visao.sapo.ptapfigueiredo - 13 out. 10:22

Visão | É fumador? Conheça os possíveis problemas que pode ter na sua boca

Visão | É fumador? Conheça os possíveis problemas que pode ter na sua boca

Fumar pode também levar à perda de dentes, de alguns ou de todos os dentes naturais, o que leva a mais dificuldades para mastigar certos alimentos, falar claramente ou ter confiança para sorrir se os dentes perdidos não forem substituídos. A explicação de Eduardo Bastos

A maioria das pessoas sabe que fumar é mau para a sua saúde. Pode causar múltiplos problemas de saúde e, em alguns casos, doenças fatais. No entanto, muitas pessoas não se apercebem dos danos que fumar faz à boca, gengivas e dentes.

Fumar pode levar a manchas nos dentes, doenças nas gengivas, perda de dentes e, em casos mais graves, cancro da boca.

Um dos efeitos do fumo é a coloração dos dentes devido à nicotina e ao alcatrão no tabaco. O fumo pode tornar os dentes amarelos em muito pouco tempo, e os fumadores que fumam muito ficam frequentemente com os dentes quase castanhos depois de muitos anos a consumir tabaco.

Como é que o tabaco afeta as gengivas e os dentes?

O consumo de tabaco também pode causar doenças nas gengivas.

As pessoas que fumam têm maior propensão para produzir placa bacteriana, o que leva ao aparecimento de doença nas gengivas, estas são afetadas pela falta de oxigénio na corrente sanguínea, levando a que as gengivas infetadas pela placa bacteriana não cicatrizem.

As doenças da gengiva ainda são a causa mais comum para a perda de dentes em adultos. No entanto, estas doenças podem ser difíceis de detetar, porque o tabaco causa mau abastecimento de sangue nas gengivas e o sangramento nesta zona, um dos sinais mais evidentes de doença gengival, não ocorre.

Leia também: Tem sangue na gengiva? Cuidado, a Covid-19 pode ser mais complicada para si.

Fumar pode também levar à perda de dentes, de alguns ou de todos os dentes naturais, o que leva a mais dificuldades para mastigar certos alimentos, falar claramente ou ter confiança para sorrir se os dentes perdidos não forem substituídos.

Doenças orais provocadas pelo consumo de tabaco

Os problemas orais mais comuns que afetam as pessoas que fumam são:

  • Escurecimento dos tecidos da boca e dos dentes
  • Doença da gengiva ou periodontal
  • Cancro da boca
  • Branqueamento do tecido mole da boca
  • Cicatrização deficiente após a remoção dos dentes
  • Cárie dentária
  • Perda de dentes
  • Cicatrização deficiente após cirurgia da boca e das gengivas
  • Diminuição do paladar
  • Mau gosto na boca e mau hálito, ou halitose
Como prevenir problemas na saúde oral dos fumadores?

Os fumadores podem adotar algumas estratégias e comportamentos que podem ajudar a prevenir problemas nos dentes e nas gengivas. Eis algumas das estratégias mais importantes:

  • Para quem tem dificuldade em deixar de fumar, deve começar por reduzir o número de cigarros.
  • Limpar os dentes e gengivas duas vezes por dia com pasta dentífrica com flúor.
  • Usar fio dental diariamente, para pequenos espaços entre os dentes, ou escovas interdentais, para grandes espaços, duas vezes por dia para limpar bem entre os dentes, pois ajuda na prevenção da cárie dentária e da doença periodontal.
  • Visitar o dentista a cada 6 e 12 meses para pedir conselhos sobre o cuidado com os dentes em casa e facilitar o despiste de problemas orais o mais cedo possível. Visitas regulares podem ajudar a manter os dentes e gengivas saudáveis.
  • Evitar ter a boca seca. Beber muita água e mastigar pastilhas sem açúcar para estimular o fluxo de saliva. Isto é especialmente importante quando há toma de medicamentos que provoquem secura intensa da boca.
  • Limitar o consumo de álcool e evitar o consumo de drogas.

Leia também o artigo: Kit de Higiene Oral: mantenha a saúde do seu sorriso

Evite problemas mais graves em sua saúde

A nicotina nos cigarros é uma substância extremamente viciante, é por isso que acabar com o hábito de fumar não é fácil. No entanto, deixar de fumar é um passo importante para melhorar a saúde em geral.

As pessoas que fumam têm um risco mais elevado de problemas na gengiva, perda de dentes, complicações após a remoção dos dentes e após cirurgias na boca, além de estarem mais propensas ao desenvolvimento de cancro oral.

São também mais suscetíveis de contrair infeções e não cicatrizam tão bem como os não fumadores.

Deixar de fumar melhora a saúde oral, reduz o risco de desenvolver doenças gengivais e cancro oral, e melhora a resposta da pessoa ao tratamento das doenças.

Esse pode ser um grande desafio e a maioria das pessoas precisa de apoio. Nestes casos é fundamental procurar ajuda médica para encontrar estratégias adequadas a cada individuo. 

Não deixe de visitar regularmente o seu médico dentista para manter os dentes e gengivas saudáveis e verificar possíveis sinais precoces de doenças, como o cancro oral. Com um bom acompanhamento e um eficaz plano de ação é possível minimizar e até evitar os efeitos mais nefastos do tabaco nos dentes.

Os textos nesta secção refletem a opinião pessoal dos autores. Não representam a VISÃO nem espelham o seu posicionamento editorial.

NewsItem [
pubDate=2021-10-13 09:22:58.0
, url=https://visao.sapo.pt/opiniao/bolsa-de-especialistas/2021-10-13-e-fumador-conheca-os-possiveis-problemas-que-pode-ter-na-sua-boca/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=746
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_10_13_2019524500_visao-e-fumador-conheca-os-possiveis-problemas-que-pode-ter-na-sua-boca
, topics=[opinião, bolsa de especialistas, eduardo bastos, medicina dentária, tabaco]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]