jornaleconomico.sapo.ptjornaleconomico.sapo.pt - 26 nov. 11:53

PSI-20 segue maré vermelha europeia com tombos do BCP e Galp

PSI-20 segue maré vermelha europeia com tombos do BCP e Galp

Praça lisboeta está agora a cair 1,81%, para 5 459,93 pontos nesta sexta-feira, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

O principal índice bolsista português, PSI 20, encontra-se a meio da sessão desta sexta-feira a descer 1,81%, para 5 459,93 pontos, indo ao encontro das suas congéneres europeias que tombam mais de 2% e 3%.

A fazer cair o PSI 20 estão entre as principais cotadas portuguesas o BCP que desce 3,49%, para 0,14 euros, a Altri  que deprecia 3,74%, para 4,89 euros e a petrolífera Galp que tomba 4,63%, para 8,41 euros.

A negociar com sinal ‘vermelho’ estão também no meio da sessão a EDP que desce 1,65%, para 4,84 euros, a construtora Mota-Engil que cai 3,64%, para 1,24 euros, a Sonae que desvaloriza 2,71%, para 0,95 euros e a Navigator que deprecia 2,79%, para 3,14 euros.

Em terreno positivo está somente a meio da sessão a EDP Renováveis que sobe 0,53%, para 0,12 euros.

“A Black Friday está a ser marcada por quedas expressivas nas cotações nos mercados de ações europeus. As preocupações com a nova variante Covid-19 da África do Sul estão a levar a União Europeia e o Reino Unido a suspenderem os voos vindos daquela geografia e a obrigarem a quarentena obrigatória a cidadãos regressados da região. O sector de viagens & lazer é o mais impactado com estas restrições, tomba quase 6%, com as transportadoras aéreas como IAG, Lufthansa e Ryanair a aterrarem mais de 10%, tal como a Carnival, empresa de cruzeiros. Os receios de que a nova estirpe possa levar à imposição de novos lockdowns e atrasar a recuperação económica é bem visível”, refere o analista de mercados do Millenium investment banking, Ramiro Loureiro.

O alemão DAX desce 2,68%, no Reino Unido, o FTSE 100 cai 2,64%, o francês CAC 40 desvaloriza 3,34%, o holandês AEX deprecia 2,09%. Em Espanha, o IBEX35 tomba 3,75%. Por sua vez, o italiano FTSE MIB cai 3,14%.

“Os preços do petróleo recuam cerca de 6% e castigam o sector energético, porque as restrições significam menos movimentação e, portanto, menos procura”, indica o analista. A cotação do barril de Brent desvaloriza nesta altura 5,58%, com valor de 77,62 dólares, enquanto a cotação do crude WTI desce 6,71%, para 73,42 dólares por barril.

No mercado cambial o euro valoriza 0,74%, para 1,12 dólares.

NewsItem [
pubDate=2021-11-26 11:53:06.0
, url=https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/813563-813563
, host=jornaleconomico.sapo.pt
, wordCount=358
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_26_67908155_psi-20-segue-mare-vermelha-europeia-com-tombos-do-bcp-e-galp
, topics=[economia, mercados]
, sections=[economia]
, score=0.000000]