visao.sapo.ptvisao.sapo.pt - 29 set. 20:14

Visão | João Rendeiro, em fuga, na lista dos mais procurados Europol e Interpol

Visão | João Rendeiro, em fuga, na lista dos mais procurados Europol e Interpol

João Rendeiro é, oficialmente, um fugitivo aos olhos da Justiça. O tribunal emitiu, esta tarde, mandados de captura internacional e o seu rosto vai estar, em breve, nas listas dos mais procurados de Europol e Interpol

A juíza do processo que condenou João Rendeiro a uma pena de dez anos de prisão emitiu mandados de captura internacional para deter o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), avançou a SIC Notícias. Este despacho, com caráter de urgência será agora distribuído pela Europol, Interpol, PSP e Polícia Judiciária, passando o nome do antigo banqueiro a constar das listas de pessoas foragidas à polícia.

A decisão surge depois de João Rendeiro ter anunciado, através de um texto publicado no seu blogue pessoal, “Arma Crítica”, que não tenciona regressar a Portugal para cumprir as três penas de prisão efetiva a que foi condenado: uma de cinco anos e oito meses por falsidade informática, uma de 10 anos por fraude fiscal e ainda uma outra – decretada, na terça-feira, em tribunal – de três anos e seis meses por burla qualificada.

Não tenciono regressar. É uma opção difícil, tomada após profunda reflexão

escreve, João Rendeiro, no seu blog

“No decurso dos processos em que fui acusado efetuei várias deslocações ao estrangeiro, tendo comunicado sempre o facto aos processos respetivos. De todas as vezes regressei a Portugal. Desta feita não tenciono regressar. É uma opção difícil, tomada após profunda reflexão. Solicitei aos meus advogados que a comunicassem aos processos e quero por esta via tornar essa decisão pública”, lê-se na carta aberta. O antigo banqueiro encontra-se, neste momento, em parte incerta – sabe-se, porém, que já terá saído da Europa, para um país sem acordo de extradição com Portugal.

Fuga a cenário de prisão preventiva
João Rendeiro tinha sido, esta semana, notificado pelo Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa para se apresentar, na próxima sexta-feira, dia 1 de outubro, às 14h00, no Campus de Justiça, em Lisboa, para a revisão das medidas de coação no âmbito do processo em que foi condenado a 10 anos de cadeia. Adivinhando um eventual agravamento da medida para prisão preventiva, o ex-presidente do BPP decidiu seguir caminho oposto, abandonando o Reino Unido – país onde permaneceu nas últimas semanas (com conhecimento do tribunal) –, e voando para fora da Europa.

Neste processo, ainda em fase de recurso, o tribunal deu como provado que o ex-presidente do BPP se apropriou de mais de 13 milhões de euros, desviando a verba através do pagamento de prémios, pagos a si mesmo, e despesas pessoais, à revelia dos acionistas do próprio banco, e de operações financeiras e cambiais envolvendo sociedades offshore.

João Rendeiro enfrentava ainda o cenário de prisão efetiva no âmbito de outro processo, onde foi condenado a uma pena de cinco anos e oito meses de prisão, por falsidade informática, que já tinha transitado em julgado, pelo que ainda podia ser detido a qualquer momento.

A publicação no seu blog veio, desta forma, antecipar a decisão que, certamente, seria decretada pelo tribunal na próxima sexta-feira, em caso de ausência perante a juíza: considerar João Rendeiro contumaz, ou seja, uma “pessoa condenada que, dolosamente, se eximiu à execução de uma pena de prisão ou de uma medida de internamento”. No texto que assina, o antigo banqueiro justifica a fuga com uma forma de “legítima defesa contra uma justiça injusta”. “Assumo a responsabilidade no quadro dos atos bancários que pratiquei, mas não me sujeito, sem resistência, a esta violência”, acrescenta. Agora, à distância, promete dar luta às decisões dos juízes portugueses: “Recorrerei às instâncias internacionais, pois há um Direito acima do que em Portugal se considera como sendo o Direito. Lutarei pela minha liberdade para o poder fazer”.

Para saber mais
NewsItem [
pubDate=2021-09-29 19:14:40.0
, url=https://visao.sapo.pt/atualidade/economia/2021-09-29-joao-rendeiro-em-fuga-na-lista-dos-mais-procurados-europol-e-interpol/
, host=visao.sapo.pt
, wordCount=629
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_09_29_1103855882_visao-joao-rendeiro-em-fuga-na-lista-dos-mais-procurados-europol-e-interpol
, topics=[justiça, joão rendeiro, economia, tribunal]
, sections=[economia, sociedade, actualidade]
, score=0.000000]