sol.sapo.ptAna Roma Torres - 25 nov. 00:00

Onde está a relevância, afinal?

Onde está a relevância, afinal?

Mas a informação não dispensa o entretenimento, que também se revelou fundamental em tempos de pandemia, incrementando o consumo de conteúdos e levando ao crescimento das plataformas de streaming.

Por Ana Roma Torres, Diretora Criativa Havas Sports & Entertainment

Quando olhamos para o consumo de meios, e principalmente com um contexto de pandemia que nos assolou no último ano e meio, são muitas as questões que surgem. 

O que mudou? O que consumimos afinal? Quais os meios que o consumidor considera então mais relevantes?

É neste contexto que surge o estudo Meaningful Media, do grupo Havas, que já conta agora com uma 2.ª vaga, e que consistentemente perseguindo a relevância para as suas marcas, fez esta análise. 

O estudo decorreu em junho de 2021 e podemos dizer que o consumo de meios se mantém em relação ao ano anterior, apresentando contudo menor concentração no consumo de redes sociais, de canais de televisão por subscrição e do YouTube relativamente aos jornais e à televisão. Algo que pode também ser explicado com o progressivo desconfinamento, mantendo ainda assim uma procura recorrente pela informação.

Vamos assim às quatro grandes conclusões que podemos retirar desta vaga do estudo. 

Em primeiro lugar, os consumidores portugueses preferem os canais abertos de TV e os motores de busca considerando-os como os mais indispensáveis, numa altura em que de facto estar bem informado é fundamental. 

Por outro lado, a perceção de indispensabilidade está intimamente ligada à capacidade de atualização e de se manter de facto a par do que se passa, fugindo de fake news e sensacionalismos. 

Encontrar o equilíbrio certo entre estes dois eixos é por isso essencial para a indispensabilidade. 

Por último, estamos perante um dilema digital: apesar da crescente cobertura é nos canais digitais que os consumidores encaram a publicidade como mais intrusiva. Um alerta importante para as marcas que cada vez mais incluem digital no seu media mix e que precisam de estar conscientes de qual a mensagem certa e canal certo para que a relevância de facto não se perca. 

Percebemos assim que as marcas devem de facto olhar para estes factos e perceber bem de que forma informação e entretenimento, nos meios certos, podem servir os objetivos da marca e com criatividade levar a comunicação e objetivos da marca para um novo patamar. Insights importantes para que as marcas se mantenham relevantes e para que os consumidores tenham a melhor perceção da nossa comunicação e atuação do mercado. 

Só ouvindo os nossos consumidores, conseguiremos falar com eles de forma mais eficaz e gerando o buzz e sucesso que procuramos para os nossos negócios e marcas. 

NewsItem [
pubDate=2021-11-25 00:00:00.0
, url=https://sol.sapo.pt/artigo/754129/onde-esta-a-relev-ncia-afinal-
, host=sol.sapo.pt
, wordCount=393
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_25_1824677137_onde-esta-a-relevancia-afinal
, topics=[opinião, opiniao]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]