jornaleconomico.sapo.ptAna Pina - 15 out. 00:08

O ‘Quantitative Easing’ e o nosso futuro

O ‘Quantitative Easing’ e o nosso futuro

Para nós, cidadãos europeus, um aumento das taxas de juro parece um cenário ainda muito remoto. Mas o tempo passa depressa e, no horizonte que se aproxima, ou teremos juros mais altos ou inflação.

Para as empresas, mas também para as famílias, este tema será determinante para o nosso futuro.

O exemplo de Gisela João é de esperança para os músicos portugueses e todos aqueles que os acompanham nos seus espetáculos e digressões. O sucesso da fadista na última digressão pela Europa, antecedendo os quatro concertos que servem de preparação para os espetáculos nos coliseus de Lisboa e Porto, dá um toque de esperança e de retoma num sector particularmente fragilizado pela crise pandémica.

NewsItem [
pubDate=2021-10-14 23:08:44.0
, url=https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/o-quantitative-easing-e-o-nosso-futuro-796099
, host=jornaleconomico.sapo.pt
, wordCount=79
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_10_14_1125434971_o-quantitative-easing-e-o-nosso-futuro
, topics=[opinião, medidas de estímulo, mercados financeiros, bce, economia, quantitative easing, títulos de dívida, colunistas, fed - reserva federal dos eua]
, sections=[opiniao, economia]
, score=0.000000]