visao.sapo.ptluisdelgado - 24 nov. 21:36

Visão | O Governo que se mexa

Visão | O Governo que se mexa

Há um ponto fulcral, ou um erro de palmatória, que o Governo, já agora, não pode cometer. Ou dizer. Ou deixar no logo se vê. Que é garantir, jurar, prometer que não tomará mais medidas

O Conselho de Ministros vai decidir, amanhã, as restrições necessárias para tentar controlar a 5ª vaga da pandemia, e o primeiro-ministro falará ao país. Com os números de hoje, que já se previa terem esta subida abrupta, e sempre a continuar, finalmente o Governo toma medidas, sempre atrasado, desconsolado e irritado por ter de dar um passo atrás.

O “antes tarde do que nunca” é uma invenção para justificar a inércia. As novas medidas poderiam, e deveriam, ter sido tomadas há 15 dias, bastando uma análise prospetiva baseada nos exemplos europeus, e nos modelos que os técnicos aplicam numa pandemia. E esse aviso não deixou de ser feito pelos nossos especialistas e cientistas. «Tomem atenção, isto vai piorar», foi o que disseram e repetiram.

, sejam elas o que forem, para controlar e evitar o estado de rutura nacional, como já aconteceu. O que tiver de ser feito, será. Ponto final. E aí, como já disse Rui Rio, o PSD aprovará o que for necessário. É esta coligação que se quer, nestes momentos.

E para que fique ainda mais claro, o Governo terá de dizer, ou preparar, as ações e os passos necessários para as eleições de 30 de janeiro, que por acaso deverão coincidir, de acordo com várias projeções internas e externas, com o pior período desta vaga. Mesmo com as duas vacinas, mesmo com a terceira dose, que terá de ser universal. Este tema, aliás, é um exemplo típico, aqui e na Europa, de como as decisões governamentais nunca acompanharam a realidade. Só quando ela é evidente, dramática, avassaladora, é que se dá um passo em frente. Mas sempre empurrados, puxados arrastados. Será que é preciso repetir sempre a mesma coisa: as vacinas, sozinhas, não chegam, e Portugal é o teste real.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a VISÃO nem espelham o seu posicionamento editorial.

NewsItem [
pubDate=2021-11-24 21:36:11.0
, url=https://visao.sapo.pt/opiniao/ponto-de-vista/linhas-direitas/2021-11-24-o-governo-que-se-mexa/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=310
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_11_24_1003877902_visao-o-governo-que-se-mexa
, topics=[opinião, linhas direitas]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]