observador.ptobservador.pt - 14 out. 18:23

Brian Goldner, presidente e CEO da Hasbro, morre aos 58 anos

Brian Goldner, presidente e CEO da Hasbro, morre aos 58 anos

Hasbro anunciou a morte de Goldner e a criação de um memorial ao CEO da empresa, que dois dias antes tinha tirado uma licença por questões de saúde.

A empresa responsável por jogos como o Monopólio, pelo casal cabeça de batata, a plasticina Play-Doh e os jogos de tabuleiro como o Cluedo ou o Trivial ficou sem o presidente e CEO, Brian Goldner. Goldner, que tinha pedido dois dias antes uma licença para tratar de questões de saúde, morreu na terça-feira aos 58 anos. O anúncio foi feito pela empresa no Twitter, onde já anunciou também a criação de um memorial ao responsável pela marca.

pic.twitter.com/NNkIEvHyDd

— Hasbro (@Hasbro) October 12, 2021

Brian Goldner revelou no ano passado que tinha sido diagnosticado com cancro na próstata em 2014 e desde então estava a ser tratado. Recorde-se que em 2015, Brian perdeu o filho Brandon, que morreu com vítima de uma overdose, tendo ainda uma filha.

Há apenas dois dias a empresa tinha publicado um comunicado a dar conta da ausência “com efeitos imediatos” de Goldner, para que pudesse receber “os cuidados médicos adequados” à doença que enfrentava.

Chegou à empresa nos anos 2000, alcançou o cargo de diretor geral oito anos depois e desde 2015 que era presidente do conselho de administração da Hasbro. Foi sob a sua batuta que a Hasbro conseguiu ultrapassar os dos principais rivais — entre eles a Mattel — e que alargou o seu âmbito ao da produção audivisual com os desenhos animados da Peppa e dos PJ Masks, por exemplo.

NewsItem [
pubDate=2021-10-14 17:23:52.0
, url=https://observador.pt/2021/10/14/brian-goldner-presidente-e-ceo-da-hasbro-morre-aos-58-anos/
, host=observador.pt
, wordCount=223
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_10_14_233547070_brian-goldner-presidente-e-ceo-da-hasbro-morre-aos-58-anos
, topics=[morte, sociedade]
, sections=[sociedade]
, score=0.000000]