eco.sapo.pteco.sapo.pt - 26 nov. 07:37

EDP diz que Europa tem “um problema” com licenciamento de renováveis, mas Portugal até é “um bom país”

EDP diz que Europa tem “um problema” com licenciamento de renováveis, mas Portugal até é “um bom país”

Existe "um problema" com o licenciamento de renováveis, um processo que é demorado na ótica da EDP. CEO da elétrica reconhece, no entanto, que Portugal "até é considerado um bom país" a esse nível.

O presidente da EDP EDP 1,46% e da EDP Renováveis EDPR 0,18% , Miguel Stilwell d’Andrade, afirmou que a Europa tem um problema com o licenciamento para renováveis e defendeu uma avaliação comparativa (benchmarking) dos diferentes países.

“A Europa como um todo tem um problema com o licenciamento, Portugal até é considerado um bom país”, afirmou o líder da EDP, em declarações aos jornalistas, na Grécia, na quinta-feira, à margem da inauguração do primeiro parque eólico do grupo naquele território.

Segundo o responsável, a EDP tem defendido junto da Comissão Europeia que se faça uma avaliação comparativa dos diferentes países, para que os próprios saibam, por exemplo, qual o tempo médio de licenciamento para renováveis nas diferentes localizações.

Stilwell d’Andrade defendeu que aquela informação ajudaria a perceber onde estão as dificuldades no processo de passar “do papel para a prática”, no que diz respeito a projetos renováveis. “Tendo todos nós o objetivo de cumprir com as metas [de descarbonização] da Europa até 2030 e depois até 2050, era importante perceber onde é que estão os bloqueios que possam impedir o avanço”, acrescentou.

Para o responsável, não basta que sejam as empresas a crescer para dar conta do maior n��mero de projetos, decorrentes da necessidade de acelerar o ritmo de construção, mas é também preciso que as autoridades administrativas, locais e nacionais, se adaptem à exigência.

Questionado sobre a contribuição extraordinária sobre o setor energético (CESE), criada em 2014 e que foi renovada para que continue em vigor no próximo ano, Stilwell d’Andrade lamentou que não seja aplicada uma diminuição daquela taxa, em linha com a redução da dívida do sistema elétrico, tal como previam os últimos orçamentos.

Segundo a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), a dívida do sistema elétrico baixa mais de 1.000 milhões de euros no próximo ano, lembrou o CEO.

“A nossa expectativa era, claramente, que a CESE também baixasse e acho que isso é legítimo. […] Temos de analisar as consequências disso, no ano passado retirámos os litígios que tínhamos em relação à CESE, mas com expectativa de que haveria depois uma redução em linha com as expectativas que nos foram criadas”, admitiu o responsável.

Relativamente à consulta pública para a nova legislação do sistema elétrico, que terminou na quarta-feira e que prevê a inclusão das eólicas no mar (offshore), o líder do grupo EDP garantiu que todas as oportunidades que possam existir em Portugal serão sempre analisadas.

A Lusa viajou para a Grécia a convite da EDP.

NewsItem [
pubDate=2021-11-26 07:37:04.0
, url=https://eco.sapo.pt/2021/11/26/edp-diz-que-europa-tem-um-problema-com-licenciamento-de-renovaveis-mas-portugal-ate-e-um-bom-pais/
, host=eco.sapo.pt
, wordCount=409
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_26_1451269595_edp-diz-que-europa-tem-um-problema-com-licenciamento-de-renovaveis-mas-portugal-ate-e-um-bom-pais
, topics=[energia]
, sections=[]
, score=0.000000]