ionline.sapo.ptionline.sapo.pt - 26 nov. 12:05

OMS não aconselha restrições a viagens por causa da nova variante da África do Sul

OMS não aconselha restrições a viagens por causa da nova variante da África do Sul

A OMS vai reunir-se esta sexta-feira com um grupo de especialistas para avaliar a gravidade da nova variante e brevemente irá partilhar as suas conclusões.

Depois de a Itália e a Alemanha proibirem a entrada de pessoas vindas da África Austral e após a Comissão Europeia propor a suspensão de voos provindos dessa zona geográfica com destino à União Europeia (UE), a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que essas medidas restritivas são precipitadas e desaconselha-as.

"Neste momento, a implementação de medidas [restritivas] de viagem está a ser desaconselhada", disse o porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, numa conferência de imprensa em Genebra, esta sexta-feira. "A OMS recomenda que os países continuem a aplicar uma abordagem científica e baseada no risco ao implementar medidas para viagem".

A OMS vai reunir-se hoje com um grupo de especialistas para avaliar a gravidade da nova variante e brevemente irá partilhar as suas conclusões, apontou o responsável, frisando, contudo, que ainda demorará algumas semanas para se perceber o impacto da variante.

Já estão em curso investigações para determinar a transmissibilidade e como a nova variante afetará a terapêutica e a eficácia das vacinas, revelou ainda Christian Lindmeier.

NewsItem [
pubDate=2021-11-26 12:05:00.0
, url=https://ionline.sapo.pt/artigo/754172/oms-nao-aconselha-restricoes-a-viagens-por-causa-da-nova-variante-da-africa-do-sul?seccao=Mundo_i
, host=ionline.sapo.pt
, wordCount=164
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_26_821461151_oms-nao-aconselha-restricoes-a-viagens-por-causa-da-nova-variante-da-africa-do-sul
, topics=[áfrica do sul, viagens, oms, variante, covid-19, união europeia, internacional]
, sections=[actualidade]
, score=0.000000]