www.publico.ptpublico@publico.pt - 26 out. 10:18

As frases feitas que assombram os pais, os filhos, os netos...

As frases feitas que assombram os pais, os filhos, os netos...

Cada um de nós vai crescendo ao seu ritmo, e é verdade que cada família é uma família, mas há frases universais e que ouvimos em loop durante toda a nossa infância e adolescência.

Querida Mãe,

Sei que, às vezes, esta história da parentalidade parece um assunto muito complexo, mas no fundo não é. Deixe-me explicar-lhe.

Como por exemplo:

  • Não te sentes tão perto da televisão vais estragar os olhos.
  • Parece que estou a falar com uma parede!
  • Veste um casaquinho que está frio.
  • Achas que o dinheiro cresce nas árvores?
  • Foi um passarinho que me contou!
  • Eu não perguntei quem foi, eu disse “apanha!”.
  • Não me interessa o que é que os teus amigos podem ou não podem fazer.
  • Alguém vai acabar a chorar!
  • Quando tinha a tua idade andávamos sempre a brincar na rua.
  • Não me interessa quem começou, eu disse para parar!

Quando engravidamos e projectamos os pais que vamos ser, é claro que juramos a pés juntos que não vamos repetir frases como:

  • Não te sentes tão perto da televisão, vais estragar os olhos
  • Parece que estou a falar com uma parede!
  • Veste um casaquinho que está frio.
  • Achas que o dinheiro cresce nas árvores?
  • Foi um passarinho que me contou!
  • Eu não perguntei quem foi, eu disse “apanha!”.
  • Não me interessa o que é que os teus amigos podem ou não podem fazer.
  • Alguém vai acabar a chorar!
  • Quando tinha a tua idade andávamos sempre a brincar na rua!
  • Não me interessa quem começou, eu disse para parar!

Nessa altura, uns juram que vão ser mais assertivos, outros que serão mais empáticos, adoptando o modo “mãe do Ruca” mas, inevitavelmente, os miúdos acabam por nos enfeitiçar e sem sabermos como, nem porque, ouvimos sair da nossa boca:

  • Não te sentes tão perto da televisão vais estragar os olhos
  • Parece que estou a falar com uma parede!
  • Veste um casaquinho que está frio.
  • Achas que o dinheiro cresce nas árvores?
  • Foi um passarinho que me contou!
  • Eu não perguntei quem foi, eu disse “apanha!”.
  • Não me interessa o que é que os teus amigos podem ou não podem fazer.
  • Alguém vai acabar a chorar!
  • Quando tinha a tua idade andávamos sempre a brincar na rua!
  • Não me interessa quem começou, eu disse para parar!

Estamos condenadas a este círculo vicioso? Suspeitando que sim, e já que me conformei a tornar-me como a mãe, aproveito para assinar com o seu nome.

Beijos

Isabel

Ana,

A tua previsão está 100% correcta: o loop continua. Limito-me a acrescentar as frases que os pais vão ouvir dos avós. Decora-as, porque é evidente que também tu as vais repetir quando chegares aqui.

  • Ó Filha, comigo ele não faz estas birras.
  • Tens a certeza de que o bebé não tem fome?
  • A dar de mamar... Outra vez?
  • Ah, ele vai adormecer ao colo?
  • Lá estás tu com as tuas manias do açúcar... É só um chocolatinho!
  • Ai filha, estás tão cansada e tão magrinha, tens mesmo de dormir.
  • Explica lá isso outra vez, então ele passa a noite na vossa cama, é?
  • Sabes que o filho da x já faz y?
  • Não te zangues com ele, coitado.
  • Não vais dizer nada? Olha que se crescer sem limites...

Podia lembrar-me de muitas mais, mas fico-me por aqui para não te ocupar espaço em demasia de memória, que te pode fazer falta para outras coisas.

E, claro, conformada a não me libertar do espírito da tua avó, assino-me dedicadamente,

Pamela

No Birras de Mãe, uma avó/mãe (e também sogra) e uma mãe/filha, logo de quatro filhos, separadas pela quarentena, começaram a escrever-se diariamente, para falar dos medos, irritações, perplexidade, raivas, mal-entendidos, mas também da sensação de perfeita comunhão que — ocasionalmente! — as invade. Mas, passado o confinamento, perceberam que não queriam perder este canal de comunicação, na esperança de que quem as leia, mãe ou avó, sinta que é de si que falam. Facebook e Instagram.

NewsItem [
pubDate=2021-10-26 09:18:59.0
, url=https://www.publico.pt/2021/10/26/impar/cronica/frases-assombram-pais-filhos-netos-1982504
, host=www.publico.pt
, wordCount=569
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_10_26_682515208_as-frases-feitas-que-assombram-os-pais-os-filhos-os-netos-
, topics=[crónica]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]