Marta Temido, a ministra da Saúde recusou ter dito que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) precisa de profissionais de saúde mais resilientes e pediu desculpas se as suas palavras foram mal-entendidas. Público, 26/11/2021