rr.sapo.ptrr.sapo.pt - 25 nov. 23:40

"Semana de contenção é um bocadinho ingrata", considera infecciologista do Hospital S. João

"Semana de contenção é um bocadinho ingrata", considera infecciologista do Hospital S. João

Margarida Tavares diz que a maioria das medidas propostas pelo Governo "são adequadas", mas a semana de contenção preocupa a especialista. Vacinação de crianças a partir dos cinco anos "é essencial", pensa.

A infecciologista do Hospital S. João Margarida Tavares pensa que a maioria das medidas propostas pelo Governo para travar a quinta vaga da pandemia "são adequadas", mas considera que "a semana de contenção é um bocadinho ingrata".

"Preocupa-me, porque as crianças não vão à escola e isso significa que pelo menos um dos pais terá de ficar com as crianças. É uma medida ingrata e custosa", explica, à .

Por outro lado, a especialista realça que "a intensificação dos testes e o uso de máscara e do certificado" são acertadas, mas teme que a testagem na visita a lares "seja difícil de implementar".

Margarida Tavares aponta que o primeiro-ministro "não esclareceu" que tipos de testes devem ser usados.

"O PCR pode detetar uma positividade de infeções passadas e que já não são contagiosas. É uma questão que vamos debater nos próximos tempos", diz.

A infecciologista do Hospital S. João também vê com bons olhos o reforço da vacinação e defende que "é essencial" avançar com a vacinação das crianças, a partir dos cinco anos.

"É a faixa etária que está a ter uma maior incidência de infeção e a vacina é segura e eficaz", destaca.

NewsItem [
pubDate=2021-11-25 23:40:00.0
, url=https://rr.sapo.pt/noticia/pais/2021/11/25/semana-de-contencao-e-um-bocadinho-ingrata-considera-infecciologista-do-hospital-s-joao/262169/
, host=rr.sapo.pt
, wordCount=189
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_25_300175712_-semana-de-contencao-e-um-bocadinho-ingrata-considera-infecciologista-do-hospital-s-joao
, topics=[informação, país]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]