carteira da agência federal, precedido apenas pela indústria do transporte aéreo.

O grupo Ageas, que na Bélgica opera através das marcas AG Insurance e AG Real Estate, é nº1 no ranking de seguros de Vida e 2º maior em não-Vida, posicionando-se localmente como líder no setor dos seguros.

Com a aposta das autoridades federais belgas no grupo segurador, a SFPI emerge como segunda maior acionista individual da Ageas, logo atrás da Fosun, que detém 10,01%, relegando a BlackRock (5,23%) para a terceira posição. Atrás destes, informação acessível no site da companhia lista Ping An, Schroders Plc e Ageas SA/NV (casa-mãe do grupo) como maiores acionistas do grupo presidido por Bart De Smet.

Note-se que a chinesa Fosun, que em setembro de 2021 superou o limiar de 10% na estrutura acionista da Ageas, controla (através da Longrun Portugal SGPS) cerca de 85% do maior grupo segurador português (marcas Fidelidade, Multicare e OK! teleseguros), além de ser também o acionista de referência no Millennium bcp, com perto de 30% do capital do grupo bancário que, de resto, é parceiro Ageas em Portugal (através da Millenniumbcp Ageas). Acresce ainda que a Fosun International (Fosun), através da Fidelidade, detém o controlo do grupo Luz Saúde SA.

Presente em Portugal desde 2005, o grupo Ageas posiciona-se entre as 3 maiores do mercado nacional de seguros em produção (dados de 2020). Operando diversas marcas, incluindo a Médis e a Ocidental, a companhia desenvolve atividade nos seguros de Vida e não-Vida, pensões e assistência, além de fazer obra social através de uma fundação.

Globalmente, com operações na Europa Continental, Reino Unido, Turquia e países da Ásia, incluindo entre outros China, Índia, Filipinas, Tailândia, Singapura e Malásia, o grupo consolidou receitas em torno de 36 mil milhões de euros em 2020.

NewsItem [
pubDate=2022-01-15 15:45:35.0
, url=https://eco.sapo.pt/2022/01/15/estado-belga-torna-se-2o-maior-acionista-do-grupo-ageas/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=418
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_01_15_1538264210_estado-belga-torna-se-2-maior-acionista-do-grupo-ageas
, topics=[seguradoras]
, sections=[]
, score=0.000000]