www.jn.ptjn.pt - 27 set. 01:02

Muita gente ficou para trás!

Muita gente ficou para trás!

À hora a que escrevo este texto não sei qual foi a afluência às urnas e muito menos os resultados. Pelo que não posso fazer qualquer análise sobre os mesmos, não me pronunciando sobre sondagens que, designadamente no Porto, tanto erram.

Não posso, a propósito, considerar que foi sábia a decisão do JN de não publicar nenhuma sondagem nos últimos dias de campanha, ao contrário do que fez em 2017. É que, nas vésperas dessas eleições, publicou uma sondagem da Universidade Católica, que atribuía a Rui Moreira 34% das intenções de voto e ao PS 33%, o que originou o título de primeira página "Moreira e Pizarro empatados no Porto". Sendo que os resultados reais foram, respetivamente, de 44% e 28%! Sondagem que influenciou, não tenho dúvidas, os resultados, com o chamado voto "útil" a prejudicar quer a CDU e o BE, quer o PSD...

Participei ativamente na campanha eleitoral. Constatando que, no Porto, continua a haver muita gente que vive mesmo mal! Problemas habitacionais, desemprego, falta de respostas sociais. Mas aquilo que mais me surpreendeu foram os notórios problemas de saúde mental que estão a afetar tanta gente. Principalmente idosos (mas não só!) que se refugiaram, em tempos de pandemia, nas suas habitações, rompendo hábitos saudáveis de convívio e de saída para o exterior, e que ficaram nitidamente fragilizados. Contactei com eles, nos "porta a porta" e nas ruas, e fiquei muito preocupado. Seja qual for a composição das autarquias que elegermos, esta deverá ser uma preocupação da sua atuação (para o que é necessário o apoio da Administração Central): recuperar os milhares de pessoas que, durante estes 19 meses de pandemia, ficaram efetivamente para trás.

*Engenheiro

NewsItem [
pubDate=2021-09-27 00:02:00.0
, url=https://www.jn.pt/opiniao/rui-sa/muita-gente-ficou-para-tras-14161046.html
, host=www.jn.pt
, wordCount=235
, contentCount=1
, socialActionCount=0
, slug=2021_09_27_1070679833_muita-gente-ficou-para-tras
, topics=[rui sá, opinião, opiniao]
, sections=[opiniao]
, score=0.000000]