www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 14 out. 01:01

94% das PME europeias passaram parte do negócio para online

94% das PME europeias passaram parte do negócio para online

Pandemia foi responsável pela aceleração da digitalização, confirma relatório da Salesforce que analisa tendências de negócio das pequenas e médias empresas.

Após terem sido auscultadas mais de 2500 PME no mundo, 42% das quais na Europa, o relatório conclui que a pandemia levou 94% das empresas de pequena e média dimensão a passar uma parte do seu negócio para o online.

A conclusão é da tecnológica multinacional líder em Customer Relationship Management, a Salesforce, que acaba de divulgar a quinta edição do seu relatório SMB Trends Report, dedicado a compreender as principais tendências de negócio e digitalização das Pequenas e Médias Empresas (PME).

Ouvidas todos os anos para uma análise alargada das maiores tendências entre as PME, "o mais recente relatório da Salesforce vem evidenciar ainda que, por entre as empresas que avançaram com maiores investimentos na digitalização dos seus negócios durante a pandemia, a larga maioria (66%) fê-lo com até 50% das suas infraestruturas e 28% a mais de metade ou até à totalidade dos seus serviços". O relatório conclui ainda que, dos investimentos em digitalização, 71% das empresas acreditam que as mudanças feitas irão beneficiar o negócio a longo prazo.

Veja aqui ao relatório completo do 5th SMB Trends Report da Salesforce

"O contexto pandémico dos últimos 18 meses veio impulsionar o fenómeno da transformação digital em empresas de todo o mundo. Sabemos que, sobretudo para as PME, se tratou de um verdadeiro desafio, conseguir responder às exigências do negócio e à evolução das necessidades do cliente, que hoje em dia é marcadamente digital. Os resultados deste relatório vêm assim comprovar que a tecnologia tem sido um dos motores fundamentais das empresas que estão a prosperar e continuarão a ser bem-sucedidas no futuro." explica Rui Azevedo Costa, Area Vice President of Sales da Salesforce para a Ibéria e Itália.

"Entre todo o universo PME europeu, as empresas que estão em crescimento usam mais tecnologia do que as que estão estagnadas ou em decréscimo de atividade. Neste sentido, 42% das PME em crescimento utilizam tecnologia no contacto com o cliente, 49% para as vendas e 42% para o marketing, por oposição a 23% no contacto com o cliente, vendas e marketing por parte das PME estagnadas ou em decréscimo", avança a empresa.

As mudanças nas interações com os clientes foram as principais responsáveis pelos investimentos em tecnologia, que levaram 39% das PME europeias a dedicarem mais recursos na comunicação, 33% a aumentarem as formas de contacto, 31% a oferecerem mais flexibilidade aos clientes e 23% a priorizarem a manutenção de relações duradouras ao invés de compradores one shot.

Por fim, e também impulsionado por mudanças de comportamentos por parte dos consumidores durante a pandemia, 73% das PME na Europa afirmam querer manter serviços contactless, nomeadamente nos pagamentos (38%), no serviço ao cliente (38%), no serviço de E-Commerce (30%) e nas encomendas mobile (23%).

NewsItem [
pubDate=2021-10-14 00:01:00.0
, url=https://www.dinheirovivo.pt/empresas/94-das-pme-europeias-passaram-parte-do-negocio-para-online-14217884.html
, host=www.dinheirovivo.pt
, wordCount=448
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_10_14_20721110_94-das-pme-europeias-passaram-parte-do-negocio-para-online
, topics=[empresas, economia]
, sections=[economia]
, score=0.000000]