www.dn.ptdn.pt - 14 jan. 23:35

Ponte 25 de Abril sobre o Guadiana já foi inaugurada em Badajoz

Ponte 25 de Abril sobre o Guadiana já foi inaugurada em Badajoz

Ponte é assim designada como homenagem a Portugal, mas o nome escolhido não foi consensual, pois coligação de direita preferia o nome de Barbara de Bragança, a princesa portuguesa que viria a ser Rainha de Espanha e que protagonizou a Troca das Princesas que se realizou a 19 de janeiro de 1729.

A nova ponte 25 de Abril sobre o rio Guadiana e o terceiro troço da circular à cidade de Badajoz, denominada Ronda Sul, com um comprimento de quatro quilómetros e cem metros, e foram inaugurados, na manhã desta sexta-feira.

O investimento de 30.7 milhões de euros da Junta da Estremadura com apoios comunitários do FEDER, tem como objetivo melhorar as ligações à cidade de Badajoz e aproximar os vários municípios da margem esquerda do Guadiana, entre os quais Olivença e Villanueva del Fresno.

A circular liga à autoestrada Lisboa-Madrid, na fronteira do Caia, junto à IFEBA, pela avenida Rui Nabeiro que também foi objeto de recuperação e liga à Ponte 25 de Abril, assim designada como homenagem aos vizinhos portugueses, seguindo depois para Olivença.

O nome escolhido pela Junta da Estremadura, governada pelos socialistas espanhóis, não foi consensual, já que a Câmara de Badajoz, onde governa uma coligação de direita entre o PP e o Cyudadanos, preferia o nome de Barbara de Bragança, a princesa portuguesa que viria a ser Rainha de Espanha e que protagonizou a Troca das Princesas que se realizou a 19 de janeiro de 1729.

A troca foi feita a cerca de quatro quilómetros da nova ponte, no Rio Caia, afluente do rio Guadiana, onde se encontra a fronteira entre Elvas (Portugal) e Badajoz (Espanha). A cerimónia de 1729, fez-se literalmente a meio do rio, numa grande ponte-palácio de madeira ricamente decorada construída para a ocasião, com vários pavilhões em ambas as margens do rio.

Esta sexta-feira, o alcaide de Badajoz, Ignácio Gragera, não entrou na polémica e destacou a obra e a sua importância para Badajoz, mas também para Elvas, Campo Maior e Portugal .

"Este é um dia feliz", dizia o alcaide de Badajoz, Ignácio Gragera, sobre a inauguração desta nova infraestrutura que, acima de tudo, "vem mudar a própria cidade e a região, para que as pessoas desfrutem, lhe possam dar uso e, acima de tudo, que possa vir a melhorar a comunicação entre o interior e o exterior da cidade de Badajoz."

O presidente da Junta da Estremadura, Guillermo Fernández Vara, afirmou que "este investimento contribui para "melhorar as acessibilidades de Badajoz, porque é uma cidade grande que se tiver desenvolvimento, pode servir de alavanca para a Estremadura".

O troço III, que será o mais caro por incluir a ponte, custou 30,7 milhões de euros, incluindo a remodelação da avenida Rui Nabeiro. São 4,1 quilómetros que ligam o Caia à estrada de Olivença e foram cofinanciados por fundos europeus.

O responsável pelo projeto de construção da Ronda Sul e da Ponte 25 de Abril, José Luiz Lopez, revela que esta nova infraestrutura, agora inaugurada, tem um comprimento de cerca de quatro quilómetros e a nova ponte uma altura de 11 metros.

A Junta da Extremadura convidou o primeiro-ministro português, António Costa, que devido ao período de campanha eleitoral para as legislativas não pôde comparecer na inauguração em Badajoz.

A população de Badajoz já inaugurou a ponte 25 de abril. Às 11h30 foram retiradas as vedações de construção que encerravam a avenida Rui Nabeiro e os automobilistas puderam inaugurar o primeiro troço da circular e passar a quinta ponte sobre o rio Guadiana, a ponte 25 de abril.

Serviço especial da Rádio ELVAS para o DN

NewsItem [
pubDate=2022-01-14 23:35:00.0
, url=https://www.dn.pt/sociedade/ponte-25-de-abril-sobre-o-guadiana-ja-foi-inaugurada-em-badajoz-14493872.html
, host=www.dn.pt
, wordCount=532
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2022_01_14_2146314123_ponte-25-de-abril-sobre-o-guadiana-ja-foi-inaugurada-em-badajoz
, topics=[espanha, sociedade, 25 de abril, badajoz]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]