tek.sapo.pttek.sapo.pt - 26 nov. 10:27

Próxima edição presencial do Lisboa Games Week está confirmada para novembro de 2022

Próxima edição presencial do Lisboa Games Week está confirmada para novembro de 2022

A Fundação AIP/FIL deu o “pontapé de saída” para o Lisboa Games Week de 2022, com um conjunto de iniciativas e painéis temáticos, prometendo um maior foco na educação em torno da indústria dos videojogos.

Apesar deste ano não se ter realizado a edição presencial do Lisboa Games Week, devido à pandemia de COVID-19, a Fundação AIP/FIL não deixou de marcar a data, sensivelmente na altura em que se deveria estar a decorrer o certame dedicado ao gaming, para revelar os seus planos para o próximo ano. Esta quinta-feira ficou marcado por um dia repleto de atividades e painéis dedicados à indústria dos videojogos, incluindo a apresentação do movimento Digital Valley, finalizando o dia com o anúncio oficial do Lisboa Games Week 2022.

Luis Pinto, responsável pela organização do evento de gaming, realça o valor do evento no desenvolvimento e promoção dos videojogos, das tecnologias, da educação, revelando a data de 17 a 20 de novembro de 2022 para a realização do certame na FIL. Quanto às novidades, a primeira é que os bilhetes já se encontram à venda e, até ao dia 30 de novembro, aproveitando a época do Black Friday, podem ser adquiridos com 50% de desconto.

Digital Valley: Indústria, academia e investidores de mãos dadas no desenvolvimento de videojogos em Portugal Ver artigo

A edição de 2022 tem como objetivo atingir a marca de 80 mil visitantes, número que estava previsto para 2020, mas a pandemia impediu a realização do evento. Em edições anteriores o LGW registou 60 mil visitantes. Para as novas projeções, conta com o processo educativo, esperando cerca de 10 mil alunos adicionais em parcerias com as escolas, num total de 27.000 alunos.

A organização espera ter mais publishers e estúdios de videojogos presente, para que sejam chamariz de atração a ainda mais público para o evento. Tem parcerias importantes já fechados, incluindo a plataforma da SIC ADVANCE, que fornecerá alguns conteúdos. Promete a maior exposição de jogos retro do país, contando com a presença do museu Load ZX Spectrum de Cantanhede. A parceira foi fechada para três anos e no Lisboa Games Week os visitantes vão ter acesso a uma amostra dos muitos conteúdos presentes no museu dedicado ao microcomputador ZX Spectrum.

Veja na galeria algumas imagens da apresentação do Lisboa Games Week 2022:

O Movimento Digital Valley também passa a ser parceiro, inserido no âmbito do serviço educativo. Espera-se ainda espaços dedicados ao cosplay, realidade virtual e eSports.

A Inygon, empresa especializada na organização de eventos e torneios de eSports é um dos parceiros do certame, revelando alguns dos campeonatos que vão ser disputados na Lisboa Games Week, incluindo o Worten Game Ring LPLOL. “O Lisboa Games Week sempre foi o palco para as grandes finais do Liga Portuguesa de League of Legends”, referiu o porta-voz da empresa, revelando que na próxima edição será igualmente realizada a disputa do troféu. Aproveitou para entregar aos White Dragons o troféu da edição deste ano que foi disputada online. A equipa estreante carimbou com ouro a sua primeira participação no campeonato, prometendo levantar a taça novamente no próximo ano. A Inygon tem também o Circuito Tormenta para Valorant e League of Legends, igualmente presente na próxima edição do evento de gaming.

Carlos Mora, que anteriormente esteve a apresentar o movimento Digital Valley, reforçou a presença da instituição no próximo ano. A formação e educação será a essência do movimento, que pretende formar jovens para o sector. Sendo uma das melhores amostras de gaming em Portugal, Carlos Mora diz que faz sentido estar presente, esperando atingir a projeção de crescimento internacional.

José Duarte, da FIL, revelou os planos da estratégia digital do Lisboa Games Week. Dos 63 mil visitantes da última edição, 17 mil eram alunos, contactando cerca de 200 marcas presentes nos 30 metros quadrados do evento. Justifica que os visitantes chegam para ver jogos e as diversas iniciativas de gaming, dos eSports, da cultura popular, assim como o contacto com produtos de videojogos e o serviço educativo, onde são feitas dezenas de formações para centenas de alunos inscritos.

A equipa estudou se fazia sentido uma estratégia digital. Para José Duarte, o website oficial serve bem o propósito de divulgar o evento, mas tem margem para crescer e oferecer conteúdos expandidos de todos os tópicos presenciais referidos anteriormente.

A organização está assim a criar uma nova plataforma dedicada ao LGW, dedicado à comunidade com notícias, reportagens e outros conteúdos de videojogos. Ao mesmo tempo, a plataforma pode servir para “engagement” entre as comunidades e as empresas que apostam no Lisboa Games Week. Por fim, a plataforma pode servir para internacionalizar o evento, assim como divulgar Lisboa. A nova aplicação será lançada no primeiro trimestre de 2022, antecipando o evento em novembro.

NewsItem [
pubDate=2021-11-26 10:27:45.0
, url=https://tek.sapo.pt/extras/artigos/proxima-edicao-presencial-do-lisboa-games-week-esta-confirmada-para-novembro-de-2022
, host=tek.sapo.pt
, wordCount=742
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_26_959529424_proxima-edicao-presencial-do-lisboa-games-week-esta-confirmada-para-novembro-de-2022
, topics=[videojogos, tecnologia, gaming, indústria, eventos, lgw, lisboa games week 2022]
, sections=[ciencia-tecnologia]
, score=0.000000]