www.jn.ptjn.pt - 26 nov. 13:00

Comércio de Braga quer faturar 150 milhões no Natal

Comércio de Braga quer faturar 150 milhões no Natal

Município vai investir 250 mil euros em animação e decoração. Marcelo Rebelo de Sousa fez compras no centro.

O comércio tradicional de Braga já começou a recuperar dos danos provocados pela pandemia, com um crescimento de 10% em relação ao ano de 2019, e as perspetivas para o mês de Natal é que sejam faturados 150 milhões de euros, só em transações com cartão multibanco. Os dados foram avançados pelo presidente da Associação Empresarial de Braga (AEB), Domingos Macedo Barbosa, momentos antes do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, chegar à cidade para uma visita que incluiu compras em algumas das casas históricas do centro.

O chefe de Estado começou pelo Mercado de S. João para fazer uma prospeção do preço do bacalhau e seguiu para as Frigideiras do Cantinho para um lanche de final da manhã que incluiu um bolo e um copo de vinho. Entrou, depois, no Armazém dos Terceiros para comprar meias e um pijama e ainda foi avaliar o negócio dos eletrodomésticos na loja de António Costa, na Rua dos Chãos. Pelo caminho, recebeu beijos e abraços, tirou fotos com populares e lojistas e no final ficou "sem palavras para descrever a resiliência do comércio" local.

NewsItem [
pubDate=2021-11-26 13:00:00.0
, url=https://www.jn.pt/local/noticias/braga/braga/comercio-de-braga-quer-faturar-150-milhoes-no-natal-14354663.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=182
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_26_284847879_comercio-de-braga-quer-faturar-150-milhoes-no-natal
, topics=[comércio local, braga, com�rcio local, natal, marcelo rebelo de sousa, concelho braga, local]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]